Novo documentário sobre Maddie. “A única coisa que não aconteceu foi um rapto”, defende Moita Flores

Mario Cruz / Lusa

Kate e Gerry McCann, os pais de Maddie

“Estou convencido de que a única coisa que não aconteceu foi um rapto. Aconteceu outra coisa qualquer”. O depoimento pertence a Moita Flores, antigo inspetor da Polícia Judiciária, pronunciando-se sobre o desaparecimento de Madeleine McCann, no dia 3 de maio de 2007, na praia da Luz, no Algarve.

Segundo avançou o Sapo 24 esta quinta-feira, 12 anos depois e sem que a investigação tenha chegado a qualquer conclusão, o mediático caso da criança britânica desaparecida deu origem, até à data, a dois documentários.

Depois da Netflix, estreia ‘The Madeleine McCann Mystery’ (O mistério de Madeleine McCann) a 26 de maio, às 23:00, no Investigation Discovery, uma data que coincide com o fim de semana em que é assinalado o Dia Internacional das Crianças Desaparecidas.

Na peça, Moita Flores reforçou a sua crença de não ter sido rapto, admitindo poder tratar-se de um “acidente”, um “crime deliberado” e de existir uma “enorme probabilidade” de aquela criança ter “morrido na Praia da Luz”.

Em declarações ao Sapo 24, foi mais longe na leitura que faz do caso que virou assunto mundial. Visualizando na memória o local onde tudo aconteceu, Moita Flores interrogou-se como é que alguém entra pela “porta e sai pela janela, quando a porta está aberta?”. Para o antigo inspetor “é impossível sair por aquela janela quando é feita a reconstrução do desaparecimento. E não há vestígios nenhuns”, referiu.

Revelou que “há um erro tremendo das autoridades portuguesas ao não terem constituído arguidos os pais e o grupo de amigos (oito casais)”. Recordou que foram todos “jantar” e “deixaram as crianças sozinhas”, num “país estranho” e, que, tal abandono, prescreve o “crime de exposição e abandono” (artigo 138 do Código Penal) que “não foi considerado” pelas autoridades nacionais. “Em Inglaterra perderiam as crianças”, assegurou.

“Espanta-me que 12 anos depois e num caso como este, os primeiros a serem investigados, em qualquer caso, são sempre os mais próximos, os pais e o grupo de amigos. No caso concreto, houve diligências para os pais não serem incomodados”, sublinhou ainda.

TP, ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Ainda não vi ou li nenhuma explicação da nossa Polícia Judiciária, a explicar aos Portugueses a razão porque é que só os Pais da criança podiam estar na Capela quando lá se encontrava a Inglesa que foi cremada.
    Bem me lembro de ver e ouvir nas televisões a alertarem que só os pais é que lá podiam estar.
    Revolta-me ler muito recentemente na Imprensa que a nossa Judiciária agora tem um novo suspeito.
    É que se fosse a Polícia Inglesa, não me admiraria, porque nota-se que o que eles pretendem é desacreditar a nossa polícia, que pelo que leio, está muito bem cotada a nível internacional.

    • Hahahaaaaa!…
      Mas agora a PJ tem que “explicar alguma coisa aos portugueses”?!
      Havia de ser bonito…
      Isto não é um realty-show para a tv…
      A PJ não tem nenhum “novo suspeito” e isso foi apenas mais um boato lançado para alimentar o circo do CM/CMTV!…
      A única coisa que a policia inglesa tem feito (além de torrar milhões) é descredibilizar-se a si mesma!!

      • Não é para defender o “circo” CM, mas o novo suspeito veio da Scotland Yard… Sempre que há uma efeméride do caso, eles surgem sempre com “novas” pistas… Parte do segredo e da proteção dada aos pais, vem daí desses senhores ingleses, alguma irmandade secreta, se percebem o que quero dizer, este é o meu palpite. Há que explorar TODAS as hipóteses prováveis.

        • Sim, eu sei.
          O que eu disse é que a PJ não tem nenhum novo suspeito – como de costume, a polícia inglesa é que lança estes “suspeitos” para alimentar as “novelas” nos tabloides como o CM, The Sun, Daily Mail, etc, etc e para entreter tontos!..

  2. “Crença”, “probabilidade”…são estes os adjectivos usados por um ex-Inspector da PJ para incriminar os pais da menina, agora factos que é bom NADA! Eu também teria um bom adjectivo para retratar as investigações da PJ – VERGONHA!!!

    • Os adjectivos não incriminam ninguém e, se todos os envolvidos “fugiram”, não colaboram/respondem à PJ e são protegidos pelas autoridades do seu país – que também não dão informações à PJ, levaram as provas e cujos resultados dos testes desapareceram ou foram “inconclusivos” (e que, recorrentemente, inventam suspeitos); o que queres que a PJ faça??!
      Se as investigações da PJ são uma vergonha, o que dizer das da Scoltand Yard que já torrou mais 15 milhões de libras dos cofres de sua majestade, e cujo resultado foi ZERO!!

    • O Eu! falou bem.
      Pais que bloqueiam investigações, que nem se quer se deram ao trabalho de ajudar a polícia nas encenações do crime, já os torna extremamente suspeitos de alguma coisa…
      Não se esqueçam, a Verdade nunca receia investigação.

RESPONDER

Investigadores descobrem esqueletos adolescentes do século V. Um dos cientistas é português

Um grupo de investigadores, do qual também faz parte o português Daniel Fernandes, descobriu três esqueletos do período das migrações bárbaras numa vala em Osijek, na Croácia. "Deformação craniana e diversidade genética em três indivíduos masculinos …

Tesla está a alugar painéis solares por 45 euros por mês

Comprar painéis solares pode ser um investimento dispendioso para muitos. De maneira a oferecer uma solução mais económica aos seus clientes, a Tesla está a alugar a tecnologia por apenas 45 euros por mês. A SolarCity, …

Rui Fonte regressa ao Sporting de Braga e assina por três épocas

O Sporting de Braga, da I Liga de futebol, oficializou ontem a contratação do avançado Rui Fonte, um regresso ao clube, por três temporadas. O jogador, de 29 anos, chega dos ingleses do Fulham, que, …

YouTube remove vídeos de luta entre robôs por violarem políticas contra crueldade animal

O YouTube removeu na segunda-feira vídeos de robôs a lutar entre si da sua plataforma, justificando que estes violavam as políticas de exibição contra crueldade com animais. Depois do sucedido, a empresa informou que os …

Há uma piscina natural no meio do deserto mais quente do mundo

https://vimeo.com/355369476 Um casal a viajar pela Etiópia aventurou-se no deserto e experimentou nadar numa piscina natural num dos lugares mais quentes do planeta. A neozelandesa Bridget Thackwray e o namorado, Topher Richwhite formam a Expedition Earth, a …

The Rock é o ator mais bem pago do mundo

A revista Forbes revelou esta quarta-feira a sua lista anual dos atores mais bem pagos do mundo. O primeiro lugar é ocupado por um repetente. Dwayne "The Rock" Johnson voltou a ser o ator mais bem …

Albânia demoliu restaurante do homem que perseguiu turistas no capô do carro

O dono de um restaurante ilegal na Albânia meteu-se em sérios apuros depois de ter perseguido uma família de turistas espanhóis, colocando-se no capô do carro onde seguiam e partindo o pára-brisas. O restaurante que …

Sensores de radiação da Rússia desligaram-se misteriosamente após recente explosão nuclear

Nas semanas após um acidente nuclear fatal num campo de tiro de armas navais em Nyonoksa, quatro sensores de partículas radioativas que enviavam dados do território russo para uma rede de monitorização internacional desligaram-se misteriosamente. As …

Zumba. O negócio milionário que começou com uma distracção de um colombiano

Foi uma distracção que levou o bailarino colombiano Beto Pérez a criar a zumba e a construir um dos negócios actuais com mais sucesso em todo o mundo, avaliado em mais de 450 milhões de …

Ligações a Jeffrey Epstein abalam um dos mais prestigiados laboratórios de tecnologia do mundo

O MIT Media Lab junta áreas que vão do design à robótica e é responsável pelas mais vanguardistas inovações do Massachusetts Institute of Technology, uma das mais reputadas universidades do mundo na área da tecnologia. Agora, …