Vulcão entra em erupção na mesma ilha atingida por tsunami na Indonésia

(h) BNPB /EPA

Uma coluna de fumo com cerca de seis mil metros ergue-se sobre a região

O vulcão Soputan entrou esta quarta-feira em erupção no norte da ilha indonésia de Celebes, afetada na sexta-feira por um sismo, seguido de tsunami, que causou mais de 1.400 mortos.

As autoridades indonésias já elevaram o nível de alerta para 3, numa escala de 4, e estabeleceram um perímetro de segurança de quatro quilómetros ao redor da cratera de um dos vulcões mais ativos do mundo, disse a agência de prevenção de desastres, BNPB.

Uma coluna de fumo e cinzas de seis mil metros de altura move-se agora em direção para oeste do vulcão, por cima do monte Soputan, ilha de Sulawesi, obrigando as autoridades locais a acionar o código laranja para a aviação, nota a mesma agência.

De acordo com o Observador, já há vários meses que era esperada uma erupção deste vulcão, que é um dos mais ativos do mundo. As câmaras térmicas já tinham detetado lava com temperaturas muito altas junto ao cume do monte e a atividade sísmica também tem aumentado na região.

Ainda nenhuma aldeia foi evacuada, mas o ministério da Energia e Recursos Minerais pediu às populações que tivessem alguns cuidados, como guardar uma distância minima de quatro quilómetros do vulcão e usar máscaras de proteção contra o fumo e as cinzas, acrescenta o matutino.

Na sexta-feira, um terramoto de magnitude 7,5 graus na escala de Richter, seguido do tsunami, devastou a parte ocidental da ilha de Celebes na Indonésia, onde as autoridades já contabilizaram pelo menos 1.400 mortos.

Não é ainda possível ligar os acontecimentos

Ainda não é possível saber se o terramoto que assolou a ilha de Sulawesi na sexta-feira passada está relacionado com a erupção vulcânica do Soputan.

“A capacidade dos terramotos provocarem erupções vulcânicas é ainda bastante debatida, e não há evidências suficientes para ligar os dois acontecimentos”, explicou o jornalista e especialista em vulcanologia Robin George Andrews em declarações à Forbes.

Não podemos simplesmente ligar os dois [eventos] só porque aconteceram, ou então porque estão a ocorrer em simultâneo”, rematou.

A maior parte das vítimas morreu em Palu, cidade de 350 mil habitantes e que foi a mais atingida pela catástrofe natural.

Neste momento, quase 200 mil pessoas precisam de ajuda humanitária urgente, incluindo milhares de crianças, advertiu o Gabinete de Coordenação de Assistência Humanitária da ONU. Estima-se que 66.000 casas foram destruídas. Desde então, os sobreviventes têm-se confrontado com a falta de água potável e alimentos.

“Embora o governo e as organizações de emergência trabalhem incansavelmente para fornecer assistência vital, as necessidades continuam imensas”, afirmou o porta-voz do OCHA, Jens Laerke, num comunicado divulgado na terça-feira.

A Austrália anunciou já uma ajuda humanitária ao país no valor de 3,1 milhões de euros, para cobrir apoio médico de emergência durante um período inicial de 21 dias.

A Indonésia, arquipélago de 17 mil ilhas, fica no Anel de Fogo do Pacífico e é um dos países mais propensos a sofrer desastres naturais.

Em 26 de dezembro de 2004, o país sofreu uma série de terremotos devastadores, um dos quais de magnitude 9,1 na ilha de Sumatra. Este devastador terramoto provocou um tsunami de grandes dimensões que provocou 220 mil mortos na região do sudeste asiático. Foi o terceiro maior terremoto no mundo desde 1900.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Johnson & Johnson acusada de vender pó de talco com propriedades cancerígenas a mulheres negras

A gigante farmacêutica Johnson & Johnson continuou a comercializar pó de talco para mulheres negras, apesar de existirem provas de que esses produtos causam cancro. A queixa contra a Johnson & Johnson, apresentada pelo Conselho Nacional …

Termina hoje prazo para receber reembolso do IRS

O prazo para a Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) liquidar as declarações de IRS termina este sábado, depois de uma campanha que contou com mais quase seis milhões de entregas. De acordo com o portal da …

UE condena "instrumentalização" de refugiados pela Bielorrússia

A União Europeia (UE) condenou esta sexta-feira "a instrumentalização de migrantes e refugiados pelo regime bielorrusso", alegando que é "totalmente inaceitável" usar pessoas para "promover objetivos políticos" e prometeu avaliar hipótese de punição de contrabandistas. O …

André Ventura - Chega

Autárquicas serão "início do fim do reinado" de Costa. Em Moura, Ventura é apelidado de "fascista"

Esta sexta-feira à noite, em Moura, um grupo de pessoas juntou-se perto do comício de André Ventura, em protesto, apelidando o líder do Chega de "fascista". O líder do Chega, André Ventura, apresentava esta sexta-feira os …

Incêndios na Turquia chegam a zonas turísticas. Há suspeitas de mão criminosa

Os devastadores incêndios que se estão a fazer sentir na zona sul da costa da Turquia já fizeram pelo menos quatro mortes. Depois das ondas de calor mortais nas Américas, inundações na Europa e China e …

Sonae vende 24,99% da empresa que detém o Continente por 528 milhões de euros

O grupo Sonae acordou vender uma participação de 24,99% na Sonae MC, a proprietária dos supermercados Continente, por 528 milhões de euros, informou em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). A alienação de …

Supertaça. Sporting e Sp. Braga defrontam-se 39 anos depois (e adeptos regressam aos estádios)

Sporting e Sp. Braga lutam este sábado pelo primeiro título da época (e os adeptos já vão estar na bancada). O encontro da 43.ª edição da supertaça Cândido de Oliveira está marcado para este sábado, …

Vacinação de crianças divide peritos. Mas sem a inoculação dos mais novos a imunidade pode não chegar

Na sexta-feira, a Direção-Geral de Saúde anunciou que recomenda que a vacinação contra a covid-19 de jovens dos 12 aos 15 anos com comorbilidades. No entanto, o tema está a gerar controvérsia e divide opiniões …

Governo com margem política para abdicar de 15% do Novo Banco

Em 2022, o Governo tem margem política para abdicar do direito de entrar como acionista no Novo Banco (NB), inicial­mente com uma participação de mais de 2%, mas que pode subir a 15%. Para já, nem …

Tóquio2020. Biles renuncia também às finais de salto e barras assimétricas

A ginasta norte-americana Simone Biles, que renunciou à final do concurso geral individual dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, também não vai participar das finais de domingo de salto e barras assimétricas, informou esta sexta-feira a Federação …