Missas nas escolas públicas. Associação denuncia violação da Constituição

Algumas escolas assinalaram o último dia do 2.º período, antes das férias da Páscoa, com uma missa na escola. Diretores das escolas, municípios e Ministério da Educação não veem nenhum problema.

O último dia de aulas do segundo período foi celebrado, de acordo com o Jornal de Notícias, com uma missa em escolas como a Vieira do Minho, Famalicão, Bragança, Viana do Castelo e Vila Real. Estas celebrações são aprovadas no plano anual de atividades e requerem a autorização dos pais, mas as opiniões dividem-se no que toca à constitucionalidade desta situação, tendo em conta o Estado laico.

PSD, CDS e PS também não entendem que as celebrações religiosas nas escolas devam ser proibidas, desde que não sejam obrigatórias e que os pais deem autorização aos alunos para participarem. O PCP não comentou e o JN não conseguiu contactar o BE.

Em 2016, numa situação semelhante, o BE tinha questionado o Ministério da Educação sobre o que considera ser uma violação da Constituição da República Portuguesa.

Vieira do Minho, Famalicão, Bragança, Viana do Castelo ou Vila Real, são os concelhos apontados pelo diário. Mas qualquer escola o poderá fazer sem que tenha de pedir autorização ao Ministério da Educação. Para a tutela, e de acordo com a Constituição, as escolas não podem impor uma orientação religiosa aos alunos, mas não impede a realização de celebrações que não sejam de frequência obrigatória.

Jorge Ascenção, presidente da Confederação Nacional de Pais, também diz desde que não seja imposto, se trata de uma questão de autonomia da escola. Já Ricardo Alves, presidente da Associação República e Laicidade, disse ao JN que era “uma tentativa de instrumentalização da escola pública”.

A associação foi constituída em 2003 e em 2005 enviou a primeira carta à então ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues, onde falava da existência de crucifixos nas escolas e da celebração de missas durante o horário das aulas. Na carta considerava existir uma violação da Constituição e da Lei da Liberdade Religiosa.

Em 2016, já se havia denunciado realização de missas na escola, referindo que os alunos não eram obrigados a participar, mas quem não participasse ficaria na sala de aulas. Já na altura, Ricardo Alves falava em situações discriminatórias dos alunos que não professam a mesma religião.

A Associação República e Laicidade também tem criticado a realização de celebrações religiosas nas universidades, nomeadamente aquando a tomada de posse do reitor da Universidade de Coimbra ou na celebração do dia da Universidade de Évora.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. As crianças não são obrigadas a assistir, mas também não podem ir para casa, nem podem ficar sozinhas… Então, adivinhem, para onde vão durante esse período de tempo? Aqui não há milagres: quer queiram, quer não queiram, vão mesmo para a missa!

  2. Neste país, a incoerência entre a lei e a prática que a respeite é frequente. Até na questão da laicidade da Escola Pública.
    Se foi mandado retirar os crucifixos das escolas, por que razão fará sentido que se tolere que lá se levem a efeito actos religiosos, como missas, por exemplo?
    Qual terão mais ou maior significado, aqueles objectos, cuja presença se notava mais pelo seu “poder” decorativo do que pela simbólica que envolviam, ou a missa enquanto acto litúrgico celebrando o sacrifício do corpo e sangue de Cristo?
    Depois, o argumento de que não sendo obrigatório “passa”, chutando a bola para a autonomia das escolas, também não me parece válido. É que da dita autonomia também pode decorrer obrigatoriedade…

    Qualquer dia temos a IURD por lá a fazer milagres…

  3. Discute-se o “sexxxo dos anjos”…. ou seja é irrelevante.
    Dediquem-se a um ensino de qaulidade e com segurança nas escolas.

  4. Caro Sérgio
    A IURD nas escolas ???
    Até aqui não deixam a IURD em paz?
    Nas escolas não estão, porque não deixam, mas estão nas prisões, nos hospitais, nos lares, onde precisam deles, eles nunca dizem não.
    Ah mais uma coisa, são voluntários.
    Bem haja

RESPONDER

Britânico é absolvido por estar sonâmbulo durante a agressão sexual

Um britânico com 21 anos entrou na cama onde o melhor amigo e a namorada dormiam e iniciou contactos sexuais com esta. O indivíduo foi absolvido num tribunal em York, Inglaterra, porque a situação ocorreu …

Piratas de Edelweiss. A resistência de jovens que pôs açúcar no combustível dos tanques nazis

Os Piratas de Edelweiss foram um grupo de jovens da resistência alemã ao regime nazi durante a Segunda Guerra Mundial. Passaram despercebidos historicamente, mas foram uma peça importante na vitória dos Aliados. Durante a História da …

Nova espécie de dinossauro carnívoro identificada na Península Ibérica

Uma nova espécie de dinossauro carnívoro foi identificada na província de Castellon, em Espanha, o primeiro representante do grupo na Península Ibérica a que deram o nome de Vallibonavenatrix cani. A espécie habitou a Península Ibérica …

Lavar a loiça ou fazer jardinagem ajuda idosos a viverem mais tempo

Bastam pequenas mudanças nos hábitos do dia-a-dia - como ar um passeio na rua, lavar a loiça ou fazer jardinagem - para aumentar a longevidade na população mais idosa, concluiu uma investigação de uma universidade …

Apple lançou um cartão de crédito. Mas desaconselha andar com ele

A Apple lançou um cartão de crédito que dá aos utilizadores cerca de 2% do valor de cada compra de volta mas é quase impossível transportar o cartão sem o estragar, pelo menos sem danificar …

Município alemão está a oferecer um milhão de euros a quem provar que a cidade não existe

Uma cidade na Alemanha está a oferecer um milhão de euros à primeira pessoa que fornecer "provas incontestáveis" de que aquele local não existe. Autoridades em Bielefeld, a cerca de 100 quilómetros de Hanover, estão a …

Altice diz que decisão da Anacom na migração da TDT é "ambígua, omissa e vaga"

Em causa está o processo de libertação da faixa 700 MHz da televisão digital terrestre, necessário para o desenvolvimento do 5G, e que tem sido criticado pelo grupo. A Altice Portugal considera que o sentido provável …

Fitbit vai oferecer rastreadores a toda a população de Singapura

A empresa norte-americana Fitbit anunciou uma parceria com o Conselho de Promoção de Saúde de Singapura numa iniciativa de saúde pública, a Live Healthy SG, que fornecerá aos 5,6 milhões de habitantes do país rastreadores …

Japão acusa Coreia do Sul de minar confiança ao colocar fim na partilha de dados militares

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, acusou esta sexta-feira a Coreia do Sul de minar a confiança entre os dois países ao cancelar um acordo de partilha de informações militares. As declarações de Shinzo Abe foram proferidas …

Há uma nova denúncia contra Harvey Weinstein

O produtor de cinema Harvey Weinstein, que enfrenta dois processos por agressão sexual em Nova Iorque, terá uma nova audiência na próxima segunda-feira para ser informado de uma nova denúncia apresentada, informou na quinta-feira o …