“Vice” da bancada do PS contestado por pedir autocrítica do partido sobre Sócrates

Pedro Delgado Alves defendeu que o PS deveria refletir sobre a ação de José Sócrates. O deputado foi contestado por outros dirigentes do grupo parlamentar, nomeadamente Ana Catarina Mendes, que reagiu de forma dura à posição do seu vice-presidente da bancada.

O vice-presidente da bancada socialista, Pedro Delgado Alves, foi esta quinta-feira contestado por outros dirigentes do seu Grupo Parlamentar, após ter defendido que o PS deveria fazer uma reflexão e uma autocrítica sobre a ação de José Sócrates.

A posição de Pedro Delgado Alves foi transmitida na reunião do Grupo Parlamentar do PS, tendo merecido críticas da própria líder parlamentar, Ana Catarina Mendes, que defendeu a necessidade de se traçar uma fronteira clara entre política e justiça.

Na linha do que já tinha afirmado na véspera, no Canal Q e TSF, segundo fontes da bancada socialista, Pedro Delgado Alves, antigo líder da JS, lamentou a incapacidade que o PS teve de detetar factos em matéria conduta pessoal do antigo primeiro-ministro entre 2005 e 2011, que na sexta-feira foi pronunciado pelo Tribuna Central de Investigação Criminal por crimes de branqueamento de capitais e falsificação de documentos.

O professor universitário de Direito, sem comentar o caso judicial de José Sócrates, defende a tese de que os dirigentes e militantes do PS, assim como os eleitores, tinham o direito de saber o que se passava.

“E isso foi-lhes privado, intencional e dolosamente por parte de José Sócrates. Um anátema para o PS, queiramos ou não, gostemos ou não”, declarou Pedro Delgado Alves, repetindo parte da posição que assumiu na TSF e Canal Q.

De acordo com vários deputados do PS que assistiram à reunião semanal do Grupo Parlamentar, Ana Catarina Mendes reagiu de forma dura à posição do seu vice-presidente da bancada.

A presidente do Grupo Parlamentar do PS insurgiu-se contra a tese de que se deverá suscitar a discussão sobre a conduta de José Sócrates no Grupo Parlamentar do PS, tendo em vista uma autocrítica. Ana Catarina Mendes alegou é preciso separar as questões dos processos judiciais e a esfera da ação política.

Na véspera, na TVI, no programa Circulatura do Quadrado, Ana Catarina Mendes criticou José Sócrates pelo ataque que fez à direção do PS, em particular a António Costa, considerando estar perante “uma injustiça tremenda”.

José Sócrates, em resposta a críticas que lhe foram dirigidas pelo presidente da Câmara de Lisboa, acusara antes o “mandante” de Fernando Medina de “profunda canalhice” e “covardia moral”. Ana Catarina Mendes aproveitou para dizer que o PS “nunca apagou a sua história“.

“José Sócrates deu a primeira e única maioria absoluta ao PS, foi secretário-geral e primeiro-ministro. O PS, desde o início, quase há sete anos, sempre frisou que deixaria o processo correr na justiça para que fizesse o trabalho que tem a fazer”, referiu.

Ainda sobre as declarações de José Sócrates, Ana Catarina Mendes referiu-se ao período entre 2015 e 2019 em que desempenhou as funções de secretária-geral adjunta do PS.

O ataque ao PS não é correto. Fui secretária-geral adjunta do PS quatro anos, recebi a carta de desfiliação de José Sócrates [em 2018] e em muitos momentos da vida do partido tentei contactar José Sócrates. Portanto, ninguém abandonou”, mas deixou-se “fazer o trabalho que a justiça tem de fazer”, acrescentou.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Legionella. Empresas chegam a acordo com 57 das 58 vítimas assistentes no processo

As empresas arguidas no processo do surto de legionella que ocorreu em Vila Franca de Xira, em 2014, chegaram a acordo com 57 das 58 vítimas que se constituíram assistentes no processo. A informação foi avançada …

Plásticos do Reino Unido são enviados, despejados e queimados na Turquia

Uma investigação levada a cabo por ativistas ambientais da Greenpeace descobriu plástico do Reino Unido despejado e queimado no sul da Turquia. Os investigadores da Greenpeace, uma organização ambientalista internacional, documentaram pilhas de plástico despejadas ilegalmente …

BE apresenta projeto de lei para criminalizar "terapias de conversão" de orientação sexual

O Bloco de Esquerda (BE) apresentou um projeto de lei que prevê penas de prisão até três anos ou multas para quem promova "procedimentos que visem alterar a orientação sexual de outra pessoa, identidade ou …

Madeira suspende vacinação devido a embalagens da Pfizer com sinais de humidade

A campanha de vacinação contra a covid-19 foi interrompida esta segunda-feira na Madeira porque algumas embalagens das vacinas da Pfizer apresentaram sinais de humidade externa, anunciou o Governo Regional. “Informamos que a campanha de vacinação contra …

Catarina Martins defende presunção de inocência de Luís Monteiro e fala da "situação insustentável" de Cabrita

A coordenadora do BE, Catarina Martins, considerou que as denúncias de violência doméstica nunca devem ser desvalorizadas, mas defendeu a presunção de inocência do deputado bloquista Luís Monteiro. Além disso, considerou a situação de Eduardo …

Dermatologistas dizem que 90% das mortes por cancro de pele podem ser evitadas

A Associação Portuguesa de Cancro Cutâneo (APCC) alerta para o facto de 90% das mortes por cancro de pele serem evitáveis, sublinhando que os custos em tratamento para os serviços de saúde rondam os 20 …

Especialista considera possível "largar as máscaras" antes de julho. Há 85 concelhos com zero casos de covid-19

A maior parte dos concelhos em Portugal encontra-se abaixo do limiar de risco e 85 contam mesmo zero casos. Para o virologista Pedro Simas, é possível que as máscaras deixem de ser utilizadas ainda antes …

Crónica ZAP - Nota Artística por Nuno Miguel Teixeira

Belenenses e Santa Clara também têm direito a nota artística

https://soundcloud.com/nuno-teixeira-264830877/belenenses-0-2-santa-clara-o-musical-1 - Então? Numa jornada de Benfica-Sporting e de um importante Rio Ave-FC Porto, este indivíduo aborda o Belenenses-Santa Clara neste espaço? - É verdade. Por duas razões: a primeira é que fui eleita a Miss Mundo …

Joe Exotic implora que o tirem da prisão. Sofre de um cancro na próstata

A estrela de Tiger King, Joe Exotic, revelou que tem cancro de próstata e voltou a pedir a sua libertação da cadeia. Joseph Maldonado-Passage, mais conhecido por Joe Exotic, está a cumprir pena de prisão depois …

Ryanair passa de lucro a prejuízo de 815 milhões de euros no último ano

A irlandesa Ryanair revelou hoje que teve um prejuízo de 815 milhões de euros no ano fiscal terminado em 31 de março, contra um lucro de 1.002 milhões de euros no exercício anterior. Na base deste …