/

30 apoiantes de Sócrates em vigília noturna junto à cadeia de Évora

7

Chourka Glogowski / Flickr

Ex-primeiro-Ministro e ex-líder do PS, José Sócrates

Cerca de 30 pessoas, oriundas de vários pontos do país, iniciaram hoje à noite uma vigília solidária de apoio a José Sócrates junto à cadeia de Évora, onde o antigo primeiro-ministro socialista está em prisão preventiva.

Empunhando cravos e gritando “José Sócrates sempre“, os apoiantes do ex-primeiro-ministro concentraram-se cerca das 19:00 junto ao Estabelecimento Prisional de Évora para uma “noite solidária” que, asseguram, se prolongará ao longo de 14 horas, até às 09:00 de domingo.

Sócrates amigo, o povo está contigo“, “Sócrates amigo, estamos aqui contigo” e “presos políticos nunca mais” foram outras das frases entoadas pelos apoiantes do ex-primeiro-ministro, que se deslocaram de localidades como Vila do Conde, Porto, Braga, Covilhã, Leiria, Lisboa e Mafra.

Durante a vigília noturna, organizada por um grupo de pessoas através das redes sociais, os apoiantes preveem acender velas e tochas, assim como dar a volta ao estabelecimento prisional, conforme adiantou à agência Lusa Luísa Lopes, uma das promotoras.

Segundo Luísa Lopes, a “noite solidária” pretende “demonstrar amizade e solidariedade” para com o antigo chefe de governo, cuja prisão preventiva considerou “injusta”.

O empresário José António Pinho, promotor de uma excursão de apoiantes da Covilhã, que se concentraram, a 25 de janeiro, junto à cadeia de Évora, é outro dos organizadores da vigília, voltando a considerar que a prisão preventiva de José Sócrates é “um ato político”.

“Num Estado democrático, José Sócrates não pode estar preso”, argumentou o apoiante, dizendo que o ex-primeiro-ministro “está preso sem culpa formada“.

Junto à prisão de Évora, onde decorre a vigília, encontravam-se também, ao início da noite, vários agentes da PSP.

José Sócrates está em prisão preventiva, desde o dia 25 de novembro do ano passado, indiciado por corrupção, fraude fiscal qualificada e branqueamento de capitais, num processo que tem também como arguidos João Perna, o empresário Carlos Santos Silva, o advogado Gonçalo Trindade Ferreira e o administrador da farmacêutica Octapharma, Paulo Lalanda Castro.

/Lusa

7 Comments

    • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      estou quase a fazer xixi e não consigo parar!….

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      por favor tirem esse comentário daí!…

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  1. miséria humana, é por isso que Portugal merece estes incompetentes governantes corruptos, este grupo de 30 representa isso mesmo. Eu tenho vergonha deste tipo de gente.

  2. ”Cerca de 30 pessoas, oriundas de vários pontos do país, iniciaram hoje à noite uma vigília solidária de apoio a José Sócrates junto à cadeia de Évora.” SERÁ QUE NÃO FORAM ELES QUE LEVARAM AS PULGAS? Seria um acto de solidariedade, porque assim o José já tinha com que se entreter – coçava-se.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE