O único terrorista sobrevivente dos atentados de Paris está isolado, paranóico e não fala

(cv) RTBF

Salah Abdeslam, autor do atentado ao Bataclan em Paris, era “o homem mais procurado da Europa”

Salah Abdeslam vive isolado, em depressão, sem falar com ninguém e obcecado com limpar tudo o que está à sua volta. O governo francês receia que se suicide antes de ir a julgamento.

Nos atentados que aconteceram há dois anos em Paris, 130 pessoas morreram. Deste número, 89 morreram no Bataclan, quando terroristas explodiram durante um concerto dos Eagles of Death Metal. Desses 89, sete foram os próprios terroristas, numa missão suicida.

Mas um deles sobreviveu para contar a história. O que ninguém estava a à espera era que Salah Abdeslam entrasse numa depressão profunda, recusando-se a falar com quem quer que fosse e isolando-se em Fleury-Mérogis, a maior prisão da Europa.

Durante 24 horas por dia, as câmaras de vigilância estão apontadas a Salah. Desde que foi preso, da sua boca não se ouviu uma única palavra. Nem aos guardas, nem nos interrogatórios, nem sequer aos seus advogados. Facto que, aliás, já fez dois dos advogados contratados inicialmente tenham renunciado, convencidos de que nunca irá falar.

Quem também receia que o terrorista nunca chegue a falar é o governo francês, mas por medo que o homem que está acusado de ser o autor intelectual dos atentados, ou seja, o “cérebro” por trás da operação, se suicide antes de chegar a sentar-se no banco dos réus.

A direção do estabelecimento prisional já atenuou algumas das medidas a que Abdeslam estava sujeito e que o confinavam a um isolamento social propício à depressão: Salah Abdeslam já não está separado das visitas por um vidro e a cela já não tem isolamento sonoro. Ainda assim, continua sem poder ter qualquer contacto com os outros prisioneiros.

Neste momento, o terrorista pode ter quatro ou cinco visitas mensais, geralmente da mãe ou do irmão, e cartas de admiradores. O resto do tempo é passado na cela, deitado na cama, obcecado com limpar tudo à sua volta, especialmente alimentos.

A previsão é que o julgamento só aconteça “em 2019 ou 2020”, uma vez que a investigação aos atentados de 13 de novembro ainda está em decurso, segundo o L’express.

Antes de ser julgado pelos atentados de 13 de novembro, Salah Abdeslam deve ir a tribunal já no dia 18 de dezembro, mas em Bruxelas, pelo tiroteio que começou com um grupo de polícias em março de 2016, dias antes de ser detido. Ainda que já tenha aceite ir à Bélgica para participar no julgamento, a justiça francesa ainda não decidiu se autoriza a viagem do terrorista.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Se fosse na China já lhe tinham feito a folha de despacho para o caixão, não merece nada. Deviam abate-lo da mesma maneira que ele abateu gente inocente. Não vale o ar que respira.

RESPONDER

Google cria modelo de cérebro mais detalhado (e com maior resolução) de sempre

A recriação 3D do cérebro de uma mosca da fruta - que mostra 20 milhões de sinapses e 25 mil neurónios - é a que tem a maior resolução até ao momento. Uma equipa de …

Morreu Kobe Bryant, uma das maiores estrelas de sempre da NBA

Kobe Bryant, um dos maiores basquetebolistas de sempre, morreu na manhã deste domingo em Calabasas, Califórnia, num desastre de helicóptero. De acordo com a TMZ, Bryant viajava com, pelo menos, três outras pessoas num helicóptero privado, …

Há seis queixas de violência policial por semana

Em Portugal, são apresentadas em média seis queixas semanais por violência policial, escreve o semanário Expresso na sua edição deste fim-de-semana, citando os dados mais recentes da Procuradoria-Geral da República. De acordo com os números, relativos …

CRISPR tornou galinhas resistentes a um vírus comum

A técnica de edição genética CRISPR tem sido usada para tornar as galinhas resistentes a um vírus comum, uma abordagem que poderia aumentar a produção de ovos e de carne em todo o mundo. Mesmo quando …

A Cybertruck de Musk poderá ser "incrivelmente barata" de produzir

A Cybertruck de Elon Musk, CEO da Tesla e da Space X, pode ser "incrivelmente barata" de produzir graças à sua inovadora tecnologia de carroçaria, afirmou um especialista em entrevista à Autoline Network. O engenheiro Sandy …

Novo estudo associa o burnout a uma consequência fatal

Uma nova investigação associa o burnout a um aumento de até 20% no risco de desenvolver fibrilhação auricular, a arritmia crónica mais frequente. O burnout é uma perturbação psicológica causada pelo stress excessivo devido a uma …

Pinto da Costa diz ter total confiança em Sérgio Conceição

O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, garantiu que tem "total confiança nos jogadores e no treinador", Sérgio Conceição, que no sábado colocou o lugar à disposição, de acordo com a newsletter oficial dos …

Isabel dos Santos utilizou três identidades para entrar e sair de Portugal

A empresária angola Isabel dos Santos utilizou três documentos de identificação distintos durante as últimas viagens que fez entre Portugal e o Reino Unido. "Izabel Dosovna Kukanova", "Isabel José dos Santos" e "Santos Isabel" foram as …

Voar nunca foi tão seguro, garante a Estatística

Voar em companhias áreas comerciais nunca foi tão seguro, garante um estudo levado a cabo por um professor do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) que monitoriza o número de mortes de passageiros de todo o …

Coronavírus já provocou 56 mortes. China começa a desenvolver vacina

China começou a desenvolver uma vacina contra o novo coronavírus, que já provocou a morte a 56 pessoas e infetou 1.975 pessoas no país, informa este domingo o jornal oficial do Partido Comunista Chinês (PCC). De …