Universidade britânica vai distinguir Jorge Sampaio com ‘honoris causa’

unaoc / Flickr

O ex-presidente da República, Jorge Sampaio

O ex-presidente da República, Jorge Sampaio

O antigo presidente da República Jorge Sampaio vai ser distinguido com um doutoramento “honoris causa” pela universidade britânica King’s College London cuja cerimónia deverá ter lugar em Novembro em Londres, confirmou hoje fonte da embaixada portuguesa.

Esta é a mais alta distinção atribuída pela universidade, que todos os anos selecciona até dez personalidades “em reconhecimento pelo seu evidente mérito demonstrado pelo seu grande prestígio”.

A decisão foi tomada após um processo de nomeação iniciado por dois académicos da instituição, Luísa Pinto Teixeira, historiadora e actual directora do Centro Camões de Estudos em Língua e Cultura Portuguesa, e Hélder Macedo, escritor e professor emérito de Literatura Portuguesa.

Jorge Sampaio foi Presidente da República durante dois mandatos consecutivos, entre 1996 e 2006, precedidos por dois mandatos consecutivos como presidente da Câmara Municipal de Lisboa (1989-1995).

Sampaio exerceu recentemente os cargos de Alto Representante da ONU para a Aliança das Civilizações (2007-2013), Especial Enviado do secretário-geral da ONU para a Luta contra a Tuberculose (2006-12).

Mantém as funções de membro do Conselho de Estado, enquanto antigo Presidente da República, e de presidente do Conselho Consultivo da Universidade de Lisboa desde 2007.

É Doutor Honoris Causa pelas Universidades de Aveiro (2008), Coimbra (2010) e Lisboa (2010), possui numerosas condecorações nacionais e estrangeiras e recebeu vários galardões, como o Prémio Europeu Carlos V (2004), Prémio Norte-Sul do Conselho da Europa e Prémio Diálogo de Culturas (ambos em 2010).

Da biografia política destacam-se ainda o envolvimento no movimento estudantil e activismo político de oposição à ditadura antes do 25 de Abril de 1974, bem como a eleição para deputado e depois a direcção do Partido Socialista entre 1989 e 1991.

Em 2013 lançou a Plataforma Global para os Estudantes Sírios para oferecer bolsas e assim evitar a perda de uma geração de licenciados naquele país.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Encontrados medicamentos ilegais em suplementos para o cérebro

Cientistas encontraram medicamentos ilegais, não aprovados nos Estados Unidos, em suplementos que alegadamente melhoram o desempenho cognitivo. Clareza mental, criatividade aprimorada e uma memória extremamente nítida são algumas das promessas feitas a quem compra suplementos de …

Voluntários oferecem-se para cumprir pena de jovem acusado de blasfémia

Num ato de solidariedade, 120 voluntários pediram para cumprir a pena de um jovem nigeriano condenado a 12 anos de prisão por blasfémia. Entre os voluntários está o diretor do Memorial de Auschwitz. Ao todo, 120 …

ADN ajuda a identificar assassino em série num dos mais infames casos da Austrália

Uma amostra de ADN ajudou a justiça australiana a considerar um homem como culpado pelo assassinato de duas mulheres na década de 1990, encerrando um caso que permaneceu sem solução durante quase 25 anos. Durante quase …

Mais 665 casos e nove mortes por covid-19 em Portugal

Portugal regista, este domingo, mais 665 novos casos positivos e nove mortes por covid-19, segundo boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Assim, desde o início da pandemia, Portugal conta com 73.604 infetados e 1.953 …

De guerreiros a anciões. Grupo étnico no Quénia faz cerimónia única de "transformação"

Milhares de homens Maasai vestidos com xales vermelhos e roxos e com as suas cabeças revestidas de ocre vermelho reuniram-se esta semana para uma cerimónia que os transforma de Moran (guerreiros) em Mzee (anciãos). De acordo …

Há 60 anos, Richard Nixon tricou uma sanduíche (e este homem guardou-a desde então)

Há 60 anos, o então vice-Presidente dos Estados Unidos, Richard Nixon, trincou uma sanduíche - e Steve Jenne, um homem que vive em Illinois, guardou-a os restos desde então. De acordo com o The New York …

Coreia do Norte adverte Sul para não procurar nas suas águas oficial assassinado

A Coreia do Norte pediu hoje à Marinha sul-coreana que deixe de entrar nas suas águas territoriais, numa altura em que Seul procura recuperar o corpo de um oficial sul-coreano morto a tiro no mar …

"Um abandonar dos utentes". Centros de saúde atiram pacientes para farmácias e privados

Sem resposta nos centros de saúde, vários utentes vêm-se obrigados a recorrer ao setor privado e a farmácias. A Entidade Reguladora de Saúde já recebeu várias reclamações. Face à pandemia de covid-19, os centros de saúde …

Polícia treinou uma cadela para farejar provas eletrónicas

No Minnesota, Estados Unidos, a polícia treinou uma cadela para farejar dispositivos eletrónicos. Sota já ajudou a encontrar provas em dez crimes. A polícia estatal do Minnesota treinou uma cadela labrador britânica para farejar dispositivos eletrónicos, …

Trabalhistas lideram primeira sondagem desde que Boris chegou ao poder

O partido do primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, situa-se hoje, pela primeira vez desde que chegou ao poder, atrás da oposição trabalhista nas intensões de voto, o que estará relacionado com a gestão da crise pandémica, …