Twitter não descarta suspender conta de Donald Trump

Yuri Gripas / EPA POOL

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

Um alto responsável da plataforma digital Twitter não excluiu a suspensão da conta da Donald Trump caso o Presidente norte-americano prossiga a publicação de mensagens incendiárias que transgridam as regras daquela rede social.

Com 81,7 milhões de subscritores, a conta @realDonaldTrump inclui-se entre as dez mais seguidas no Twitter. Mas o dirigente norte-americano está em conflito com a rede social, que assinalou dois dos seus tweets sobre o voto por correspondência e colocou a menção “verificar os factos”.

De seguida, o Twitter retirou uma mensagem do Presidente norte-americano por violação das regras da rede social por “apologia da violência”.

“Quando começam as pilhagens, começam os tiros”, declarou Donald Trump num tweet divulgado no contexto dos confrontos entre manifestantes e a polícia que eclodiram em dezenas de cidades norte-americanas após a morte, em 25 de maio, do afro-americano George Floyd, 46 anos, asfixiado em Minneapolis por um polícia branco.

O diretor de estratégia política pública do Twitter, Nick Pickles, declarou esta quinta-feira durante uma audição parlamentar no Reino Unido, que os tweets de Donald Trump são examinados da mesma forma que os provenientes de outras contas verificadas.

“Cada vez que o tweet de um utilizador é publicado e nos é assinalado, examinamo-lo de acordo com as nossas regras”, declarou Pickles no decurso de uma audição virtual no comité parlamentar responsável pelo numérico. “Se um utilizador no Twitter continuar a infringir as nossas regras, continuaremos a manter as discussões sobre todas as possibilidades que se nos oferecem”, acrescentou.

Os deputados perguntaram por duas vezes a Pickles se isso significava que a conta do Presidente norte-americano poderia ser suspensa caso prossiga a violação das regras. “Cada conta Twitter está submetida às regras do Twitter”, respondeu.

A Snapchat, uma rede social muito utilizada por jovens, juntou-se ao Twitter ao anunciar na quarta-feira que vai deixar de promover as mensagens do Presidente norte-americano para atenuar o eco das mensagens que “incitam à violência racial”.

Pelo contrário, o Facebook, a primeira rede social do mundo, decidiu não assinalar ou censurar de qualquer forma as mensagens do Presidente dos Estados Unidos, suscitando o descontentamento de diversos trabalhadores da plataforma e que participaram numa greve em linha. Entretanto, dois engenheiros apresentaram a demissão na sequência da inação da rede social perante as últimas publicações de Donald Trump.

A guerra aberta levou Donald Trump a admitir mesmo fechar o Twitter, assinando depois um decreto que pede a revisão da proteção legal das redes sociais.

ZAP // Lusa

 

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Um louco que irrompe pelo meio de uma manifestação pacífica só para ir para frente de uma igreja com uma Bíblia na mão para a fotografia, nem devia andar à solta, quanto mais!..

RESPONDER

O buraco negro mais faminto do Universo engole por dia uma massa equivalente à do Sol

No centro do quasar mais brilhante já descoberto "mora" um dos maiores buracos negros que é também o mais "faminto" de todo o Universo: por dia, engole o equivalente à massa do nosso Sol. As …

Cientistas investigam estranho gelo cor-de-rosa num glaciar dos Alpes italianos

Uma equipa de cientistas anunciou esta segunda-feira estar a tentar averiguar a origem de gelo cor-de-rosa num glaciar nos Alpes italianos. O fenómeno deverá ser provocada por algas que aceleram os efeitos das mudanças climáticas. A origem …

Especialistas de 32 países alertam OMS: covid-19 também se transmite pelo ar

Numa carta aberta à Organização Mundial de Saúde, 239 cientistas pedem que a organização reveja as recomendações que tem emitido, alertando para o facto de a covid-19 poder transmitir-se pelo ar. Numa carta dirigida à Organização …

Moreirense 0-0 Sporting | Nulo em jogo de pólvora seca

A 30ª jornada fechou no Minho com um nulo entre Moreirense e Sporting, que continua sem derrotas sob o comando de Rúben Amorim. A formação leonina poderia muito bem ter vencido em Moreira de Cónegos, pois …

Armazém flutuante. A China está a guardar petróleo no mar (e já se sabe porquê)

A China está a guardar uma quantidade épica de petróleo no mar. De acordo com a CNN, o país comprou tanto petróleo estrangeiro a preços baratos que formou um congestionamento maciço de navios-tanque no mar, …

Peregrinos em Meca proibidos de tocar ou beijar a Caaba por causa da covid-19

Os muçulmanos que vão participar na peregrinação a Meca não poderão tocar ou beijar a Caaba nem a "pedra negra", presentes na Grande Mesquita, local considerado como um dos mais sagrados pelo Islão, informaram as …

Países Baixos continuam a abater milhares de martas. 20 quintas afetadas pela pandemia

Esta segunda-feira, as autoridades holandesas abateram milhares de martas em mais duas fazendas onde foram detetados surtos de covid-19. Esta segunda-feira, as autoridades abateram milhares de martas em mais duas fazendas, sendo agora 20 as quintas …

Cientistas criam robô para fazer testes à covid-19 (e proteger os profissionais de saúde)

O Korea Institute of Machinery & Materials (KIMM) desenvolveu um novo robô de coleta remota de amostras que elimina o contacto direto entre os profissionais de saúde e os pacientes, potencialmente infetados com o novo …

"Não use desodorizante". A peculiar estratégia de Berlim para promover o uso de máscaras nos transportes públicos

"Não use desodorizante". Esta é a peculiar campanha adotada pela empresa que controla os transportes públicos em Berlim, na Alemanha, para promover o uso correto de máscaras, evitando assim novos casos de covid-19.  Tal como escreve …

Vírus pode ter estado adormecido antes de surgir na China, diz investigador de Oxford

O novo coronavírus pode ter estado adormecido algures no mundo antes de ter surgido na China, defendeu o investigador da Universidade de Oxford, Tom Jefferson, apontando para várias descobertas de amostras do vírus em Espanha, …