Primeira dose imunizou 90% dos primeiros profissionais de saúde vacinados

Cerca de 90% dos primeiros 1.000 profissionais de saúde vacinados em Portugal desenvolveram imunidade contra o novo coronavírus três semanas após terem recebido a primeira dose, revelam as conclusões de um estudo hoje divulgadas.

Conduzido pelo Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC) e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental (CHLO), o estudo para aferir a efetividade da primeira vacina contra a covid-19 a ser usada em Portugal envolveu médicos, enfermeiros, assistentes operacionais e técnicos de diagnóstico e terapêutica, que foram vacinados em dezembro de 2020.

“Os primeiros resultados deste estudo, após administração da vacina da Pfizer/BioNTech, revelam que 90% destes profissionais de saúde já demonstram uma resposta imunitária à vacina”, assegurou o IGC em comunicado.

Segundo a mesma fonte, todos os participantes nesta investigação foram testados para a presença de anticorpos dirigidos ao vírus antes da toma da vacina e três semanas após a administração da primeira dose do fármaco.

Os mesmos profissionais vão ser testados três semanas após a toma da segunda dose, referiu o instituto, ao adiantar que a duração da sua resposta imunitária será acompanhada nas fases seguintes que serão desenvolvidas ao longo do ano, uma recolha de dados que tem sido recomendada pela Organização Mundial da Saúde para acompanhamento da eficácia da nova vacina a nível internacional.

“Seguir a implementação destas vacinas é muito importante para garantir a eficácia e durabilidade da sua ação de uma forma independente. Permitir-nos-á ganhar confiança nesta ferramenta e afinar a sua administração no futuro”, referiu Mónica Bettencourt-Dias, diretora do IGC.

Para Carlos Penha-Gonçalves, investigador da Gulbenkian envolvido neste estudo, a monitorização da aplicação da vacina, em diferentes contextos e diferentes populações, permite “garantir aquilo a que os cientistas chamam de `evidência no mundo real´”, através da obtenção de dados sobre a efetiva proteção do fármaco contra a infeção pelo SARS-CoV-2.

O IGC pretende agora alargar este estudo a outras faixas etárias da população e a diferentes vacinas, em parceria com outros hospitais e autarquias.

O conjunto de dados recolhidos será partilhado com o Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA), com vista à disponibilização de informação obtida a nível europeu para possíveis atualizações das recomendações sobre a administração das vacinas.

Rita Perez, presidente do CHLO, que junta os hospitais S. Francisco Xavier, Egas Moniz e de Santa Cruz, destacou a importância de acompanhar a introdução das vacinas “para garantir que cumprem o seu objetivo de proteção dos que estão na linha da frente, um forte mecanismo de contenção da pandemia”.

O Instituto Gulbenkian de Ciência e o Centro Hospitalar Lisboa Ocidental têm desenvolvido um conjunto de projetos de vigilância do vírus SARS-CoV-2 em profissionais de saúde desde a primavera de 2020, quando se iniciou a pandemia da covid-19.

O plano nacional de vacinação contra a covid-19 arrancou a 27 dezembro com a administração das vacinas aos profissionais de saúde dos hospitais diretamente envolvidos na prestação de cuidados aos doentes.

Segundo disse hoje a ministra da Saúde, “o país tem cerca de 378 mil inoculações de vacinas” contra a covid-19.

“Além de cerca de 100 mil profissionais do Serviço Nacional de Saúde já vacinados, há também as vacinações que se iniciam e que esperamos acelerar nos vários parceiros do sistema de saúde”, acrescentou Marta Temido.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Desvendada a origem misteriosa da aurora boreal

As partículas das tempestades solares são aceleradas pelo campo magnético da Terra e interagem com as partículas da atmosfera, criando o espetacular fenómeno da aurora boreal. Agora, e pela primeira vez, cientistas demonstraram o mecanismo …

Agricultura em Marte pode tornar-se uma realidade graças a inovação

Cultivar plantações em Marte pode tornar-se uma realidade graças a um catalisador criado por uma equipa de investigadores, que remove o perclorato, um composto químico perigoso. Popular o planeta vermelho é uma ambição de longa data …

O exercício físico afeta-nos de forma diferente. Um novo estudo explica porquê

Apesar de o exercício físico ser benéfico para toda a gente, não nos afeta da mesma forma. Agora, investigadores podem ter descoberto uma das razões. Uma equipa de cientistas realizou um estudo, no qual 654 adultos …

ESA escolhe a revolucionária EnVision para missão a Vénus

A Agência Espacial Europeia ESA selecionou esta quinta-feira a sonda EnVision para uma missão a Vénus, programada para 2030, com o objetivo de entender como o planeta se tornou um inferno tóxico inabitável. A decisão surge …

Advogado avança com ação judicial para destituir Luís Filipe Vieira

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, vai ter de responder em tribunal numa ação judicial, interposta pelo advogado Jorge Mattamouros, sócio do clube, que visa a sua destituição, revelou esta quinta-feira o Expresso. Segundo o …

Dados enviados para a Rússia. Medina pediu auditoria a outras manifestações em Lisboa

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, anunciou hoje que pediu uma auditoria sobre a realização de manifestações no município nos últimos anos, no seguimento da partilha indevida de dados de ativistas russos. Em …

Um McDonald's abandonado dá comida a milhares de famílias carenciadas em França

Um antigo McDonald's foi reconvertido num banco alimentar que dá comida a milhares de família carenciadas em Marselha, França. Fati Bouarua, de ascendência argelina, cresceu nos bairros mais negligenciados de Marselha, em França. Agora, ajudou a …

Floresta fóssil no Peru guarda segredos sobre a história da América do Sul

Nas colinas fora da pequena aldeia de Sexi, Peru, uma floresta fóssil guarda segredos sobre os últimos milhões de anos da América do Sul. Quando os investigadores visitaram as árvores petrificadas pela primeira vez, há mais …

Uma famosa ilusão pode ajudar a tratar o transtorno obsessivo-compulsivo

Um famoso truque psicológico chamada "ilusão da mão de borracha" pode ser útil para tratar pacientes com transtorno obsessivo-compulsivo. O que é a "ilusão da mão de borracha"? Nesta experiência, os participantes são colocados com a …

Macron agredido com bofetada. Agressor condenado a 18 meses de prisão

Um tribunal francês condenou esta quinta-feira a uma pena de prisão de 18 meses de prisão o homem que esbofeteou o presidente da França, Emmanuel Macron, na terça-feira, durante uma viagem ao sudeste do país. Segundo …