Recebidas 990 queixas sobre transportes relacionadas com pandemia no 1.º semestre

Mário Cruz / Lusa

A Autoridade da Mobilidade e dos Transportes (AMT) recebeu, no primeiro semestre, 7.756 queixas, das quais 990 estão relacionadas com a pandemia, como pedidos de reembolso por cancelamento de serviço e incumprimento de regras de higienização.

“De acordo com a informação recolhida, foi ainda possível constatar que do total das 7.756 reclamações apuradas, 990 estão relacionadas com a pandemia”, concluiu o Relatório sobre Reclamações no Ecossistema da Mobilidade e dos Transportes do primeiro semestre de 2020, hoje divulgado pela AMT.

Segundo a autoridade dos transportes, dos principais motivos das reclamações ligadas à pandemia, verificam-se, sobretudo, situações referentes a “pedidos de reembolso devidos pelo cancelamento de serviços”, “não cumprimento de regras de higienização”, “não cumprimento de regras de distanciamento físico”, “questões de segurança” e “uso de máscaras”.

O relatório concluiu também que o setor rodoviário é aquele que comporta a maior parte das queixas relacionadas com os motivos elencados, contabilizando 59,6% do total, seguindo-se o setor ferroviário, com 35,4%, e o setor fluvial, com 4,1%.

Nos três primeiros meses do ano, foram registadas mais reclamações do que no mesmo período de 2019: mais 67% em janeiro, 71,8% em fevereiro e 30,6% em março.

No entanto, no segundo trimestre do ano, verificou-se uma diminuição das reclamações, face aos meses homólogos do ano passado, “resultado já da pandemia, com os meses de abril, maio e junho a apresentarem reduções na ordem dos 52,7%, 70,9% e 44,2% respetivamente”.

“Estes valores são explicados pelas restrições à mobilidade das pessoas impostas após ter sido decretado o primeiro estado de emergência, a 18 de março de 2020, devido à pandemia de covid-19, refletindo-se em reduções significativas da oferta, situação que foi sofrendo oscilações em função das variações na procura”, apontou a AMT.

O relatório hoje divulgado revelou que a AMT recebeu, em média, 43 reclamações por dia no primeiro semestre, um total de 7.756 naquele período, que representa uma descida de 11% face ao período homólogo (8.713).

No total de 17 motivos principais de reclamações, 68,4% prendem-se com queixas sobre o “cumprimento defeituoso, cumprimento não conforme com o contrato, incumprimento”, os “preços, pagamento, bilheteiras”, e a “qualidade do atendimento, atendimento deficiente nos estabelecimentos e no atendimento telefónico”, os mesmos motivos invocados pelos utentes no primeiro semestre de 2019.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Estabelecimentos abertos até às 02h00. Máscaras na rua acabam em setembro

O primeiro-ministro anunciou, esta quinta-feira, a partir do Palácio Nacional da Ajuda, as novas medidas de desconfinamento decididas no Conselho de Ministros. António Costa começou por referir que, graças às medidas restritivas dos últimos tempos, é …

Surpresa na Liga dos Campeões: Celtic é uma equipa de "terceira divisão"

Críticas à qualidade do plantel do gigante escocês, que nem passou da segunda pré-eliminatória de acesso à Liga dos Campeões. O Midtjylland fez a festa. Há uns tempos seria uma surpresa mas, nos anos mais recentes, …

Corrida à Câmara de Lisboa divide CDS. Mesquita Nunes junta-se aos críticos

A escolha de Filipe Anacoreta Correia, em vez de João Gonçalves Pereira, para número dois da lista à Câmara de Lisboa está a gerar uma guerra interna no CDS. A escolha de Filipe Anacoreta Correia para …

Tragédia Hillsborough: morreu uma vítima, depois de 32 anos em estado vegetativo

Andrew Devine faleceu aos 55 anos. É oficialmente a 97.ª pessoa a morrer por causa do desastre em 1989, em Sheffield. De 15 de abril de 1989 até 27 de julho de 2021 passaram mais de …

Trabalhadores da Google só regressam aos escritórios em outubro e todos vacinados

A maioria dos trabalhadores da Google só regressará aos escritórios em meados de outubro, depois de ser totalmente vacinada, numa tentativa de combater a disseminação da variante Delta do novo coronavírus SARS-COV-2, anunciou esta quarta-feira …

Primeiro-ministro tunisino terá sido agredido antes de concordar em renunciar

O primeiro-ministro da Tunísia, Hichem Mechichi, terá sido alegadamente agredido dentro do palácio presidencial antes de ser afastado de cargo pelo chefe de Estado do país, Kais Saied. Mechichi e o restante governo foram demitidos na …

Comissão Europeia envia primeiro “cheque” do PRR na próxima semana

A Comissão Europeia irá fazer o pagamento da primeira verba do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) no decorrer da próxima semana. Na sessão de assinatura dos contratos do Mecanismo de Recuperação e Resiliência da União …

Marcelo pede ao TC fiscalização do artigo 6.º da Carta de Direitos na Era Digital

O Presidente da República pediu, esta quinta-feira, ao Tribunal Constitucional a fiscalização sucessiva do artigo 6.º da Carta Portuguesa de Direitos Humanos na Era Digital em vigor, tendo em conta o "importante debate público" sobre …

Portugal regista mais 10 mortes e 3009 casos de covid-19

Portugal registou, esta quinta-feira, mais 10 mortes e 3009 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 3009 novos …

Ministra da Coesão diz que Portugal vai precisar de imigrantes

A ministra da Coesão Territorial disse hoje que a perda de população é preocupante e que Portugal vai ter de trabalhar numa política de imigração muito ativa e acolhedora para fazer face aos investimentos previstos. "Estando …