Votação inédita com um deslize da AR TV. Direita e Esquerda alinhadas no caso CGD

Manuel de Almeida / Lusa

O relatório final da comissão parlamentar de inquérito à Caixa Geral de Depósitos (CGD) foi aprovado por unanimidade. É a primeira vez que todos os partidos se juntam, no mesmo lado da barricada, num inquérito à banca.

Os deputados aprovaram o relatório às 21:20 horas, depois de quase oito horas de debate e votações, incluindo duas horas à porta fechada. Mas alguns dos momentos da reunião acabaram por ser transmitidos, indevidamente, pelo canal do Parlamento.

Foram, ao todo, 47 minutos de transmissão na AR TV até que alguém alertou para o facto, para espanto do deputado João Almeida, do CDS, que redigiu o relatório final da comissão parlamentar de inquérito (CPI) à CGD.

Após o alerta para a transmissão, foram desligadas as câmaras e houve ordem para apagar a gravação. Mas o Jornal Económico divulga a gravação, considerando que está em causa “um tema de interesse público”.

Unanimidade inédita contra gestores, BdP e Governo de Sócrates

Para lá do momento insólito com a transmissão indevida, esta foi a primeira comissão parlamentar à banca em que o relatório final foi aprovado por unanimidade.

As principais conclusões da II Comissão de Inquérito à Recapitalização e Gestão da CGD cerram fileiras contra o Banco de Portugal, que falhou na supervisão, criticam a gestão do banco, que não foi sã nem prudente, a administração de Santos Ferreira, a falta de atenção de sucessivas tutelas e a responsabilidade política do Governo de José Sócrates no “período mais crítico de 2005-2008”.

Referem ainda que, na comissão, entre os depoentes, houve um grupo de poder que se encobriu, usando estratagemas como concertação de narrativas e falta de memória para esconder más práticas de crédito.

De fora ficou a proposta do PSD de incluir no relatório final a ideia de que houve no banco público indícios de práticas de gestão danosa.

O relatório vai ser debatido em plenário nesta sexta-feira, o último dia da legislatura, e depois enviado para a Procuradoria-Geral da República para que avalie se há matérias de relevância criminal.

Após a aprovação, o presidente da comissão de inquérito, o deputado do PSD Luís Leite Ramos, considerou que “valeu a pena” o trabalho feito ao longo dos últimos cinco meses e que a comissão chega ao fim com “sentimento de dever cumprido”.

Esta foi a terceira comissão de inquérito à CGD em apenas três anos, desde 2016. Nos últimos anos, houve ainda comissões de inquérito ao BES (2014-2015), ao Banif (2016) e ao BPP (2008-2009 e 2012).

ZAP // Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Pois, pois e agora acontece o quê…? Gastaram milhares de milhões do povo português em puro desperdicio por incompetência ou por benefício próprio, estes indivíduos com super cursos de gestão, economia, direito (improdutivos, canudos facilitados na maioria) foram pagos a peso touro para nos iludir com conhecimentos que nunca adquiriram.

  2. Esta gente nem sabe operar uma câmara de vídeo, como é que estão à frente de um país?!
    Quanto ao resto nada de novo.
    Pagode para enganar o lorpa.

  3. Já é tempo de acaba com estes encobrimentos, se um individuo rouba um pão no supermercado vem logo o nome dele nas notícias, porque razão se encobre os nomes destas pessoas se o prejuízo que causam é largamente superior? é por estarem ligados a altos postos ou a partidos? expulsem-nos, mas os nomes deles devem ser conhecidos, assim já não enganam mais ninguém.

RESPONDER

Quase 40% dos americanos com dificuldades financeiras. Doar sangue é a sua maior receita

A economia dos Estados Unidos (EUA), considerada uma das maiores do mundo, permitiu avanços sociais e tecnológicos inestimáveis. Contudo, atualmente, cerca de 40% dos norte-americanos afirmam ter dificuldade em pagar por comida, por habitação, por …

"Políticos devem ser colocados contra a parede". Greta pede desculpa

A ativista do clima Greta Thunberg pediu desculpa por ter dito que os políticos devem ser colocados “contra a parede”, após diversas pessoas terem considerado que a jovem estava a defender a violência. A sueca de …

Carnaval belga retirado da lista de Património Imaterial da UNESCO após queixas de antissemitismo

As festas da cidade de Aalst, na Bélgica, foram retirada da lista do Património Imaterial da Humanidade, depois de a UNESCO ter sancionado a presença de carros carnavalescos contendo imagens antissemitas. O presidente da Câmara …

Conselho de Ministros aprova proposta de OE2020 (e foram quase 10 horas de reunião)

O Conselho de Ministros aprovou hoje a proposta de Orçamento do Estado para 2020, dez horas depois de a reunião extraordinária ter começado, anunciou hoje o primeiro-ministro na sua página na rede social Twitter. "O Conselho …

Nova espécie de baleia mostra como este animal evoluiu para conseguir nadar

Cientistas descobriram uma nova espécie de baleia, que existiu há 35 milhões de anos, que pode dar novas pistas sobre como as baleias evoluíram para conseguir nadar. De acordo com a revista Newsweek, os investigadores analisaram …

Casal separado após sobreviver a Auschwitz reencontra-se 72 anos depois em Nova Iorque

Em 1944, David Wisnia e Helen "Zippi" Spitzer eram dois prisioneiros judeus e secretamente namorados que, miraculosamente, conseguiram sobreviver ao campo de concentração nazi Auschwitz, na Polónia. Porém, no final da guerra, foram separados depois de …

Benfica 4-0 Famalicão | Pizzi entrega saco cheio de Natal

O Benfica terminou o seu ano de Liga NOS com mais uma vitória, de novo por 4-0, tal como havia acontecido na anterior partida no Estádio da Luz, ante o Marítimo. Desta vez frente ao …

Morreu o ator Danny Aiello

Morreu esta quinta-feira, em Nova Jérsia, o ator Danny Aiello, que recordamos pelos seus muitos êxitos dos anos 80. Tinha 86 anos. "É com profunda dor que comunicamos que Danny Aiello, amado marido, pai, avô, ator …

Videojogo chinês incita jogadores a atacar os "traidores" em Hong Kong

Há um novo videojogo que está a ganhar popularidade na China. Chama-se "Fight the Traitors Together" e permite que os jogadores ataquem manifestantes de Hong Kong. No jogo, os jogadores podem bater nos manifestantes pró-democracia, sendo …

Mundial de Clubes proíbe demonstrações públicas de afeto

Começou na passada quarta-feira, dia 11 de dezembro, em Doha, capital do Catar, o Mundial de Clubes da FIFA, prova onde estão inseridos clubes como Flamengo e Liverpool. E esta até poderia ser mais uma …