Terrorista de Nice tirou selfie a sorrir no meio da multidão

Ataque com camião faz mais de 30 mortos numa esplanada em Nice

O terrorista tunisino que matou 84 pessoas em Nice, França, terá tirado uma selfie no meio da multidão, a sorrir, antes ter lançado um camião contra ela. Nos instantes antes do ataque, terá também enviado uma SMS a um cúmplice a pedir mais armas.

O canal de notícias francês BFM TV revelou que o terrorista, Mohamed Lahouaiej Bouhlel, enviou uma mensagem de texto antes do ataque, pedindo ao destinatário, um homem já detido, que levasse mais armas.

“Traz mais armas, traz de 5 a C”, pediu o atacante numa mensagem enviada a 14 de Julho pelas 22:27, hora local, minutos antes de entrar no passeio marítimo de Nice com um camião que usou para abalroar dezenas de pessoas que assistiam ao fogo-de-artifício, provocando 84 mortos, dez das quais crianças ou adolescentes. Há ainda 18 pessoas internadas em risco de vida.

Antes desta SMS, na tarde de quinta-feira, Bouhlel terá enviado uma selfie ao irmão, Jabeur, onde aparecia no meio da multidão em Nice e a sorrir.

Foi o próprio irmão do terrorista quem o contou em declarações à Reuters, citadas pelo jornal inglês The Independent.

“Nesse último dia, ele disse que estava em Nice com uns amigos europeus para celebrar o feriado nacional [o Dia da Bastilha]. Parecia muito feliz e satisfeito, estava a rir muito“, refere Jabeur.

A Reuters não conseguiu, contudo, verificar a existência desta foto, já que o irmão do terrorista se recusou a partilhá-la com a agência de notícias.

Polícia à procura de cúmplices

O telemóvel do terrorista foi encontrado na cabine do camião depois de a polícia ter abatido o atacante para pôr fim ao ataque, disparando 27 tiros, adianta o jornal francês Le Figaro.

Essa mensagem, bem como outra em que Bouhlel assegurava que já tinha “material”, estão a ser encaradas pela polícia como provas de que ele teve cúmplices.

Peritos do departamento anti-terrorista da polícia francesa estão agora a tentar encontrar mais indícios através da análise ao computador e ao telemóvel do atacante, depois de não terem encontrado qualquer “material de propaganda” do grupo terrorista Estado Islâmico na sua habitação em Nice.

A polícia já deteve sete pessoas do círculo próximo do atacante, uma delas a sua mulher, que estava em processo de divórcio, e que foi, entretanto, posta em liberdade.

Outras testemunhas que, de acordo com alguns meios de comunicação, ascendem às centenas, foram também interrogadas.

Problemas psicológicos e esteróides anabolizantes

O Daesh já reivindicou o atentado, realçando que Bouhlel era um “soldado” da causa islâmica. E o ministro do Interior francês, Bernard Cazeneuve, disse à comunicação social francesa que ele ter-se-á “radicalizado muito rapidamente”.

Os familiares e vizinhos do terrorista recusam, porém, a ideia de que ele fosse religioso, considerando antes, que era um homem violento e psicologicamente instável.

O advogado da esposa do terrorista refere que a mulher sofreu “violências físicas e clausura” às mãos do marido e diz ainda que este também agrediu a sogra.

Familiares de Bouhlel revelaram igualmente que ele teria problemas psicológicos e o psiquiatra que o tratou, há mais de 10 anos, contou à Reuters situações de violência com os pais e problemas de auto-estima por causa da “imagem do seu corpo”.

Neste sentido, um testemunho de um frequentador do ginásio onde Bouhlel costumava ir relatou ao jornal Nice-Matin que o atacante injectava esteróides anabolizantes para “construir os músculos”.

Entretanto, o Le Figaro revela que o terrorista planeou o ataque em detalhe. Bouhlel terá percorrido a rua onde abalroou a multidão com o mesmo camião que usou no atentado nos dias 12 e 13 de Julho, as vésperas do ataque que ocorreu a 14.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Portugal regista mais 10 mortes e 612 novos casos de covid-19

Portugal registou, este sábado, mais 10 mortes e 612 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 612 novos …

Toda a herança de Rendeiro foi para o "rei dos táxis". MP investiga presidente da ANTRAL e o filho motorista

O Ministério Público está a investigar o ex-motorista de João Rendeiro e o seu pai, o presidente da ANTRAL, a maior associação de táxis portuguesa. Em causa estão suspeitas de lavagem de dinheiro quando se …

Depois do polémico golo de Mbappé, UEFA pondera mudar regra do fora de jogo

A UEFA defendeu uma reformulação da regra do fora de jogo, depois do polémico golo de Kylian Mbappé que, no último domingo, deu a vitória a França na final da Liga das Nações. Apesar da polémica, …

Nova deputada do PSD condenada por falsificação de documento

A nova deputada do PSD, que toma posse na Assembleia da República na próxima terça-feira, já foi condenada por falsificação de documento há dois anos. Segundo avança o Jornal de Notícias, Eugénia Duarte vai substituir Carla …

Presidente avisou partidos sobre cenário de eleições antecipadas: "Se tiver de ser, é"

Em caso de chumbo do Orçamento do Estado para 2022 (OE2022), o Presidente da República prefere não perder tempo e "matar o mal pela raiz". Findas as audiências com os partidos no Palácio de Belém, a …

"A maior descida de sempre". Galamba sublinha redução dos preços da luz para empresas e famílias

As tarifas de electricidade propostas pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) para 2022 representam uma descida nos preços da ordem dos 3,4%. O Secretário de Estado Adjunto e da Energia, João Galamba, fala de …

Administração Biden vai reativar programa anti-imigração de Trump

A Administração Biden anunciou, esta sexta-feira, que vai reativar a política anti-imigração nas fronteiras da era Trump, que forçou milhares de requerentes de asilo a aguardarem a conclusão dos seus processos no México, muitas vezes …

José Sena Goulão / Lusa

"Rangel fez o roteiro da carne assada" (e Rio pode não sobreviver à "golpada")

Rui Rio ainda não desfez o tabu sobre a sua recandidatura, ou não, à presidência do PSD, mas está pressionado a tomar uma decisão. No seio do partido, e mesmo entre os seus apoiantes, só …

Bolsonaro será acusado de 11 crimes na gestão da pandemia, entre os quais homicídio

O senador Renan Calheiros, relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga a gestão da pandemia, anunciou que Jair Bolsonaro deverá ser indiciado de 11 crimes, entre os quais o de homicídio. O relator da …

Nuno Melo arranca campanha interna para a liderança do CDS

O candidato à liderança do CDS-PP arranca, este fim-de-semana, a sua campanha interna até ao congresso de final de novembro, tendo como objetivo privilegiar o diálogo com os militantes por todo o país. Fonte da candidatura …