Utentes com alergias só são vacinados após consulta de imunoalergologia

Rungroj Yongrit / EPA

Quando foi aprovada a primeira vacina para a Europa, estavam indicados para vacinação em meio hospitalar, sem consulta prévia, utentes com historial de alergias a fármacos e alimentos. Agora, o conceito é diferente.

De acordo com o Jornal de Notícias, as orientações da Direção-Geral da Saúde (DGS)foram atualizadas em março, determinando a referenciação, prioritária, para consulta de imunoalergologia.

Com a atualização da norma, restringiu-se o conceito de alergia para hipersensibilidade a qualquer um dos excipientes da vacina; reação anafilática a uma dose anterior; ou diagnóstico prévio de anafilaxia idiopática ou reações anafiláticas recorrentes e sem causa aparente.

Agora, quando convocados para a vacinação, os utentes respondem a um questionário onde se detalham as alergias. Depois, são referenciados “com caráter prioritário a serviços de imunoalergologia“.

Se o imunoalergologista confirmar o achado, o hospital requisita as vacinas para imunização. Se não confirmar, o relatório segue para o médico de família para reagendamento.

Segundo Luísa Geraldes, responsável pelo grupo de interesse de alergia a fármacos da Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica, no Hospital de Guimarães, nas últimas duas semanas houve 100 pedidos, dos quais 10% acabaram com indicação para vacinação em meio hospitalar.

Estes utentes podem tomar a vacina A ou B, mediante a alergia identificada.

Relação da vacina com ciclo menstrual

De acordo com o semanário Expresso, vai ser estudado um possível efeito secundário das vacinas contra a covid-19: a sua relação com o surgimento de períodos menstruais mais intensos, precoces ou irregulares.

Em fevereiro, Kate Clancy, investigadora da Universidade de Illinois, começou a ouvir descrever vários casos em que mulheres notaram alterações menstruais após terem sido vacinadas. Por exemplo, a uma outra investigadora, Katharine Lee, aconteceu ter iniciado a menstruação logo depois da administração da vacina.

Clancy decidiu perguntar no Twitter se alguém tinha notado algo estranho, tendo ficado surpreendida com o volume das respostas recebidas.

Clancy e Lee resolveram lançar um inquérito e recolheram 22 mil respostas, entre as quais as de algumas mulheres que afirmam ter sentido cólicas e sangrado pela primeira vez desde que colocaram o DIU ou mesmo tendo entrado já na menopausa.

Por outro lado, não ter notado qualquer alteração foi também uma resposta comum, pelo que as investigadoras entenderam que o tema teria de ser investigado.

Os sintomas descritos não foram observados durante os testes com as vacinas, mas alguns cientistas acreditam que a vacina contra a covid-19 afete o sistema imunológico, o que pode acarretar alterações no ciclo menstrual.

Maria Campos Maria Campos, ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Regime de prevenção da corrupção isenta políticos e órgãos de soberania. Delação premiada gera críticas no PS

Os gabinetes dos principais órgãos políticos e de todos os órgãos de soberania, assim como o Banco de Portugal, vão ser excluídos do novo regime geral de prevenção da corrupção. De acordo com o jornal Público, …

”Pouco realista”. Banco de Portugal arrasa plano do Novo Banco para a dívida de Vieira

O Banco de Portugal considera que a reestruturação da dívida de Luís Filipe Vieira no Novo Banco é “pouco realista” e tem “pouca aderência à realidade”. A reestruturação da dívida do grupo de Luís Filipe Vieira …

Um treinador sem medo de errar e um plantel que pouco o fez. As razões para o título do Sporting

O Sporting sagrou-se, esta terça-feira, campeão nacional. Há várias figuras responsáveis pelo título dos 'leões', desde Rúben Amorim ao talentoso plantel. Apito final do Sporting CP-Boavista e os 'leões' voltam a conquistar o campeonato, 19 anos …

Identificada nova espécie de gato dente-de-sabre, uma das maiores de sempre

Usando técnicas detalhadas de comparação de fósseis, cientistas foram capazes de identificar uma nova espécie gigante de gato dente-de-sabre, que teria andado pela América do Norte entre há cinco e nove milhões de anos. De acordo …

Doentes mais graves vão começar a ser vacinados nos hospitais

Os doentes mais graves, sem limite de idade, que são seguidos em consultas hospitalares, vão começar a ser vacinados nos próprios hospitais. O processo de vacinação contra a covid-19 em Portugal está finalmente a acelerar, sendo …

Com um surto grave e hospitais em colapso, a Índia tem um novo problema: um fungo raro e mortal

Um raro fungo que invade o cérebro está a ser cada vez mais visto em pacientes vulneráveis na Índia, incluindo aqueles com covid-19. Este domingo, o ministério da saúde indiano divulgou um comunicado sobre como tratar …

Matos Fernandes reconhece que venda de barragens “é incomum” (e anuncia 30 milhões para casas eficientes)

O ministro do Ambiente e Ação Climática reconheceu que a transmissão de concessões de barragens no Douro “não é comum”, mas considerou que não prejudicarão os territórios que abrangem. Falando numa audição na Comissão Parlamentar de …

Quanto mais longo o bocejo, maior é o cérebro

De acordo com um estudo que analisou mais de cem espécies de mamíferos e pássaros, os vertebrados com cérebros maiores bocejam durante mais tempo. Bocejamos cerca de 5 a 10 vezes por dia e, de acordo …

Dona do Novo Banco não tem funcionários (e o presidente ajudou a vender o Banco ao actual "patrão")

O presidente da dona do Novo Banco, a Nani Holdings que é associada do fundo Lone Star, em Portugal, que detém 75% da instituição financeira, foi assessor do Fundo de Resolução na venda do Novo …

Jogador da NBA queimou um mandado de captura

Autoridades da Turquia não gostaram da análise ao presidente Recep Erdoğan. Enes Kanter foi avisado mas não quis saber. O basquetebolista turco Enes Kanter, que até nasceu na Suíça, volta a ser "alvo" das autoridades da …