União Europeia pode voltar a fechar fronteiras. Alemanha defende que reforço de medidas “é inevitável”

O El País avança, esta quinta-feira, que a covid-19 está a ameaçar, novamente, a integridade do espaço Schengen. Os parceiros da União Europeia (UE) realizam hoje uma cimeira virtual para analisar a situação pandémica e um novo encerramento das fronteiras internas pode estar em cima da mesa.

O aumento de casos de covid-19 pela Europa pode levar a um novo encerramento das fronteiras da União Europeia, escreve o El País esta quinta-feira.

Apesar de a Comissão Europeia defender que um fecho quase total das fronteiras, como aconteceu em março do ano passado, é desproporcional, há Estados-membros que acreditam que se deve limitar as deslocações transfronteiriças para controlar a propagação das novas variantes do vírus – nomeadamente, a variante britânica, que já foi detetada em vários países.

“Talvez tenhamos de tomar novas medidas para limitar a mobilidade dentro da União Europeia”, disse uma fonte diplomática, citada pelo diário espanhol.

O governo alemão, por exemplo, já distribuiu um documento não oficial, a que o El País teve acesso, no qual sublinha a “necessidade urgente de agir para prevenir ou, pelo menos, retardar a propagação de variantes preocupantes do vírus”.

O texto defende uma rápida alteração da recomendação do Conselho da UE sobre as restrições à liberdade de circulação para incluir a prevalência de novas variantes como um dos critérios para impedir a entrada num território.

O governo alemão argumenta ainda que os países deveriam exigir um teste feito antes da viagem, cumprindo quarentena à chegada caso viajem de locais com alta prevalência destas variantes. Se não for possível fazer-se este controlo, fecham-se as fronteiras do espaço Schengen permitindo só a circulação de trabalhadores, bens e mercadorias.

Esta quarta-feira, a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, alertou que o fecho generalizado das fronteiras teria um duro impacto na economia. “A mensagem é clara: o fecho puro e duro das fronteiras não tem nenhum sentido. E não é tão eficaz como medidas mais específicas.”

De acordo com o matutino, a criação de centros de teste nos postos de fronteira é apontada como uma das possibilidades para tentar manter a fluidez do tráfego, pelo menos dentro da União Europeia.

A UE conseguiu resistir à segunda vaga do vírus sem impor controlos no espaço Schengen, uma medida que permitiu manter a livre circulação de pessoas e mercadorias e o impulso económico das cadeias produtivas transfronteiriças. No entanto, o cenário desta terceira vaga é muito preocupante em muitos países e a cimeira desta quinta-feira pode marcar o ponto de viragem.

Alemanha avisa que pode voltar a fechar fronteiras

Esta quinta-feira de manhã, Helge Braun, porta-voz do governo alemão, disse em declarações ao canal estatal ARD que era importante conseguir controlar os níveis de infeções, para que os países se possam proteger de novas variantes mais transmissíveis do vírus.

“O perigo é quando as infeções aumentam num país, essa mutação torna-se numa variante maioritária e, depois, já não é possível controlar a infeção. Portanto, a intensificação das medidas nas nossas fronteiras internas é inevitável, e como ninguém quer isso, é importante que atuemos em conjunto agora”, afirmou.

De acordo com os dados divulgados pelo Instituto Robert Koch (RKI), a Alemanha registou, na quarta-feira, 1.148 óbitos e 15.974 novos casos de covid-19.

Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Checkmate". Rússia apresenta o seu novo jacto de combate revolucionário

O novo jacto é a aposta do governo russo para as exportações e pode vir a ditar o fim da supremacia (aérea e no mercado) do F-35 norte-americano. A Rússia apresentou o protótipo do novo jacto …

"É demasiado tarde". As palavras dos médicos aos doentes com covid-19 que recusaram a vacina

Estados Unidos da América contam com 48.49% da população totalmente vacinada, apesar de o processo ter estagnado nas últimas semanas. Os números de novas infeções crescem, assim como as mortes face ao crescimento galopante da …

"Pingdemic". Há uma nova "pandemia" a causar escassez de comida e combustível no Reino Unido

As medidas de distanciamento social no Reino Unido caíram e, como consequência, centenas de milhares de pessoas estão a ser notificadas para cumprir isolamento. A partir desta segunda-feira o uso de máscara e outras medidas de …

O lago mais improvável de Roma é um refúgio urbano (que impulsiona o ativismo ambiental)

O lago mais improvável de Roma, que nem sequer devia existir, motivou uma luta pela proteção ambiental do local. No anos 90, num local de construção a apenas alguns quilómetros a leste do Coliseu de Roma, …

Afeganistão. EUA lançam ataques aéreos enquanto Talibãs exigem a renúncia do Presidente

Os Estados Unidos (EUA) entraram num confronto pela cidade de Kandahar, realizando ataques aéreos em apoio às forças afegãs, enquanto os Talibãs apelam ao Presidente Ashraf Ghani para renunciar. O porta-voz do Pentágono, John Kirby, avançou …

A primeira casa impressa em 3D no Canadá é inspirada na sequência de Fibonacci

Depois de ter inspirado inúmeros edifícios, a sequência de Fibonacci serviu de musa à empresa de impressão em 3D Twente Additive Manufacturing (TAM), que criou a primeira casa impressa em 3D do Canadá. A Fibonacci House é …

Marcha do Orgulho de Budapeste será um protesto contra as leis anti-LGBTQI, diz organização

A marcha do Orgulho em Budapeste, que ocorrerá no sábado, será "uma celebração, mas também um protesto", disseram os organizadores, enquanto a comunidade LGBTQI húngara se prepara para desafiar a escalada da campanha anti-homossexual do …

PSD propõe máximo de 215 deputados e divisão de grandes círculos eleitorais

O PSD apresentou, esta sexta-feira, a sua proposta para a reforma do sistema eleitoral, que fixa um máximo de 215 deputados, menos 15 do que o total atualmente em vigor. A proposta do PSD para a …

Variante Lambda: o que saber sobre a nova mutação que preocupa as autoridades

Está a ter um foco mais circunscrito à América Latina, mas já houve dois casos desta mutação em Portugal. A OMS está atenta e de momento classifica a Lambda como uma variante de interesse. Foi inicialmente …

PSD força audição de Eduardo Cabrita sobre inquérito da IGAI

O PSD recorreu à figura da audição potestativa a que os partidos têm direito a usar regimentalmente para ouvir membros do Governo e entidades públicas.  O PSD requereu esta sexta-feira a audição parlamentar obrigatória do ministro …