É provável que estejamos a viver numa simulação, diz Elon Musk

Elon Musk acha que todos nós estamos presos numa pseudoexistência. Para o empresário, o Paradoxo de Fermi só tem uma explicação: estamos todos a viver numa simulação.

No popular podcast do comediante Joe Rogan, The Joe Rogan Experience, o fundador e CEO da SpaceX começou por explicar que o Universo tem 13,8 mil milhões de anos, e, assim sendo, qualquer civilização que tenha surgido teve muito tempo para aprimorar o seu conhecimento tecnológico.

“Se assumirmos qualquer taxa de melhoria, ou os jogos serão indistinguíveis da realidade ou a civilização irá acabar. Uma destas duas hipóteses vai acontecer”, disse Elon Musk. “Portanto, estamos muito provavelmente numa simulação.”

Embora seja apenas uma probabilidade, “eu acho que existem inúmeras simulações”. “Podemos também chamá-las de realidade ou multiverso.”

Além disso, o empresário acrescentou que se a sua hipótese for mesmo verdade, o substrato deve ser muito “chato”. “Por que motivo iríamos criar uma simulação que fosse chata? Pelo contrário, faríamos certamente uma versão muito mais interessante do que a realidade básica.”

A verdade é que diversos físicos, cosmólogos e filósofos, à semelhança de Elon Musk, consideram a hipótese da simulação convincente.

Segundo esta hipótese, se até mesmo uma civilização alienígena avançada, com uma predileção pela criação de simulações, surgisse, poderiam consequentemente surgir milhares – ou talvez até milhões ou biliões – de universos “falsos”. Descobrir a verdade seria uma tarefa verdadeiramente difícil para os habitantes desses reinos, porque todas as evidências que pudessem reunir iriam ser plantadas pelos criadores desse mundo.

De facto, a ideia da simulação é uma das muitas explicações para o famoso Paradoxo de Fermi. E parece ser a favorita do empresário. Resta saber se numa outra simulação, Elon Musk continuaria a ser o CEO da Tesla e da SpaceX. Ou se existiria sequer.

ZAP // Space.com

PARTILHAR

12 COMENTÁRIOS

  1. Este Musk é um sabichão das dúzias, que é como quem diz, um especialista em aproveitar o trabalho alheio. Essa teoria não é dele, não é nova. Assim como pegou no nome do “incompreendido” Nikola Tesla para dar nome ao seu carrinho a pilhas, vem agora armado em físico teórico visionário e iluminado.

      • …e onde diz que não é? De qualquer forma, é óbvio que a teoria não é dele, mas pelos vistos vou ter que anexar desenhos para melhor compreensão quando comentar neste espaço. O que está em causa, é mais uma vez Musk aproveitar-se dos outros em benefício próprio. Mas é melhor ficar por aqui porque parece que é um dos “adoradores” do Elon Musk e de tudo o que ele representa. E antes que responda a dizer onde está escrito que é, leia melhor, porque eu digo “parece” que é. Passar bem,

  2. Xiça ôo souza, tu és lixado hein?! Carrinho a pilhas? Sabichão as duzias? Físico teórico, visionario e iluminado? Até me perdi…

  3. Será q o Musk não é um Et disfarçado? Sua tecnologia primaria deixa ultrapassado os grandes feitos de foguetes mísseis logisticas eletrônica dos engenheiros militares ou civis. É só apreciar seus foguetões. Voltam pra casa pianinho. Eita.

RESPONDER

John Cleese esgota três coliseus em 48 horas

John Cleese vai estar no Coliseu de Lisboa com “Last Time To See Me Before I Die” durante três dias. O humorista britânico esgotou as três datas em apenas 48 horas. Durante esta madrugada (10), a …

Descoberta no Egito múmia de grande animal semelhante a um leão

O Ministério das Antiguidades egípcio anunciou esta segunda-feira que uma equipa de arqueólogos desenterrou uma múmia de um grande animal incomum, semelhante a um leão ou uma leoa. “É um animal muito estranho, como um gato …

Ex-agentes da DEA revelam detalhes da vida de Escobar na prisão que o próprio construiu

Dois dos agentes do DEA, que durante mais de um ano participaram na operação de captura de Pablo Escobar, revelaram alguns detalhes sobre a vida do narcotraficante e ex-líder do cartel de Medellín na prisão La …

Num jardim zoológico da Austrália, há concertos ao vivo (para entreter os elefantes)

https://vimeo.com/372400002 O jardim zoológico de Melbourne está a desenvolver um programa mundial de músicos para tocar para a sua multigeracional manada de elefantes asiáticos em perigo de extinção para que melhore a ligação entre os seis …

Montijo: ANA pede mais tempo para analisar medidas de mitigação ambiental

A ANA – Aeroportos de Portugal pediu à Agência Portuguesa do Ambiente (APA) uma prorrogação do prazo para analisar as medidas de mitigação propostas pela entidade na Declaração de Impacte Ambiental (DIA) do futuro aeroporto …

Sérgio Conceição ultrapassa número de jogos de José Mourinho

No jogo deste domingo, que o FC Porto acabou por vencer o Boavista com um golo solitário de Alex Telles, Sérgio Conceição cumpriu o seu 128.º jogo como treinador dos dragões - mais uma partida …

Governo australiano acusado de censurar livro sobre história de Timor-Leste

O Ministério dos Negócios Estrangeiros australiano está alegadamente a tentar censurar partes do primeiro de dois volumes da história de operações militares em Timor-Leste, o dedicado à Força Internacional para Timor-Leste (Interfet), segundo revelou a imprensa …

Norte-americanos acordaram com mensagens de texto estranhas nos seus telemóveis

Na passada quinta-feira, uma grande parte da população norte-americana recebeu mensagens estranhas e inexplicáveis, muitas das quais desconfortáveis e até preocupantes. Stephanie Bovee, uma norte-americana de 28 anos de Portland, no oeste dos Estados Unidos, acordou …

Pai que fugiu por 15 países com os dois filhos no ano passado encontrado pela PSP

O pai mudou 15 vezes de país com as crianças desde o verão passado sempre sem o consentimento da mãe e sem que a mãe tivesse qualquer notícia do paradeiro dos filhos, revela a PSP. A …

Daesh está a tentar criar um novo Estado islâmico nas Filipinas

Há dois anos que a bandeira negra do Daesh deixou de esvoaçar no topo de um edifício da cidade de Marawi, em Mindanau, no sul das Filipinas, e o Presidente, Rodrigo Duterte, declarou tê-lo derrotado. …