Governo vai contratar 2.100 profissionais de saúde por semestre

Angelo Carconi / EPA

O Governo está obrigado a contratar 2.100 profissionais de saúde para o Serviço Nacional de Saúde por semestre em 2021 para chegar a 4.200 no final do ano.

A calendarização para o Governo proceder à contratação de 2.100 profissionais de saúde por semestre no próximo ano, para perfazer um total de 4.200 ao longo de 2021, alteração proposta pelo PS, foi aprovada esta segunda-feira.

Na proposta de Orçamento do Estado para 2021 (OE2021) aprovada na generalidade, o artigo sobre contratação de profissionais de saúde referia que até ao final do primeiro trimestre de 2021, o Governo procedia ao levantamento das necessidades de profissionais de saúde, tendo em vista a concretização de 4.200 contratações.

De acordo com a proposta de alteração entretanto entregue pelo PS – aprovada na especialidade apenas com os votos favoráveis dos socialistas e do PAN e a abstenção dos restantes – fica agora fixado um calendário para estas contratações.

“Os procedimentos para permitir as contratações identificadas no número anterior devem ser desenvolvidos de modo a permitir a concretização de 2.100 contratações por semestre”, lê-se no texto aprovado.

Na nota justificativa é referido que “o reforço dos meios humanos do Serviço Nacional de Saúde é um compromisso reafirmado pelo Governo no Orçamento do Estado para 2021” e “por forma a garantir uma rápida concretização da contratação dos 4200 profissionais de saúde é estabelecida uma calendarização”.

A de outubro, e já depois de o Bloco ter anunciado o voto contra na generalidade, o Governo divulgou a proposta que apresentou aos bloquistas durante as negociações, para a contratação de 4.342 profissionais de saúde ao longo do próximo ano. A existência ou não de um compromisso objetivo sobre o reforço dos meios humanos do SNS tinha sido um dos temas que tem gerado maior discussão entre o Governo e o BE.

De acordo com um documento fornecido pelo executivo, ao longo dos quatro trimestres de 2021, o Governo assumia o compromisso de contratar mais 1.073 assistentes operacionais, 518 assistentes técnicos, 764 enfermeiros, 1.500 médicos, 98 técnicos superiores e 379 profissionais para outras categorias técnicas.

No que respeita ao calendário para a contratação de médicos, com base no mesmo documento, o Governo pretendia contratar 379 no primeiro trimestre, 10 no segundo, 1.103 no terceiro e oito no quarto.

Em relação aos enfermeiros, na calendarização feita pelo executivo socialista, previa-se a entrada de 447 no primeiro trimestre, 150 no segundo, 12 no terceiro e 155 no quarto. Já quanto a assistentes operacionais, o compromisso era de contratar 394 no primeiro trimestre, 170 no segundo, 78 no terceiro e 441 no quarto.

No mesmo documento, constava ainda um calendário em que são indicados os meses das várias etapas em que o executivo pretende abrir os processos para a contratação deste conjunto de profissionais de saúde.

Segundo o Diário de Notícias, foi também aprovada, por iniciativa do PS, a proposta que aponta a regulamentação da exclusividade no SNS para depois da pandemia. Esta medida era há muito reclamada pelo Bloco de Esquerda.

“No período pós-pandemia, o Governo procede à regulamentação do n.º 3 da Base 29 da Lei de Bases da Saúde, aprovada pela Lei n.º 95/2019, de 4 de setembro através da aplicação progressiva do regime de trabalho de dedicação plena, nomeadamente aos coordenadores de unidades de saúde familiar e diretores de centros de responsabilidade integrados, baseado em critérios de desempenho e respetivos incentivos”, lê-se.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Com tanto guito que deram à TAP e BES ( ou ainda vão dar ), duvido que tenham dinheiro para contratar o que quer que seja.

RESPONDER

Ninguém sabe do paradeiro dos Evangelhos Garima, um dos maiores tesouros do mundo cristão

Depois de terem sobrevivido a 1.500 anos de história num mosteiro remoto, os Evangelhos Garima enfrentam agora a sua ameaça mais grave. Um dos maiores tesouros do mundo cristão, guardado durante mais de 1.500 anos no …

"Estou preocupado". Ex-piloto da Marinha dos EUA diz que via OVNIs "todos os dias"

Um antigo piloto da Marinha dos Estados Unidos diz que, durante anos, viu Objetos Voadores Não Identificados (OVNIs) "todos os dias". Depois de anos a ignorar a questão, uma task force do Pentágono prepara-se para revelar …

Peru está a investigar se a lixívia pode curar a covid-19

O congresso do Peru votou para investigar se beber ou injetar uma lixívia industrial poderia curar a covid-19. A moção foi aprovada com 49 votos a favor e 39 votos contra. Está a ser criado um …

Há vestígios de ouro nesta imagem de satélite

As operações de mineração num dos maiores depósitos de ouro da Rússia, em Aldan, incluem um método que deixa rastos na paisagem. E são visíveis do Espaço. A imagem de satélite, tirada em setembro de 2019, …

Dezenas de corpos de vítimas de covid-19 encontrados nas margens do rio Ganges

Ciclone Tauktae faz pelo menos 33 mortos na Índia (e paralisa vacinação contra covid-19)

Pelo menos 33 pessoas morreram e quase cem estão desaparecidas na Índia, devido ao impacto do ciclone Tauktae, esta terça-feira. O país também registou o maior número de mortes diárias provocadas pela covid-19. Centenas de milhares …

Cientistas criam dispositivos de testagem que produzem resultados em tempo recorde

Cientistas criaram dispositivos que permitem detetar infeção com o coronavírus SARS-CoV-2 num segundo ou em menos de 30 minutos, conforme a técnica usada, revelam dois estudos distintos divulgados esta terça-feira na imprensa da especialidade. Investigadores das …

CP está a vender bilhetes com 80% de desconto

A CP tem uma nova campanha, que entra em vigor esta terça-feira, através da qual disponibiliza cerca de 17.920 viagens com descontos até 80% nos comboios intercidades. De acordo com o jornal Público, os bilhetes abrangidos …

Mais de 40 pessoas, quase todas crianças, no hospital de Beja com vómitos

Um total de 35 crianças e seis adultos oriundos de diversas escolas do concelho de Beja deram esta terça-feira entrada no Hospital José Joaquim Fernandes, naquela cidade alentejana. A notícia foi avançada por fonte hospitalar, que …

Novo Banco. "Não era um banco bom, foi preciso fazer dele um bom banco", diz Centeno

O governador do Banco de Portugal, Mário Centeno, afirmou esta terça-feira que o Novo Banco “não era um banco bom” e “foi preciso fazer dele um bom banco”, recordando o “legado do BES” que marca …

Ensino superior com vagas especiais para lusodescendentes

O Governo alargou o contingente especial de acesso ao ensino superior dirigido a emigrantes e seus familiares permitindo que, no próximo ano letivo, se possam candidatar todos os lusodescendentes, de nacionalidade portuguesa e residentes no …