Vem aí um “aumento muito significativo” de impostos preparado com “saber e mestria”

Ordem Tecnicos Contas/ Flickr

Bastonário da Ordem dos Técnicos Oficias de Contas, Domingues de Azevedo

Bastonário da Ordem dos Técnicos Oficias de Contas, Domingues de Azevedo

O Bastonário da Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas (OTOC) acusou hoje o Governo de preparar com “saber e mestria” um aumento “muito significativo” dos impostos para 2015, tentando subestimar o valor das receitas em ano de eleições.

OE 2015

“Isto é intencional, está feito com uma mestria de tal ordem que dificulta a leitura” das alterações fiscais previstas para o próximo ano, disse Domingues Azevedo em entrevista à Lusa.

O bastonário defendeu que, para se ter “uma ideia” da realidade fiscal, é preciso analisar em conjunto as três propostas do executivo – o Orçamento do Estado para 2015, a Fiscalidade Verde e as alterações ao IRS – e que só quem conhece bem a temática fiscal, tem tempo e conhecimentos técnicos é que se apercebe do aumento real da carga fiscal.

“Estou convencido de que 2015 será um ano de agravamento muito significativo da tributação para os contribuintes portugueses”, afirmou, criticando a estratégia de discussão destes documentos que “pulveriza as alterações” fiscais.

Não existe lógica, segundo o bastonário, em alterar o código da contribuição autárquica ou do IVA através do projeto dos impostos verdes, o que na sua opinião revela a existência de “uma estratégia de pulverizar as alterações para sonegar” a possibilidade de ter uma ideia exata das receitas que vão ser arrecadadas no próximo ano.

“Na minha ótica, vão ser muito superiores ao que o Governo prevê nesses documentos”, disse, acrescentando que “num ano de eleições isso seria uma maravilha”, pois uma maior captação de receitas em ano eleitoral permite ao executivo melhorar a gestão da captação dos votos, nomeadamente realizando obra que agrade ao eleitorado.

Essa é a razão, segundo o bastonário, para “não haver muito interesse” do Governo em promover uma leitura integrada dos três documentos que no próximo ano vão alterar a realidade fiscal dos portugueses.

O bastonário reconheceu que haver “algum” desagravamento fiscal do IRS em 2015, mas defendeu que esta baixa não tem uma lógica orientadora, apenas fins economicistas, e que vai ser “muito inferior” à receita fiscal que vai gerada no próximo ano noutros domínios.

“O ano de 2015 vai ser bastante mau na fiscalidade para os cidadãos portugueses”, reafirmou, considerando que os impostos sobre o rendimento do trabalho vão no próximo ano andar muito próximos dos praticados antes do 25 de Abril.

Na opinião do bastonário, tem havido uma “pressão enorme” sobre estes rendimentos e o Governo “apercebeu-se” de que estes impostos esticaram ao máximo e já não é possível esticar mais.

“Por isso está a arranjar outras fontes de rendimento fiscal, pelas mais diversas e ardilosas formas, que os contribuintes é que vão pagar”, concluiu.

/Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Sempre foi através da mentira que este (des)governo conseguiu ludibriar os portugueses, aliás ganharam as eleições com mentiras senão nunca lá teriam chegado!A direita é mesmo isto não que a esquerda seja muito melhor mas a direita sempre que pode protege os ricos ás custas da classe média.Sempre foi assim e continua a ser!

  2. Desde 1976 Portugal foi “governado” pelos 3 partidos que formam o chamado “arco da governação”, sós ou em coligação. Por 3 vezes levaram o País quase à banca rôta, obrigando a pedir o apoio exterior. Porém, veja-se a quantidade de novos ricos e procure-se averiguar como lá chegaram e o que fizeram na politica. Alguns casos são públicos. Na minha idade não viverei muitos mais anos. Tenho três filhos de formação universitária e 10 netos dos quais 4 já são universitários. A saída para outro País já começou. Lamento! Concluí que, não sendo um homem de esquerda, não poderei votar em nenhum dos 3 partidos do “arco”, como sempre o fiz.

  3. Não nos espanta, uma vez que este grupo de governantes tem investido na manipulação de informações ao seu eleitorado. O próximo ano só podia estar carregado de areia movediça em matéria fiscal.

  4. Espero que os culpados da destruição da minha vida morram de cancro e vejam os familiares a morrer. Nao lhes desejo menos. O meu odio puro e duro ao que o governo portugues e amigos me fizeram só me faz desejar lhes o pior. Vá agora censurem o meu comentario.

    • Caro Monstro,
      O seu comentário efectivamente está no limiar do que é aceitável.
      Entendemos validá-lo por não conter um apelo directo à violência.

  5. Completamente de acordo com voces.mas esperem pela pancada, na sei se ainda serei vivo,mas este PAÍS , vai virar do AVSSO isso vai, a saturação esta a chegar ao FIM DO RASTILHO da BOMBA, mal é de quem não tem a CULPA vai sofrer as consequencias, sejam RICOS.AS ou POBRES as……

RESPONDER

Viagens ao Espaço têm um novo perigo desconhecido para os astronautas

Há um perigo inerente às longas viagens espaciais dos astronautas desconhecido até aos dias de hoje. Um novo estudo aponta que os cosmonautas podem ver o seu fluxo sanguíneo revertido na parte superior do corpo. A …

Macrocilix maia, a misteriosa traça que tem moscas a comer fezes nas suas asas

Macrocilix maia é uma espécie de traça que se destaca pela forma como se camufla dos seus predadores. Nas suas asas vê-se duas moscas a comer excrementos de pássaro. A natureza nunca falha em surpreender-nos e …

Há provas que ligam misteriosa doença que paralisa crianças a vírus raro

Pela primeira vez, foram encontradas provas da associação do Enterovírus D68, um vírus raro até há algum tempo, à Mielite Flácida Aguda, uma doença semelhante à poliomielite que tem afectado centenas de crianças, provocando a …

Antigos egípcios podem ter encurralado milhões de pássaros só para os mumificar

Novas evidências de ADN sugerem que os antigos Egípcios capturavam pássaros selvagens para sacrifícios ritualísticos (e para os poderem mumificar depois). As catacumbas egípcias contêm milhares de pássaros mumificados, especificamente íbis-sagrados (Threskiornis aethiopicus), empilhados uns sobre …

Estudo mostra que sondagens tendenciosas enviesam eleições políticas

Através de experiências práticas, uma investigação recente sugere que as sondagens tendenciosas podem influenciar e enviesar as eleições políticas, até mesmo nas grandes democracias. Enquanto uma eleição se aproxima no Reino Unido e uma votação presidencial …

A Rússia criou a arma mais mortífera da história. Foi há 72 anos

Comummente conhecida por AK-47, a espingarda Kalashnikov foi responsável por milhões de mortes durante a nossa História, sendo uma das armas mais populares do mundo e a mais fabricada pela indústria de armamento. Segundo o The Conversation, …

Luxemburgo 0-2 Portugal | Campeão marca presença no Euro

Portugal venceu o Luxemburgo por 2-0 e apurou-se para a fase final do Euro2020 – a 11ª presença consecutiva da turma das “quinas” em fases finais de grandes competições. Num encontro mal jogado, em parte pelas …

Hologramas e outras tecnologias podem ajudar a combater incêndios florestais

Portugal continua a ser assombrado pela destruição sem precedentes dos incêndios florestais. Agora é a hora de aproveitar as nossas ferramentas tecnológicas e encontrar maneiras inovadoras de ajudar a aliviar o problema e também evitar …

Pombos estão a perder dedos ou patas por causa da poluição

Basta passar algum tempo na praça de uma cidade para ver que alguns pombos têm patas feridas ou dedos em falta. Embora possamos pensar que isto é causado por algum vírus ou pelos eventuais desentendimentos …

Descoberto no Japão fóssil de pássaro com 120 milhões de anos

O fóssil de um pássaro do Cretáceo recentemente descoberto no Japão pode levar os cientistas a repensarem alguns detalhes sobre a evolução do voo. Há cerca de 120 milhões de anos, um pássaro com o tamanho …