“Não consigo respirar”. Protestos nos EUA pela morte de homem negro às mãos da polícia

Craig Lassig / EPA

Protestos em Minneapolis, no Minnesota, Estados Unidos, contra a morte de George Floyd

Milhares de pessoas protestaram, esta terça-feira à noite, em Minneapolis, cidade no estado norte-americano do Minnesota, contra a morte de George Floyd, um homem negro que acabou por falecer depois de um episódio com a polícia.

O jornal ABC, que cita o local The Star Tribune, adianta que o protesto começou onde ocorreu a morte de George Floyd e terminou em frente a uma esquadra da polícia, onde agentes acabaram por lançar gás lacrimogéneo e balas de borracha após alguns distúrbios.

A morte de Floyd, de 40 anos, está a causar uma onda de indignação, depois da divulgação de vídeos que mostram um agente da polícia ajoelhado em cima do seu pescoço e no qual se ouve o afro-americano a dizer “não consigo respirar” e “não me matem”.

Segundo a BBC, após tentar falar com o polícia, o homem fica imobilizado e parece deixar de se mexer, tendo sido depois colocado numa maca e levado para uma ambulância.

Em comunicado, a polícia local, que disse ter sido chamada por causa de um cidadão que estava a tentar usar dinheiro falso numa loja de conveniência, afirmou que Floyd morreu “depois de um incidente médico durante uma interação policial”.

A mesma nota explica que dois agentes da polícia localizaram o suspeito num veículo, acrescentando que, ao pedir-lhe para que saísse do mesmo, este decidiu resistir às autoridades.

“Os polícias conseguiram algemar o suspeito e notaram que este parecia estar a sofrer algum problema médico”, lê-se no mesmo comunicado, citado pela emissora britânica.

A polícia disse que não foi usada nenhuma arma durante este episódio e iniciou uma investigação para apurar este incidente, ao qual já se juntou o FBI. As imagens captadas no local foram enviadas para o Departamento de Execução Penal do Minnesota, que também já abriu um processo.

 

“Não consigo respirar”

A frase “não consigo respirar” relembra a morte de Eric Garner, em 2014, em Nova Iorque. O homem negro repetiu estas mesmas palavras 11 vezes após ser detido e antes de morrer. Agora, a expressão tornou-se um grito de guerra entre os ativistas que lutam contra a violência policial para com a comunidade afro-americana.

Esta mesma frase foi ouvida, esta terça-feira, durante os protestos em Minneapolis. A congressista democrata Ilhan Omar, que representa a cidade na Câmara dos Representantes, afirmou que o que se passou ontem “é vergonhoso”.

“Disparar balas de borracha e gás lacrimogéneo entre os manifestantes desarmados, quando há crianças presentes, não deveria ser tolerado. Nunca”, afirmou.

Entretanto, o autarca de Minneapolis, Jacob Frey, anunciou que quatro agentes do departamento da polícia da cidade envolvidos na morte de Floyd foram demitidos. Numa conferência de imprensa, o governante descreveu este incidente como “completa e absolutamente desastroso”.

“Acredito no que vi e o que vi está errado a todos os níveis. Ser negro nos Estados Unidos não deveria ser uma sentença de morte“, lamentou.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Estes polícias na terra dos ”Camones” são assassinos legalizados.Depois lamentam-se se os negros retaliarem.

    • O problema é que por cá estamos a ir pelo mesmo caminho. E isto porque a justiça não funciona. Nas últimas duas a três semanas vi imensas situações de gangues, crime organizado, desrespeito total pela sociedade e pelas forças de autoridade, agressão a polícias e aparentemente tudo impune. Depois queixem-se que o Chega suba nas sondagens e que a polícias se torne cada vez mais violenta.
      Os nossos tribunais são uma treta. Uma autêntica fantochada. E muitos juízes deveriam ser investigados pelo ministério público. O Rangel é a ponta de um grande iceberg.

  2. Que há muito mal há e o nosso país está cada vez mais a dar provas disso mesmo, havendo por aí grupos que imaginam que tudo isto é seu, mas perante tal situação com o homem já dominado e com vários polícias ao lado, não havia necessidade de chegar a um extremo destes.

RESPONDER

Campo magnético da Terra pode mudar 10 vezes mais rápido do que se pensava

As mudanças na direção do campo magnético da Terra podem ocorrer dez vezes mais rápido do que se pensava até então, sugerem novas simulações levadas a cabo por cientistas da Universidade de Leeds (Reino Unido) …

O buraco negro mais faminto do Universo engole por dia uma massa equivalente à do Sol

No centro do quasar mais brilhante já descoberto "mora" um dos maiores buracos negros que é também o mais "faminto" de todo o Universo: por dia, engole o equivalente à massa do nosso Sol. As …

Cientistas investigam estranho gelo cor-de-rosa num glaciar dos Alpes italianos

Uma equipa de cientistas anunciou esta segunda-feira estar a tentar averiguar a origem de gelo cor-de-rosa num glaciar nos Alpes italianos. O fenómeno deverá ser provocada por algas que aceleram os efeitos das mudanças climáticas. A origem …

Especialistas de 32 países alertam OMS: covid-19 também se transmite pelo ar

Numa carta aberta à Organização Mundial de Saúde, 239 cientistas pedem que a organização reveja as recomendações que tem emitido, alertando para o facto de a covid-19 poder transmitir-se pelo ar. Numa carta dirigida à Organização …

Moreirense 0-0 Sporting | Nulo em jogo de pólvora seca

A 30ª jornada fechou no Minho com um nulo entre Moreirense e Sporting, que continua sem derrotas sob o comando de Rúben Amorim. A formação leonina poderia muito bem ter vencido em Moreira de Cónegos, pois …

Armazém flutuante. A China está a guardar petróleo no mar (e já se sabe porquê)

A China está a guardar uma quantidade épica de petróleo no mar. De acordo com a CNN, o país comprou tanto petróleo estrangeiro a preços baratos que formou um congestionamento maciço de navios-tanque no mar, …

Peregrinos em Meca proibidos de tocar ou beijar a Caaba por causa da covid-19

Os muçulmanos que vão participar na peregrinação a Meca não poderão tocar ou beijar a Caaba nem a "pedra negra", presentes na Grande Mesquita, local considerado como um dos mais sagrados pelo Islão, informaram as …

Países Baixos continuam a abater milhares de martas. 20 quintas afetadas pela pandemia

Esta segunda-feira, as autoridades holandesas abateram milhares de martas em mais duas fazendas onde foram detetados surtos de covid-19. Esta segunda-feira, as autoridades abateram milhares de martas em mais duas fazendas, sendo agora 20 as quintas …

Cientistas criam robô para fazer testes à covid-19 (e proteger os profissionais de saúde)

O Korea Institute of Machinery & Materials (KIMM) desenvolveu um novo robô de coleta remota de amostras que elimina o contacto direto entre os profissionais de saúde e os pacientes, potencialmente infetados com o novo …

"Não use desodorizante". A peculiar estratégia de Berlim para promover o uso de máscaras nos transportes públicos

"Não use desodorizante". Esta é a peculiar campanha adotada pela empresa que controla os transportes públicos em Berlim, na Alemanha, para promover o uso correto de máscaras, evitando assim novos casos de covid-19.  Tal como escreve …