“Não consigo respirar”. Protestos nos EUA pela morte de homem negro às mãos da polícia

Craig Lassig / EPA

Protestos em Minneapolis, no Minnesota, Estados Unidos, contra a morte de George Floyd

Milhares de pessoas protestaram, esta terça-feira à noite, em Minneapolis, cidade no estado norte-americano do Minnesota, contra a morte de George Floyd, um homem negro que acabou por falecer depois de um episódio com a polícia.

O jornal ABC, que cita o local The Star Tribune, adianta que o protesto começou onde ocorreu a morte de George Floyd e terminou em frente a uma esquadra da polícia, onde agentes acabaram por lançar gás lacrimogéneo e balas de borracha após alguns distúrbios.

A morte de Floyd, de 40 anos, está a causar uma onda de indignação, depois da divulgação de vídeos que mostram um agente da polícia ajoelhado em cima do seu pescoço e no qual se ouve o afro-americano a dizer “não consigo respirar” e “não me matem”.

Segundo a BBC, após tentar falar com o polícia, o homem fica imobilizado e parece deixar de se mexer, tendo sido depois colocado numa maca e levado para uma ambulância.

Em comunicado, a polícia local, que disse ter sido chamada por causa de um cidadão que estava a tentar usar dinheiro falso numa loja de conveniência, afirmou que Floyd morreu “depois de um incidente médico durante uma interação policial”.

A mesma nota explica que dois agentes da polícia localizaram o suspeito num veículo, acrescentando que, ao pedir-lhe para que saísse do mesmo, este decidiu resistir às autoridades.

“Os polícias conseguiram algemar o suspeito e notaram que este parecia estar a sofrer algum problema médico”, lê-se no mesmo comunicado, citado pela emissora britânica.

A polícia disse que não foi usada nenhuma arma durante este episódio e iniciou uma investigação para apurar este incidente, ao qual já se juntou o FBI. As imagens captadas no local foram enviadas para o Departamento de Execução Penal do Minnesota, que também já abriu um processo.

 

“Não consigo respirar”

A frase “não consigo respirar” relembra a morte de Eric Garner, em 2014, em Nova Iorque. O homem negro repetiu estas mesmas palavras 11 vezes após ser detido e antes de morrer. Agora, a expressão tornou-se um grito de guerra entre os ativistas que lutam contra a violência policial para com a comunidade afro-americana.

Esta mesma frase foi ouvida, esta terça-feira, durante os protestos em Minneapolis. A congressista democrata Ilhan Omar, que representa a cidade na Câmara dos Representantes, afirmou que o que se passou ontem “é vergonhoso”.

“Disparar balas de borracha e gás lacrimogéneo entre os manifestantes desarmados, quando há crianças presentes, não deveria ser tolerado. Nunca”, afirmou.

Entretanto, o autarca de Minneapolis, Jacob Frey, anunciou que quatro agentes do departamento da polícia da cidade envolvidos na morte de Floyd foram demitidos. Numa conferência de imprensa, o governante descreveu este incidente como “completa e absolutamente desastroso”.

“Acredito no que vi e o que vi está errado a todos os níveis. Ser negro nos Estados Unidos não deveria ser uma sentença de morte“, lamentou.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Estes polícias na terra dos ”Camones” são assassinos legalizados.Depois lamentam-se se os negros retaliarem.

    • O problema é que por cá estamos a ir pelo mesmo caminho. E isto porque a justiça não funciona. Nas últimas duas a três semanas vi imensas situações de gangues, crime organizado, desrespeito total pela sociedade e pelas forças de autoridade, agressão a polícias e aparentemente tudo impune. Depois queixem-se que o Chega suba nas sondagens e que a polícias se torne cada vez mais violenta.
      Os nossos tribunais são uma treta. Uma autêntica fantochada. E muitos juízes deveriam ser investigados pelo ministério público. O Rangel é a ponta de um grande iceberg.

  2. Que há muito mal há e o nosso país está cada vez mais a dar provas disso mesmo, havendo por aí grupos que imaginam que tudo isto é seu, mas perante tal situação com o homem já dominado e com vários polícias ao lado, não havia necessidade de chegar a um extremo destes.

RESPONDER

Não são só os humanos. Até os cães-guia podem vir a ser substituídos por robôs

A tecnologia de Inteligência Artificial (IA) não ameaça apenas automatizar o trabalho dos humanos. Os cães-guia, que ajudam pessoas com deficiência visual a navegar com segurança pelo mundo, podem ser os seus próximos alvos. Uma equipa …

Laboratório investigado em Madrid depois de vídeo mostrar maus tratos a animais

Um laboratório em Madrid, Espanha, está a ser investigado por alegados maus tratos a animais, depois de uma inspeção confirmar as suspeitas de abuso filmadas por um antigo funcionário. O vídeo divulgado pela Cruelty Free International …

Equipa realiza primeiro transplante de traqueia do mundo. Pode reverter danos causados pela covid-19

Uma equipa de cirurgiões realizou o primeiro transplante de traqueia humana do mundo. A cirurgia foi feita numa mulher com graves danos no órgão, revelou o Hospital Mount Sinai, em Nova Iorque. A recetora do transplante …

Em 2020, os mais velhos renderam-se aos "animais de estimação pandémicos"

Uma nova investigação revelou que as famílias com crianças não foram as únicas a aderir à tendência dos "animais de estimação pandémicos" em 2020. Os mais velhos também não resistiram. Segundo a National Poll on Healthy …

Tramado por uma turfeira. Homem confessa assassinato, mas corpo encontrado tinha 1600 anos

O que tinha tudo para ser um casamento feliz, acabou em tragédia. Num estranho caso em que uma simples planta ditou o desfecho de uma investigação criminal. Em 1959, a retratista e entusiasta de viagens Malika …

"Projeto Bernanke". Google terá usado programa secreto para dar vantagem ao seu sistema de anúncios

A Google terá usado durante anos um programa secreto que usava dados de lances anteriores na bolsa de publicidade digital da empresa para dar ao seu próprio sistema de compra de anúncios uma vantagem sobre …

Para "proteger a verdade histórica", Rússia divulga documentos que revelam atrocidades nazis em Stalingrado

O Ministério da Defesa da Rússia divulgou documentos desclassificados que detalham atrocidades cometidas por soldados e oficiais nazis durante a II Guerra Mundial. A divulgação destes documentos, que foram publicados no site do Ministério da Defesa …

Espanha. Funcionários públicos podem trabalhar três dias em casa sem perder direitos

O Governo espanhol e os sindicatos de funcionalismo público chegaram, esta segunda-feira, a um acordo que prevê que os trabalhadores da Administração Pública podem trabalhar três dias por semana em casa com os mesmos direitos …

Rara coleção de um dos primeiros fotógrafos da História vai a leilão nos EUA

Quase 200 imagens de um dos primeiros fotógrafos da história, William Henry Fox Talbot, vão a leilão, em Nova Iorque, já este mês. A coleção de William Henry Fox Talbot será parte do leilão "50 obras-primas …

Em greve de fome, Navalny é ameaçado ser alimentado à força. Ativistas falam em tortura

O opositor russo Alexei Navalny afirmou hoje na rede social Twitter que as autoridades penitenciárias estão a ameaçar alimentá-lo à força para quebrar a greve de fome que mantém na prisão desde 31 de março. “Ele …