Recebidas 990 queixas sobre transportes relacionadas com pandemia no 1.º semestre

Mário Cruz / Lusa

A Autoridade da Mobilidade e dos Transportes (AMT) recebeu, no primeiro semestre, 7.756 queixas, das quais 990 estão relacionadas com a pandemia, como pedidos de reembolso por cancelamento de serviço e incumprimento de regras de higienização.

“De acordo com a informação recolhida, foi ainda possível constatar que do total das 7.756 reclamações apuradas, 990 estão relacionadas com a pandemia”, concluiu o Relatório sobre Reclamações no Ecossistema da Mobilidade e dos Transportes do primeiro semestre de 2020, hoje divulgado pela AMT.

Segundo a autoridade dos transportes, dos principais motivos das reclamações ligadas à pandemia, verificam-se, sobretudo, situações referentes a “pedidos de reembolso devidos pelo cancelamento de serviços”, “não cumprimento de regras de higienização”, “não cumprimento de regras de distanciamento físico”, “questões de segurança” e “uso de máscaras”.

O relatório concluiu também que o setor rodoviário é aquele que comporta a maior parte das queixas relacionadas com os motivos elencados, contabilizando 59,6% do total, seguindo-se o setor ferroviário, com 35,4%, e o setor fluvial, com 4,1%.

Nos três primeiros meses do ano, foram registadas mais reclamações do que no mesmo período de 2019: mais 67% em janeiro, 71,8% em fevereiro e 30,6% em março.

No entanto, no segundo trimestre do ano, verificou-se uma diminuição das reclamações, face aos meses homólogos do ano passado, “resultado já da pandemia, com os meses de abril, maio e junho a apresentarem reduções na ordem dos 52,7%, 70,9% e 44,2% respetivamente”.

“Estes valores são explicados pelas restrições à mobilidade das pessoas impostas após ter sido decretado o primeiro estado de emergência, a 18 de março de 2020, devido à pandemia de covid-19, refletindo-se em reduções significativas da oferta, situação que foi sofrendo oscilações em função das variações na procura”, apontou a AMT.

O relatório hoje divulgado revelou que a AMT recebeu, em média, 43 reclamações por dia no primeiro semestre, um total de 7.756 naquele período, que representa uma descida de 11% face ao período homólogo (8.713).

No total de 17 motivos principais de reclamações, 68,4% prendem-se com queixas sobre o “cumprimento defeituoso, cumprimento não conforme com o contrato, incumprimento”, os “preços, pagamento, bilheteiras”, e a “qualidade do atendimento, atendimento deficiente nos estabelecimentos e no atendimento telefónico”, os mesmos motivos invocados pelos utentes no primeiro semestre de 2019.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

SNS24 ultrapassa recorde semanal de chamadas com mais de 200 mil

O recorde semanal de chamadas atendidas no SNS24 foi ultrapassado na última semana, num aumento da procura para mais do dobro, de 126.860 para 279.279, em relação à última semana de 2020, foi esta terça-feira …

Entre críticas a Rio e Marcelo, Ventura teve um drive-in com música de baile (e comparou-se a Sá Carneiro)

Ventura demarcou-se dos insultos de apoiantes à comunicação social, mas não admitiu que o seu mandatário os incentivou, chamando “inimigos” aos jornalistas. Terminou o dia num comício na praia de Leça da Palmeira mas em …

Governo Regional da Madeira garante que aumento de casos se deve às celebrações de fim de ano

O presidente do Governo da Madeira afirmou que o aumento de casos de covid-19 registado nos últimos dias na região é resultado das celebrações do fim do ano, assegurando fiscalização mais apertada nos bares aos …

Novo máximo diário com 218 mortes. Morre uma pessoa com covid-19 a cada 7 minutos

Portugal contabilizou esta terça-feira 218 mortes, um novo máximo de óbitos em 24 horas, relacionados com a covid-19, e 10.455 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). Quase metade das …

Ana Gomes teme que processos BES e Operação Marquês acabem como o dos submarinos

A candidata presidencial Ana Gomes disse ontem temer que processos como os do BES e da Operação Marquês terminem como o dos submarinos, em que considerou que se "trabalhou para a prescrição". Na conversa online que …

Recuperação só em 2022, disse Vestager. Leão quer aprovação rápida dos planos para a UE

A vice-presidente executiva da Comissão Europeia, Margrethe Vestager, afirmou que a recuperação europeia só será "sentida como tal" em 2022, mas que no outono já poderão ser visíveis alguns sinais, caso a vacinação contra a …

Marcelo aprova novas medidas e anuncia reunião com especialistas para discutir situação das escolas

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, assinou esta terça-feira o decreto do Governo que altera a regulamentação do estado de emergência devido à pandemia de covid-19 e anunciou uma reunião com especialistas na …

Jerónimo na campanha de João Ferreira para homenagear os que "se levantaram contra o fascismo"

O candidato presidencial comunista contou com a presença do secretário-geral do PCP, esta segunda-feira, na Marinha Grande, que destacou a importância de lutar contra os atuais "traços de regressão democrática". Durante uma ação na Escola Secundária …

Gilberto, Vertonghen, Grimaldo, Diogo Gonçalves e Waldschmidt infetados

Os futebolistas do Benfica Gilberto, Vertonghen, Grimaldo, Diogo Gonçalves e Luca Waldschmidt são os mais recentes casos positivos ao novo coronavírus no plantel do Benfica, informou esta terça-feira o clube da Luz. “O Sport Lisboa e …

Hospital de Portalegre abre inquérito a morte de doente que esteve 3 horas em ambulância

O hospital de Portalegre vai abrir um inquérito para apurar as circunstâncias da morte de um octogenário, na noite de segunda-feira, na área dedicada aos doentes respiratórios, depois de estar quase três horas numa ambulância, …