Portugal regista 677 novos casos de covid-19 e cinco mortes

Nuno Veiga / Lusa

Portugal registou, este domingo, 677 novos casos e cinco mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal registou, nas últimas 24 horas, 677 novos casos positivos de covid-19 e cinco óbitos.

A região de Lisboa e Vale do Tejo é a que regista mais infeções (228), seguida imediatamente pelo Norte, que contabiliza 221 novos casos. Segue-se a região Centro (86), o Algarve (68), o Alentejo (34), os Açores (21) e a Madeira (21).

Dos cinco óbitos, três foram registados em Lisboa e Vale do Tejo, um no Norte e um no Alentejo.

Os internamentos continuam a descer. Há, agora, 455 doentes internados no país, menos dois do que no sábado, e 86 pessoas em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI), menos duas do que no último boletim.

Nas últimas 24 horas, 651 pessoas recuperaram da doença, num total de 1.010.168 recuperados desde o início da pandemia. Portugal tem hoje 33.973 casos ativos, mais 21 em relação ao dia anterior, e 30.438 contactos em vigilância.

Em relação à matriz de risco, a incidência do SARS-Cov-2 ao nível nacional está nos 173,6 casos por 100.000 habitantes. Se se contar apenas com o Continente, sobe para 177,9 casos/100.000 habitantes.

Já o índice de transmissão R(t) situa-se nos 0,83 no país e nos 0,82 no continente.

  Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Marcelo acredita na aprovação do OE2022, mas não descarta cenário de eleições antecipadas

O Presidente da República alertou hoje que um eventual chumbo do Orçamento do Estado para 2022 "muito provavelmente" conduziria à dissolução do parlamento e a eleições antecipadas, com "seis meses de paragem na vida nacional". Em …

Pandora Papers. Morais Sarmento corrige a declaração de rendimentos e património no TC

Nuno Morais Sarmento, vice-presidente de Rui Rio, pediu ao Tribunal Constitucional que sejam acrescentadas as participações sociais que tem em três empresas moçambicanas. De acordo com o jornal Expresso, a alteração surge na sequência dos Pandora …

Pegadas mais antigas de pré-humanos identificadas em Creta

As pegadas mais antigas já conhecidas de pré-humanos foram encontradas na ilha de Creta, na Grécia, e têm pelo menos seis milhões de anos. As pegadas em questão foram descobertas, em 2017, perto da aldeia de …

Enfermeira a preparar uma vacina

Vacina russa de dose única com 70% de eficácia contra variante Delta

A vacina russa contra a covid-19 de dose única, Sputnik Light, apresenta 70% de eficácia contra a variante Delta do coronavírus SARS-CoV-2 três meses após a inoculação, anunciou hoje um laboratório daquele país. Segundo o Centro …

Três selecções apuradas para o Mundial 2022 (mas Will Grigg não vai ao Qatar)

Qatar e Alemanha já estavam qualificadas e a Dinamarca completou o trio. Irlanda do Norte está fora destas contas. A Dinamarca já assegurou a qualificação para a fase final do Mundial 2022. A confirmação - do …

Santuário de Fátima repleto na primeira peregrinação sem restrições

A peregrinação internacional aniversária de outubro ao Santuário de Fátima, que hoje termina, está a decorrer "dentro da normalidade" e sem registo de incidentes, informou a GNR. Esta é a primeira que se realiza sem restrições …

Nuvem de dióxido de enxofre do vulcão de La Palma chega à Península Ibérica

Em comunicado, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) alertou que uma nuvem de dióxido de enxofre, proveniente do vulcão Cumbre Vieja, em ilha La Palma, nas Canárias, atingiu a Península Ibérica. A informação …

Papa aprova milagre e abre caminho à beatificação de João Paulo I

O Papa Francisco autorizou esta quarta-feira a promulgação do decreto relativo ao milagre atribuído a João Paulo I (Albino Luciani), nascido em 17 de outubro de 1912 em Forno di Canale (hoje Canale d'Agordo, Itália) …

Pedro Nuno defende que OE2022 é "talvez o melhor" - e "seria muito mau se não fosse aprovado"

O ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, considerou hoje que o Orçamento do Estado (OE) para 2022 é "talvez o melhor" deste Governo e "seria muito mau para o país se não …

Exames de acesso ao ensino superior podem ser usados durante quatro anos

Os exames nacionais vão poder ser utilizados na candidatura ao acesso ao ensino superior durante quatro anos após a sua realização, sendo que os alunos que optem por repetir as provas podem escolher a melhor …