Agosto pode ser o mês do alívio das restrições

António Pedro Santos / Lusa

Com metade da população com a vacinação completa, há espaço para rever as limitações atualmente em vigor. Em agosto podem ser ajustadas algumas medidas, como a limitação de horários no comércio e na restauração.

Raquel Duarte, pneumologista e responsável pelos planos de desconfinamento propostos ao Governo, afirma que ainda é necessário que a vacinação continue associada a medidas comportamentais, mas “parece-me que faz todo o sentido que sejam revistas as medidas em agosto, porque estamos num contexto diferente dos anteriores”.

Em declarações ao Expresso, a especialista diz que, “à medida que vamos tendo mais população vacinada podemos ir abrindo os setores económico, cultural e de lazer, mas mantendo medidas de proteção individual particularmente em espaços fechados”.

Bernardo Gomes, médico de saúde pública e membro do grupo que definiu as linhas vermelhas, concorda e olha para agosto como o mês do início do alívio das restrições.

O perito considera que é importante reforçar a importância do uso de máscara em espaços fechados no interior dos espaços. “Também acho que podem ser repensadas as limitações de horários tanto no comércio como nos restaurantes, uma vez que com essa restrição vem o risco de haver maior concentração de pessoas”, diz ao semanário.

Quanto aos bares e discotecas, Bernardo Gomes afirma que ainda é cedo para abrirem, por serem “cená­rios ideais de disseminação”. “À medida que vamos tendo mais vacinados, podemos ir pensando nisso. Mas para este mês de agosto o essencial é clarificar que o risco é menor ao ar livre.”

Em maio, os especialistas acharam imprudente rever a matriz de risco, mas a discussão volta a estar em cima da mesa. “A partir do momento em que há maior desconexão do número de casos e internamentos, faz sentido rever limiares”, justifica Bernardo Gomes.

Na última semana, Portugal estava com uma média de 3.200 novos casos e nove mortes por dia, a incidência da covid-19 tem vindo a aumentar mas o R(t) está a descer desde o início de julho. A manter-se esta tendência, o pico de casos é esperado para estes dias.

Com 47% da população vacinada com duas doses, Portugal deverá atingir os 50% no início da próxima semana e a distribuição etária dos novos casos faz com que o impacto nos hospitais seja menor.

Ainda é cedo para mudar totalmente o paradigma, mas está na altura de a mensagem se ajustar à realidade, defende Margarida Gaspar de Matos, psicóloga e coordenadora da task force. “Não podemos ficar atolados na inércia. Temos de nos ajustar e ir mudando o chip com toda a prudência, passo a passo, usando na nossa proteção e na dos outros todos os instrumentos que temos”, afirma.

Na terça-feira, o primeiro-ministro António Costa irá ouvir os peritos no Infarmed. São esperadas melho­rias, mas os especialistas continuam a pedir cautela.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Inteligência Artificial está a "alimentar" a violação dos direitos humanos, alerta ONU

Num novo relatório, a Organização das Nações Unidas (ONU) alertou os países que o uso imprudente de Inteligência Artificial (IA) pode estar a pôr em causa o respeito pelos direitos humanos. Michelle Bachelet, Alta Comissária das …

Foi viajar e não voltou. O misterioso desaparecimento de Gabby Petito (e do namorado)

Gabrielle Petito, uma jovem norte-americana de 22 anos, desapareceu misteriosamente. Gabby foi viajar com o namorado, que voltou para casa sozinho e não quis contar o que aconteceu — e agora também está desaparecido. Gabby Petito, …

Aos 101 anos, Ginny é a "Senhora Lagosta" e não planeia reformar-se

Virginia Oliver continua a trabalhar na pesca da lagosta, apesar de já ter 101 anos de idade. 'Ginny' não planeia reformar-se e já se tornou um meme na internet. Virginia 'Ginny' Oliver tem 101 anos e …

Dinamarca. Reclusos condenados a prisão perpétua proibidos de iniciar novos romances

Os reclusos que cumprem prisão perpétua na Dinamarca serão proibidos de iniciar novos relacionamentos amorosos, decisão proposta pelo governo após uma jovem de 17 anos se apaixonar por Peter Madsen, que assassinou a jornalista Kim …

Casal queria que o seu filho se chamasse Vladimir Putin. A Suécia não deixou

Na Suécia, os pais são obrigados a comunicar os nomes dos seus filhos recém-nascidos ao Skatteverket nos primeiros três meses a partir do nascimento. Um casal sueco, que vive na cidade de Laholm, foi proibido pela …

44 jogos seguidos sem ganhar. Mas o presidente não está preocupado

O Atlético Mogi não vence qualquer jogo oficial há mais de quatro anos. Perdeu em 42 desses 44 duelos. 17 de Junho de 2017 foi o último dia em que o Atlético Mogi venceu um jogo …

Autárquicas: António Costa promete que os municípios terão mais mil milhões de euros

O secretário-geral do PS, António Costa, indicou hoje, em Celorico de Basto, no distrito de Braga, que os municípios “vão passar a ter, a partir de abril, mais mil milhões de euros que acompanham a …

Mais de trinta anos após ter sido lançada ao mar no Japão, mensagem em garrafa é encontrada no Hawaii

Durante uma viagem ao Hawaii, uma jovem de apenas 9 anos encontrou uma garrafa que foi lançada ao mar há mais de trinta anos. Esta continha uma mensagem que, posteriormente, acabou por revelar uma experiência …

Mais 939 infeções, sete mortes e nova redução nos internamentos

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 939 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, sete mortes atribuídas à covid-19 e nova redução nos internamentos em enfermaria e cuidados intensivos. De acordo com o boletim epidemiológico da …

Milionário norte-americano Robert Durst condenado por matar melhor amiga

O milionário norte-americano Robert Durst, tornado famoso por um documentário do canal HBO, foi condenado na sexta-feira num tribunal de Los Angeles, nos Estados Unidos, por matar a melhor amiga, um crime que remonta a …