50 pessoas entre a vida e a morte depois do atentado em Nice

Alberto Estevez / EPA

-

O presidente francês confirmou que há meia centena de pessoas em estado crítico e lamentou que tenham morrido muitos inocentes, especialmente crianças, em prol da satisfação de um indivíduo.

Durante a manhã desta sexta-feira, o presidente François Hollande aterrou em Nice para debater a situação pós-ataque com as autoridades locais.

Para já, contam-se 84 mortos e mais de cem feridos, na sequência do camião que ontem irrompeu pela Promenade des Anglais, durante as comemorações da Tomada da Bastilha.

Mohamed Lahouaiej Bouhlel, de 31 anos e de origem tunisina, conduzia a viatura que, durante dois quilómetros, atropelou as várias pessoas que se encontravam na avenida a ver o fogo de artifício.

O presidente francês visitou o hospital de Nice, onde estão a ser tratados muitos dos feridos, e confirmou que há 50 pessoas “entre a vida e a morte”.

“Há cerca de 50 pessoas que ainda permanecem em urgência absoluta, quer dizer entre a vida e a morte. Entre estas vítimas, há franceses, e há também muitos estrangeiros vindos de todos os continentes”, declarou.

“Há também muitas crianças feridas e outras que morreram simplesmente para satisfazer a crueldade de um indivíduo e eventualmente de um grupo”, condenou Hollande.

Em declarações à RTL, o presidente da região do sudeste de França e ex-autarca da Câmara de Nice, Christian Estrosi, confirmou essa mesma situação, dizendo que há provavelmente “mais de uma dezena” de menores entre as vítimas mortais.

O jornal local Nice-Matin também adiantou esta manhã que entre a centena de feridos cerca de metade sejam crianças.

Relativamente às nacionalidades das vítimas mortais, sabe-se apenas que há dois norte-americanos, uma russa, uma arménia, um ucraniano, uma suíça, uma jovem de ascendência cabo-verdiana e três alemães.

A Secretaria de Estado das Comunidades já confirmou, entretanto, que há um ferido de nacionalidade portuguesa.

Segundo o Diário de Notícias, chama-se António Soares, trabalha no Mónaco mas estava em Nice a passar o feriado.

O jornal adianta que o homem vai ser operado a uma perna esta tarde no hospital Pasteur 2 e que a sua mulher escapou ilesa.

O suspeito

Apesar de o ataque ainda não ter sido reivindicado, as autoridades francesas acreditam que se trata de um atentado e já montaram uma operação policial para tentar encontrar eventuais cúmplices.

O homem, que tinha alugado o camião há uns dias noutra localidade francesa, acabou por ser abatido pela polícia.

O seu nome acabou por ser descoberto através de um cartão de identidade no interior do veículo. Também foram encontradas armas de fogo e granadas.

Na Internet já circulam alegadas imagens dos documentos de Mohamed mas a sua autenticidade ainda não foi confirmada.

O suspeito era conhecido por ter alguns comportamentos violentos, tendo por isso cadastro por delitos menores, mas não estava referenciado pelos serviços secretos franceses.

Segundo a imprensa francesa, o homem estava em processo de divórcio, tinha três filhos e estava desempregado. Vizinhos descrevem-no como um homem “solitário e instável”.

De acordo com uma fonte policial, citada pela AFP, a antiga companheira do suspeito foi detida e está a ser interrogada.

Espera-se que a avenida onde aconteceu o ataque reabra ao trânsito às 20h00, menos uma hora em Portugal.

Depois do atentado na capital francesa em novembro do ano passado que provocou a morte de 130 pessoas, França volta a estar em alerta máximo.

O estado de emergência devia terminar a 26 de julho mas o chefe de Estado decidiu prolongá-lo por mais três meses. O país decretou três dias de luto nacional, nos dias 16, 17 e 18 de julho.

ZAP / Lusa / ABr

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Pessoas inocentes morrem por politicas,que republica França pensa que pode implementar nos outros países. Tenho muita pena das pessoas que morreram ,mas e escolha de cada um, quando vai votar, ou quando aceitam coisas ( tolerância de tudo,paneleiros,democracia tal chamada,e mais etc…) Mundo anda completamente louco. Agora Charlie Hebdo vai fazer mais alguma caricatura de Maome, e vai mais respostas e atentados. Enfim…

  2. Acredito que a solução para controlar este tipo de anormalidades será acusar de colaboração no acto as pessoas dos contactos frequentes com o visado Incluir neste numero tantas pessoas como o número de vitimas.

RESPONDER

Prémio Tyler 2020: Defensores de políticas verdes ganham "Nobel do Meio Ambiente"

O Prémio Tyler 2020, também conhecido como o "Nobel do Meio Ambiente", foi atribuído à bióloga Gretchen Daily e ao economista ambiental Pavan Sukhdev, foi hoje anunciado. A bióloga especialista em conservação e o economista são …

Subsídios estão a ser pagos e aumento de 15% no ordenado "não é realista", diz a Ryanair

A Ryanair está a pagar os subsídios de férias e Natal, afirmou hoje um responsável da companhia, salientando que o sindicato dos tripulantes de cabine tenta “forçar” aumentos salariais de 15%, o que “não é …

Tia de Kim Jong-un faz a primeira aparição pública em mais de seis anos

Kim Kyong-hui, tia paterna do líder norte-coreano Kim Jong-un, reapareceu em público este sábado pela primeira vez em mais de seis anos, escreve a BBC. A emissora britânica, que avança a notícia citando a Agência Central …

Coronavírus. Madeira está a preparar-se para eventual surto

Região da Madeira “já está a delinear” quartos com pressão negativa e áreas isoladas, além de “fármacos, oxigénio, fatos protetores, máscaras e capacidade laboratorial”. O presidente do Instituto de Saúde (Iasaúde) da Madeira anunciou esta segunda-feira …

Luanda Leaks. Isabel dos Santos vai processar o consórcio de jornalistas

Depois de Rui Pinto ter assumido a autoria da divulgação dos documentos do caso Luanda Leaks, Isabel dos Santos avança que vai processar o consórcio de jornalistas. A empresária angolana Isabel dos Santos vai processar o …

Portugal vende cinco F-16 à Roménia por 130 milhões de euros

O ministério da Defesa Nacional oficializou hoje, na Base Aérea de Monte Real, no distrito de Leiria, a venda de cinco aviões militares F-16 à Roménia, num negócio de 130 milhões de euros. "Com este processo …

Pedro Proença e a violência no futebol: "É chegada a altura de o Governo assumir responsabilidades"

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol (LPFP), Pedro Proença, disse esta segunda-feira, depois de uma reunião no Ministério da Administração Interna (MAI), que o governo deve assumir responsabilidades sobre os recentes casos de violência …

Reconhecimento facial vai ser testado no acesso a serviços públicos online

O Governo quer criar um sistema de reconhecimento facial para usar a chave móvel digital, ferramenta que já permite aceder a vários serviços online do Estado. O Governo está a planear criar um sistema de reconhecimento …

Sem voz no clube, Raul José pondera abandonar o Sporting

Sem voz na pasta das contratações e construção do plantel, Raul José, líder do departamento de scouting do Sporting, pode estar de saída do clube. Raul José, líder do departamento de scouting do Sporting CP, estará …

António Costa vai responder por escrito a 100 perguntas sobre Tancos

Apesar de sempre ter defendido que o testemunho devia ser presencial, o Juiz Carlos Alexandre aceitou que António Costa possa depor por escrito sobre o caso do furto e recuperação das armas de tantos. O …