102 dias depois, coronavírus regressa à Nova Zelândia

worldeconomicforum / Flickr

Jacinda Ardern, primeira-ministra da Nova Zelândia

A Nova Zelândia anunciou a sua primeira infeção por coronavírus transmitida localmente em 102 dias esta terça-feira, o que levou a primeira-ministra do país a emitir uma ordem de confinamento em Auckland, a maior cidade do país.

De acordo com a AFP, a primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, disse que foram detetados quatro casos numa única família em Auckland a partir de uma fonte desconhecida. O primeiro caso positivo em mais de 100 dias registou-se depois de um homem com cerca de 50 anos ter apresentado sintomas.

“Depois de 102 dias, temos os nossos primeiros casos de covid-19. Embora todos nós tenhamos trabalhado muito para evitar este cenário, também planeámos e nos preparámos para isto”, disse a governante.

De acordo com o jornal local The New Zeland Herald, os residentes de Auckland têm ordem para ficar em casa a não ser que tenham trabalhos considerados essenciais. Os serviços públicos, bares, restaurantes e negócios vão ser encerrados. As escolas também deverão ser fechadas. As farmácias e os supermercados vão continuar abertos.

O confinamento vai ficar em vigor, pelo menos, até sexta-feira, e a cidade está no nível três de alerta – o segundo mais elevado numa escala de quatro.

A Nova Zelândia tinha recentemente marcado 100 dias sem novas infeções de covid-19.

No final de abril, Jacinda Ardern deu a batalha contra a covid-19 como vencida. No início do mês de junho, a primeira-ministra neozelandesa afirmou estar confiante de que o país eliminou para já a transmissão da covid-19, mas admitiu a possibilidade de novos casos, garantindo que o país está preparado.

Questionada sobre a reabertura das fronteiras do país já no início do mês de julho, Jacinda Ardern rejeitou essa possibilidade, classificando a sugestão como “francamente perigosa”.

A Nova Zelândia, que registou 1.570 pessoas infetadas com covid-19 e 22 óbitos, tem sido internacionalmente elogiado pela forma com está a lidar com a pandemia.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 438 mil mortos e infetou mais de oito milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China. Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Sporting 2 - 1 Braga | Leão entra em 2021/22 a rugir

O Sporting parece querer manter a senda de sucesso da época passada e entrou em 2021/22 com o pé direito. Os “leões” bateram o Sporting de Braga por 2-1, num jogo que valeu, sobretudo, pela primeira …

Ensinar crianças a dizer palavrões? Uma cientista acha que é boa ideia

A auto-intitulada "cientista dos palavrões" acredita que ensinar as crianças a usá-los de forma eficiente ajuda os mais novos a perceber como este palavreado afecta outras pessoas. Já se sabia que dizer palavrões é um sinal …

Fósseis misteriosos podem ser uma das provas mais antigas de vida animal na Terra

Elizabeth Turner, cientista numa universidade do Canadá, poderá ter encontrado a prova mais antiga de vida animal na Terra. Uma cientista encontrou possíveis sinais de vida animal multicelular em restos de recifes microbianos de há 890 …

E se o mundo entrasse em colapso? Cientistas descobrem qual o país onde há maior probabilidade de sobreviver

Caso a civilização entre em colapso - uma possível consequência das alterações climáticas - os cientistas já descobriram qual o lugar do mundo onde há maior probabilidade de sobreviver: é na Nova Zelândia. Numa pesquisa, dois …

"Dança quem está na roda", responde Marcelo sobre ausência de Bolsonaro

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse este sábado que "dança quem está na roda" quando questionado pelos jornalistas sobre a ausência do homólogo brasileiro, Jair Bolsonaro, da cerimónia de reinauguração do Museu …

Todos os anos, esta cidade italiana entrega sal ao Papa em mãos

O Sal de Cervia, também conhecido como "sal do Papa", é-lhe entregue todos os anos em mãos. A tradição sofreu algumas interrupções até ter sido recuperada pelo Bispo Mario Marini, que serviu no Pontificado de …

A colisão secreta entre navios soviéticos e britânicos podia ter tido um desfecho drástico

Colisão aconteceu durante um dos períodos mais quentes da Guerra Fria e foi camuflado pela marinha britânica, que tratou de fazer regressar a sua embarcação à base de Devonport durante a noite para evitar dar …

Esta garrafa de tequila demorou seis anos para ser desenvolvida (e contém ouro)

A Clase Azul Spirits é uma empresa que comercializa tequila e está a preparar uma edição limitada para homenagear o legado artesanal do México - de onde a bebida é originária. A 2 de agosto, a …

Covid-19. Milhares de franceses protestam contra passe sanitário

Milhares de pessoas concentraram-se este sábado em Paris para protestar contra o passe sanitário — certificado de vacinação contra a covid-19 que passa a ser obrigatório para entrar em vários locais —, tendo a polícia …

"Toque de Midas" científico. Químicos transformam água purificada em metal dourado

Esta nova descoberta ajuda a entender o estado de transição da água e pode vir a ser importante no estudo de planetas como Neptuno ou Urano. Numa experiência alucinante, cientistas conseguiram transformar água purificada num metal …