Terrorista de Nice tirou selfie a sorrir no meio da multidão

Ataque com camião faz mais de 30 mortos numa esplanada em Nice

O terrorista tunisino que matou 84 pessoas em Nice, França, terá tirado uma selfie no meio da multidão, a sorrir, antes ter lançado um camião contra ela. Nos instantes antes do ataque, terá também enviado uma SMS a um cúmplice a pedir mais armas.

O canal de notícias francês BFM TV revelou que o terrorista, Mohamed Lahouaiej Bouhlel, enviou uma mensagem de texto antes do ataque, pedindo ao destinatário, um homem já detido, que levasse mais armas.

“Traz mais armas, traz de 5 a C”, pediu o atacante numa mensagem enviada a 14 de Julho pelas 22:27, hora local, minutos antes de entrar no passeio marítimo de Nice com um camião que usou para abalroar dezenas de pessoas que assistiam ao fogo-de-artifício, provocando 84 mortos, dez das quais crianças ou adolescentes. Há ainda 18 pessoas internadas em risco de vida.

Antes desta SMS, na tarde de quinta-feira, Bouhlel terá enviado uma selfie ao irmão, Jabeur, onde aparecia no meio da multidão em Nice e a sorrir.

Foi o próprio irmão do terrorista quem o contou em declarações à Reuters, citadas pelo jornal inglês The Independent.

“Nesse último dia, ele disse que estava em Nice com uns amigos europeus para celebrar o feriado nacional [o Dia da Bastilha]. Parecia muito feliz e satisfeito, estava a rir muito“, refere Jabeur.

A Reuters não conseguiu, contudo, verificar a existência desta foto, já que o irmão do terrorista se recusou a partilhá-la com a agência de notícias.

Polícia à procura de cúmplices

O telemóvel do terrorista foi encontrado na cabine do camião depois de a polícia ter abatido o atacante para pôr fim ao ataque, disparando 27 tiros, adianta o jornal francês Le Figaro.

Essa mensagem, bem como outra em que Bouhlel assegurava que já tinha “material”, estão a ser encaradas pela polícia como provas de que ele teve cúmplices.

Peritos do departamento anti-terrorista da polícia francesa estão agora a tentar encontrar mais indícios através da análise ao computador e ao telemóvel do atacante, depois de não terem encontrado qualquer “material de propaganda” do grupo terrorista Estado Islâmico na sua habitação em Nice.

A polícia já deteve sete pessoas do círculo próximo do atacante, uma delas a sua mulher, que estava em processo de divórcio, e que foi, entretanto, posta em liberdade.

Outras testemunhas que, de acordo com alguns meios de comunicação, ascendem às centenas, foram também interrogadas.

Problemas psicológicos e esteróides anabolizantes

O Daesh já reivindicou o atentado, realçando que Bouhlel era um “soldado” da causa islâmica. E o ministro do Interior francês, Bernard Cazeneuve, disse à comunicação social francesa que ele ter-se-á “radicalizado muito rapidamente”.

Os familiares e vizinhos do terrorista recusam, porém, a ideia de que ele fosse religioso, considerando antes, que era um homem violento e psicologicamente instável.

O advogado da esposa do terrorista refere que a mulher sofreu “violências físicas e clausura” às mãos do marido e diz ainda que este também agrediu a sogra.

Familiares de Bouhlel revelaram igualmente que ele teria problemas psicológicos e o psiquiatra que o tratou, há mais de 10 anos, contou à Reuters situações de violência com os pais e problemas de auto-estima por causa da “imagem do seu corpo”.

Neste sentido, um testemunho de um frequentador do ginásio onde Bouhlel costumava ir relatou ao jornal Nice-Matin que o atacante injectava esteróides anabolizantes para “construir os músculos”.

Entretanto, o Le Figaro revela que o terrorista planeou o ataque em detalhe. Bouhlel terá percorrido a rua onde abalroou a multidão com o mesmo camião que usou no atentado nos dias 12 e 13 de Julho, as vésperas do ataque que ocorreu a 14.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

PSP do Porto reforça policiamento no São João e apela ao cumprimento das regras

A PSP do Porto garantiu, esta terça-feira, que vai reforçar o policiamento na noite de São João, de quarta para quinta-feira, e apela ao cumprimento das regras atendendo ao contexto atual da pandemia de covid-19. “Solicita-se …

UE garante compra de mais 150 milhões de doses da vacina da Moderna

A Comissão Europeia aprovou esta terça-feira a alteração ao segundo contrato com a farmacêutica Moderna para a ativação, em nome de todos os Estados-membros da União Europeia (UE), de 150 milhões de doses adicionais em …

Lisboa sobe mais de 20 lugares no ranking. É a 83.ª cidade mais cara do mundo

Lisboa é a 83.ª cidade mais cara do mundo em termos de custo de vida, subindo 23 posições no ranking em relação ao ano passado, num estudo da Mercer divulgado esta terça-feira, que é liderado …

Governo espanhol aprova indultos a nove líderes independentistas catalães na prisão

O governo espanhol aprovou esta terça-feira a concessão de indultos a nove líderes independentistas catalães a cumprir penas de prisão pelo seu envolvimento na tentativa de autodeterminação daquela região espanhola em 2017, anunciou o primeiro-ministro …

Direitos humanos. Confronto entre China e Canadá na ONU

O Canadá denunciou esta terça-feira na ONU, em nome de cerca de 40 países, a situação dos direitos humanos na província chinesa de Xinjiang e em Hong Kong, pedindo a Pequim uma investigação às violações …

Ministra da Saúde afasta limitação de visitas. Mas Associação de lares defende regresso da proibição

A ministra da Saúde, Marta Temido, afirmou esta terça-feira que não há necessidade de voltar a limitar as visitas a lares de idosos, advogando que as pessoas vacinadas contagiadas com o novo coronavírus desenvolvem “uma …

Tripulantes da TAP queixam-se de "extrema violência psicológica" e escrevem carta ao ministro

Um grupo de tripulantes de cabine da TAP escreveu uma carta a Pedro Nuno Santos, ministro das Infraestruturas, na qual dizem temer que o processo de despedimento coletivo avance em julho e que já saíram …

Marcelo considera que legislativas de 2023 devem servir para julgar uso dos fundos europeus

O Presidente da República defendeu esta terça-feira que Portugal tem de dar "o salto" com os fundos europeus e considerou que as eleições legislativas de 2023 devem servir para os portugueses julgarem a sua utilização. "Cabe …

Portugal regista mais 1.020 casos e seis mortes. Internamentos continuam a aumentar

Portugal registou esta terça-feira 1.020 novos casos de infeção por covid-19 e mais seis mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), nas …

"Toma a vacina ou ponho-te na prisão". Presidente das Filipinas ameaça prender quem recusar ser imunizado

O Presidente das Filipinas ameaçou prender quem se recusar a tomar a vacina contra a covid-19, numa altura em que o país combate o pior surto da doença desde o início da pandemia. "Se não se …