Um novo Oumuamua pode ter acabado de entrar no Sistema Solar (e está a caminho de Marte)

ESA / M. Kornmesser / European Southern Observatory

Impressão de artista do primeiro asteróide interestelar: Oumuamua.

Os astrónomos terão encontrado um segundo objeto de outro sistema solar que agora entrou no nosso. O objeto pode mesmo passar por Marte este ano – mas ainda está longe.

O palpite dos cientistas é forte, mas ainda não é certo: agora, as hipóteses são muito maiores de que o objeto, conhecido como cometa “C/2019 Q4 (Borisov)”, seja interestelar, e não uma rocha de dentro do sistema solar. O primeiro objeto interestelar já detetado – a misteriosa e controversa rocha espacial em forma de charuto Oumuamua – passou através do nosso Sistema Solar em 2017.

O astrónomo ucraniano amador Gennady Borisov pode ter sido o primeiro a detectar o C / 2019 Q4 no céu em 30 de agosto. Os astrónomos têm recolhido dados na esperança de traçar o caminho do objeto através do espaço e descobrir de onde veio. “É tão emocionante que estamos basicamente a desviar o olhar de todos os nossos outros projetos de momento”, disse Olivier Hainaut, astrónomo do Observatório Europeu do Sul, ao Business Insider.

“A principal diferença entre o Oumuamua e esta é que temos muito, muito tempo de antecedência”, acrescentou. “Agora os astrónomos estão muito mais preparados.”

As primeiras imagens sugerem que o C / 2019 Q4 é seguido por uma pequena cauda ou halo de poeira. Essa é uma característica distinta dos cometas – contêm gelo que é aquecido por estrelas próximas, o que os leva a atirar gás e areia para o espaço. A poeira poderia tornar o C / 2019 Q4 mais simples de monitorizar do que Oumuamua, já que a poeira reflete a luz solar.

Isto também poderia permitir que os cientistas estudem mais facilmente a composição do objeto, uma vez que os instrumentos do telescópio podem “provar” a luz para procurar assinaturas químicas. “Aqui temos algo que nasceu em torno de outra estrela e viajou na nossa direção”, disse Hainaut.

Astrónomos de todo o mundo estão a pegar em todos os telescópios disponíveis para traçar o caminho do C / 2019 Q4 no espaço. O objetivo é ver se o objeto tem uma órbita elíptica (em forma oval e ao redor do Sol) ou hiperbólica (em forma de marca de seleção e em uma trajetória aberta). Parece muito mais provável que o caminho seja hiperbólico, embora os astrónomos ainda não tenham a certeza. Em particular, estão a tentar verificar a excentricidade do C / 2019 Q4 ou quão extrema é sua órbita.

A velocidade aparentemente alta do objeto e do seu manto de poeira semelhante a um cometa também inclinam a balança para a probabilidade de ser interestelar, acrescentou Hainaut. “Pode demorar alguns dias ou semanas até termos dados suficientes para dizer definitivamente”.

Quando Oumuamua passou a correr pela Terra a uma distância de apenas 24 milhões de quilómetros em outubro de 2017, os astrónomos não tinham ideia de que estava a chegar. Se for interestelar, o C / 2019 Q4 chegará ao ponto mais próximo do Sol no final de dezembro e os cientistas deverão poder observá-lo até janeiro de 2021.

A importância do primeiro Oumuamua reside no facto de ser o primeiro asteróide detetado que não vem do Sistema Solar. A natureza do “Mensageiro das Estrelas” está rodeado de mistérios desde o dia em que foi descoberto por astrónomos da Universidade do Hawai, em outubro de 2017.

Depois de constatar mudanças na velocidade do seu movimento, o Centro de Astrofísica Harvard-Smithsonian sugeriu que o asteróide poderia ser uma “sonda” enviada à Terra intencionalmente por uma “civilização alienígena”.

No último ano, o mundo da astronomia debruçou-se no estudo do corpo celeste e as mais várias teorias já foram apresentadas em artigos científicos: desde o seu passado violento, passando pela possibilidade de ser um sistema binário, e até o provável local de onde veio o Oumuamua.

Recentemente, investigadores da Universidade de Harvard sugeriram que milhares de objetos semelhantes ao Oumuamua podem estar presos no Sistema Solar.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Cientista descobre espécie extinta de ganso através de uma pintura egípcia

Uma famosa pintura que estava originalmente no túmulo do príncipe egípcio Nefermaat levou um cientista a descobrir uma espécie de ganso já extinta. A cena "gansos de Meidum", originalmente pintada no túmulo do príncipe Nefermaat, encontra-se …

Físico cria algoritmo de IA que pode provar que a realidade é uma simulação

Hong Qin, do Laboratório de Física de Plasma de Princeton (PPPL) do Departamento de Energia dos EUA, criou um algoritmo de Inteligência Artificial que pode provar que a realidade é, na verdade, uma simulação. O algoritmo …

Quase 10 anos depois, avião de Gaddafi continua parado num aeródromo em França

Quase uma década depois de ter aterrado em solo francês, o avião presidencial do ex-ditador líbio continua parado num aeródromo no sul do país, estando no meio de vários processos judiciais que parecem não ter …

Governo recebeu 1.600 ideias para a bazuca. Costa agradece mobilização

Durante a fase de discussão pública, o Plano de Recuperação e Resiliência recebeu mais de 1.600 contribuições e mais de 65 mil consultas. O primeiro-ministro António Costa disse que, durante a fase de discussão pública, …

"Honjok" é o nome do movimento sul-coreano que reivindica a solidão

A solidão tornou-se um tema recorrente devido à pandemia de covid-19. Na Coreia do Sul, existe um movimento chamado "honjok", que promove um estilo de vida solitário. O isolamento imposto pela pandemia de covid-19 está a …

Do subsolo sírio à nomeação ao Óscar: hospitais em tempos de guerra numa "era de impunidade"

The Cave é o nome de uma produção que esteve nomeada para o Óscar de Melhor Documentário de 2020. É também o lugar onde hospitais sírios se escondem para salvar vidas longe de bombardeamentos e …

Patrícia Mamona sagra-se campeã no triplo salto em pista coberta

Esta tarde, Patrícia Mamona tornou-se a terceira atleta portuguesa a garantir a medalha de ouro para Portugal no Campeonato da Europa em pista coberta. A portuguesa Patrícia Mamona conquistou, este domingo, a medalha de ouro na …

Dias de aulas mais longos, férias mais curtas e cinco períodos. Em Inglaterra, já se equacionam formas de recuperar o tempo perdido

Há três medidas em cima de mesa que podem vir a ser adotadas para combater os atrasos na aprendizagem dos alunos. Na Inglaterra, as escolas reabrem para aulas presenciais esta segunda-feira, mas já se pensa …

Índia abre centro de bem-estar para hóspedes abraçarem vacas e "esquecerem todos os problemas"

Animais de conforto e apoio emocional são cada vez mais populares em todo o mundo. Embora a maioria das pessoas use cães ou gatos, há também algumas escolhas mais bizarras, incluindo pavões, macacos e cobras. Os …

Abel Ferreira tentou levar jogador do Benfica para o Palmeiras

O treinador português Abel Ferreira, no comando técnico dos brasileiros do Palmeiras, pediu a contratação de Franco Cervi, que alinha pelo Benfica, mas acabou por ver a sua proposta recusada pelo jogador argentino. A notícia …