Para Francisca Van Dunem, quem manda é Centeno

Paulo Vaz Henriques / Portugal.gov.pt

Ministra da Justiça, Francisca Van Dunem

“Quem manda é o ministro das Finanças”, afirmou, esta segunda-feira, a ministra Francisca Van Dunem aos oficiais dos tribunais.

Francisca Van Dunem fez eco das palavras do ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, que garantiu em março, num debate sobre o estado da Saúde, que “somos todos Centeno”.

Desta vez, a ministra da Justiça afirmou, frente a 50 oficiais de justiça dos tribunais da Comarca de Braga, que “quem manda é o ministro das Finanças”, Mário Centeno.

Segundo a Sábado, Van Dunem falava no final da apresentação do projeto Tribunal +, em Guimarães. Quando saiu do local e foi confrontada pelos funcionários que se manifestavam, no âmbito da greve dos funcionários judiciais, a ministra atirou esta frase, mostrando ter confiança no ministro das Finanças no que diz respeito à gestão das contas.

“Monetariamente, a gente acha que a senhora não manda nada”, disse um dos manifestantes, que vestiam camisolas pretas onde se podia ler “Justiça para quem trabalha na Justiça”. A esta provocação, a ministra respondeu, concordando.

Citada pelo Jornal de Notícias, Francisca Van Dunem respondeu segura: “É verdade, quem manda é o ministro das Finanças.” Depois da sua afirmação, outro manifestante atirou que “em democracia isso é triste”, ao que a ministra da Justiça respondeu que não. “Não é não, sabe porquê? Porque cada um de nós tem uma pasta.”

Com esta resposta, Van Dunem queria dar a entender que se ocupada dos assuntos da Justiça, enquanto Mário Centena se encarregava de tudo o que eram questões financeiras. No entanto, a sua resposta não foi bem recebida pelos manifestantes. “Quem tem uma pasta é o Ministério das Finanças, a senhora ministra tem uma mini-pasta.”

Durante cerca de meia hora, a ministra da Justiça ouviu as reivindicações dos oficiais de justiça, remetendo grande parte delas para a negociação com os sindicatos, lembrando ainda que o descongelamento nas carreiras de toda a função pública já está a decorrer.

“Há, seguramente, falta de oficiais de justiça, temos essa noção e temos a preocupação de introduzir no sistema, como introduzimos já cerca de 400 oficiais de justiça, e vamos introduzir mais. Não temos dúvida nenhuma que há sítios que estão em esforço, mas o que dizemos é que as necessidades de preenchimento não correspondem àquilo que foi anunciado pelos sindicatos”, revelou Van Dunem ao JN.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Presidente da República passa o fim de ano na ilha do Corvo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai passar a noite de 31 de dezembro para 1 de janeiro na ilha do Corvo, nos Açores, de onde será transmitida a sua mensagem de Ano …

O calor extremo está a fazer com que os bebés nasçam mais cedo

Investigadores descobriram que o calor extremo faz com que os bebés nasçam mais cedo. Tal como quase tudo neste mundo, as coisas só vão piorar com as alterações climáticas. Segundo o Science Alert, os dois investigadores …

Empresa está a contratar uma pessoa que será paga para usar pijamas e dormir

Um start-up de colchões da Índia, que se descreve como uma "empresa de soluções para dormir" está a contratar alguém que será pago apenas para fazer isso mesmo. O objetivo é testar os seus produtos de …

O primeiro local funerário de compostagem humana do mundo abre em 2021

Prevê-se que a primeira instalação funerária de compostagem humana do mundo abra na primavera de 2021, depois de os legisladores do Estado de Washington terem legalizado o processo póstumo no início do ano. A empresa Recompose, …

Estado emprestou dois milhões à Cruz Vermelha para pagar salários

A Parpública SGPS emprestou dois milhões de euros ao Hospital da Cruz Vermelha, nomeadamente para fazer pagamento de salários. A Parpública SGPS, holding tutelada pelo Ministério das Finanças, libertou dois milhões de euros para permitir ao …

Ex-ministro francês François Bayrou acusado de cumplicidade na apropriação de fundos

O ex-ministro francês François Bayrou, dirigente centrista e próximo de Emmanuel Mácron, foi acusado na sexta-feira por "cumplicidade na apropriação indevida de fundos públicos" no caso dos assistentes parlamentares do seu partido. A acusação, "anunciada antecipadamente …

"Profundamente envergonhada", Merkel visitou Auschwitz pela primeira vez

A chanceler alemã, Angela Merkel, visitou esta sexta-feira pela primeira vez o campo de concentração e extermínio de Auschwitz-Birkenau num "sinal de reconciliação com os judeus e o estado de Israel", considera o historiador René …

Capital do Natal de Algés avança com queixa-crime contra promotores

A organização da Capital do Natal, evento que decorre em Algés, Oeiras, vai apresentar uma queixa-crime contra os promotores turísticos que "adulteraram a oferta do parque", o que defraudou "um conjunto alargado de pessoas". Em causa …

Menino de 5 anos convidou todos os colegas do infantário para assistir à sua adoção

Um menino de cinco anos de Michigan, nos Estados Unidos, convidou a sua turma do infantário para testemunhar à sua adoção legal. A criança, identificada como Michael, foi adotada formalmente pela sua nova família na passada …

TDT vai mudar de frequência (outra vez)

A frequência da Televisão Digital Terrestre (TDT) está a ser alterada de forma faseada, o que significa que os portugueses que usem este serviço gratuito de televisão têm de sintonizar novamente os seus recetores e/ou …