Vaga de frio bate recordes e congela tubarões nos EUA

Nos Estados Unidos, registaram-se pelo menos 16 mortes devido ao frio intenso que se faz sentir em várias zonas do país e três tubarões já morreram congelados. A situação vai piorar com a “bomba ciclone”.

De acordo com a Renascença, que revela o balanço da CNN, há escolas fechadas, vários voos cancelados e cidades quase paralisadas. Em Wisconsin foram registadas seis mortes, quatro no Texas, uma no Dakota Norte e outra no Missouri.

Governadores de vários estados, como a Florida e a Carolina do Norte, já declararam estado de emergência. Além disso, avisaram a população para os riscos eminentes, como estradas com gelo e temperaturas muito baixas. Na Florida já nevou, o que não acontecia há quase três décadas.

Estas são as consequências de uma tempestade que está a assomar os Estados Unidos. Os meteorologistas preveem que a situação piore e que a tempestade se venha a transformar num “ciclone bomba” – o nome dado ao fenómeno meteorológico quando a pressão atmosférica desce muito num curto espaço de tempo.

Esta vaga de frio tem vindo a congelar lagos, piscinas, margens de rios e até tubarões. Nos últimos dias, foram registadas três mortes de tubarões devido às baixas temperaturas que se fazem sentir no país.

Segundo a organização não-governamental Atlantic White Shark Conservacy, os tubarões morreram encalhados devido a um choque térmico causado pelo frio, provocando uma paragem respiratória aos animais.

Esta terça-feira, segundo a Renascença, foram registados novos mínimos. Em Dayton (Ohio), o termómetro marcou 25 graus abaixo de zero – batendo um recorde de 1898. Também em Salisbury (Maryland) a temperatura baixou para 14 abaixo de zero (quebrando o anterior mínimo de 1918).

O Serviço Nacional de Meteorologia (NWS) postou no Twitter uma publicação que alerta para a massa de ar do Ártico, que “vai continuar forte sobre os dois terços mais a Leste do país até ao final da semana”. Além disso, salientou que esta parte do território vai sentir temperaturas “muito frias e ventos gélidos perigosos”.

Assim, o serviço apela aos habitantes das regiões que evitem viagens de carro, devido aos fortes nevões e precipitação de gelo que se farão sentir na Costa Leste.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Mesmo assim, o imbecil presidente de grande percentagem de imbecis, continua a desvalorizar o aquecimento global, mesmo perante tantas evidências, preferindo enveredar pela teoria da conspiração dos “idiotas” dos cientistas. Bem faz o Congresso em mandar avaliar a saúde mental desse indivíduo.

    • Então não vêem que estão todos a morrer de calor?… iihihihihi Já há também outros “cientistas” que dizem que está próxima uma mini era do gelo…
      As alterações climáticas existem. Não é o homem que as provoca, é um ciclo natural da nossa Terra, mas este ciclo está a ser excecional devido a estarmos a passar por uma zona muito especial no nosso Universo.
      Há muita gente que ainda precisa de tirar as pálas dos olhos… Conhecimento é poder.

    • Não é “aquecimento global”, mas “alterações climáticas”. Essas alterações podem aquecer ou arrefecer o planeta conforme se está verificando. Mas tudo isso continua a acontecer derivado aos maus cuidados do homem e não derivado a um suposto ciclo do planeta a passar por uma zona muito especial do nosso universo. Esta teoria não tem cabimento, já que o sol não arrefeceu e continua à mesma distância da Terra. Tudo isso continua a ser efeitos dos gases de estufa, poluição dos agentes protetores da atmosfera.

      • Hello? Obviamente que estamos a falar de alterações climáticas, e o aquecimento global é uma consequência das alterações climáticas provocadas pelo ser humano. Mas não sei se REPAROU, o que está aqui em causa não é a explicação mais ou menos simplória do que são alterações climáticas, quem as provoca, etc, porque qualquer um sabe disso. Estamos a falar de uma zona de um país que atravessa uma tempestade violenta, país esse governado por um imbecil que continua a considerar estas alterações fruto de um ciclo inevitável e que nega o contributo humano para as mesmas.

        • Mas isso vem exactamente ao encontro do que eu disse. E, quando falo de efeito de gases de estufa, aí entra o tal imbecil que não quer saber e, em vez de ajudar, assobia para o lado. Todos sabemos, e só não admite quem não quer, que o ser humano é o único responsável pelo que está a acontecer. E o Trump não quer admitir. Agora quanto ao nome “aquecimento global”, a meu ver, esta designação é falsa porque, como se tem vindo a verificar, os efeitos tanto dão para aquecer como para arrefecer. É por isso que, acho, o nome certo é “alterações climáticas”, como se tem visto por todo o lado. Já há quem goze até, nos dias muito frios, dizendo que é o aquecimento global, pois, se está frio como é que pode ser aquecimento? Passe bem.

          • Peço desculpa mas enganei-me, é a pressa. O grande problema da Terra hoje em dia, é mesmo o Aquecimento Global, provocado pelos comportamentos humanos inconsequentes já aqui referidos. Este fenómeno tem várias implicações nefastas, sendo as Alterações Climáticas, a mais dramática. Portanto, por muito que possa parecer “disparate”, o frio intenso é consequência do Aquecimento Global, que provoca então o desiquilíbrio da atmosfera e consequentemente as Alterações Climatéricas, calor e frio intensos. Cumprimentos

RESPONDER

EUA. Homem que detonou bomba no metro em 2017 condenado a prisão perpétua

O autor do ataque à bomba na estação de metro perto de Times Square, em Nova Iorque, nos Estados Unidos (EUA), em dezembro de 2017, foi na quinta-feira condenado a prisão perpétua. Segundo revelou o New …

Bruxelas aprova auxílio intercalar de 462 milhões de euros à TAP

A Comissão Europeia aprovou, esta sexta-feira, um auxílio estatal intercalar de Portugal à TAP, no valor de 462 milhões de euros, para compensar prejuízos devido à pandemia de covid-19. "A Comissão Europeia considera que a medida …

Da despromoção ao ataque dos adeptos. Jogadores do Schalke ponderam não jogar mais esta época

Após a despromoção histórica da equipa, os jogadores foram atacados pelos adeptos nas imediações do estádio. Agora, alguns ponderam não voltar a jogar esta época. Esta semana confirmou-se a despromoção do Schalke 04 à segunda divisão …

Funcionária da polícia esfaqueada mortalmente em França. Agressor abatido

Uma funcionária da polícia francesa morreu, esta sexta-feira, após ter sido esfaqueada por um homem, que foi morto a tiro durante a sua detenção, informaram as autoridades. A polícia identificou o agressor como um tunisino de …

EMA defende administração da segunda dose da vacina da AstraZeneca

A Agência Europeia do Medicamento (EMA) defendeu, esta sexta-feira, a administração da segunda dose da vacina da AstraZeneca, mesmo com os riscos associados à possibilidade de ocorrência de coágulos sanguíneos. O diretor executivo adjunto da EMA, …

Ex-diretor da PJM sentiu-se "desconsiderado" com retirada de investigação de Tancos

O ex-diretor da PJ Militar disse, esta quinta-feira, ter-se sentido "desconsiderado" com a decisão da ex-PGR de afastá-lo da investigação do furto de armamento de Tancos e rejeitou o envolvimento de uma organização terrorista …

Hackers russos tentam extorquir 50 milhões de dólares à Apple

Um grupo de piratas informáticos radicados na Rússia exigiu à Apple 50 milhões de dólares (mais de 41 milhões de euros) para evitar a divulgação de informações sobre os próximos modelos do MacBook. A informação é …

Vacinação no Superior. Há professores que estão a recusar dar aulas presenciais

Há professores do Ensino Superior que estão a recusar dar aulas presenciais enquanto não forem vacinados contra a covid-19, tal como está a acontecer com os docentes e não docentes de outros níveis de ensino. O …

Viseu está orfã do projeto de Almeida Henriques. Movimento pede a Jorge Sobrado que avance

A morte de Almeida Henriques deixou Viseu "orfã". Cerca de duas dezenas de personalidades subscreveram uma carta aberta pedindo ao ex-vereador da Cultura Jorge Sobrado que se envolva no debate autárquico. Em declarações ao Público, Jorge …

"Parece-me uma coisa feita à pressa". Críticas aos Censos continuam

Os Censos 2021 têm sido alvo de críticas relativamente aos critérios para identificação de pessoas em situação de sem-abrigo, à ausência de questões sobre identidade de género e orientação sexual, bem como sobre a lista …