/

Dez dias depois, Turquia controla incêndio em Antalya que causou sete mortes

1

Erdem Sahin / EPA

Dez dias depois de ter deflagrado, o incêndio em Antalaya está controlado. Sete pessoas perderam a vida nos primeiros dias, incluindo dois bombeiros, cujo veículo foi cercado por chamas.

As autoridades turcas conseguiram esta sexta-feira, após 10 dias de combate às chamas, controlar o incêndio em Manavgat, um dos maiores focos que estão a assolar o sul da Turquia e que provocou sete das oito mortes registadas até agora.

“Os incêndios de Manavgat e Gündogmus [na província da Antalya] estão sob controlo. Os trabalhos de consolidação continuam. Dou os parabéns aos heróis da floresta que lutaram durante vários dias com grandes sacrifícios”, escreveu o ministro das Florestas e Agricultura turco, Bekir Pakdemirli, no Twitter.

No incêndio de Manavgat, a cerca de 60 quilómetros da capital da província de Antalya, um popular destino turístico na costa mediterrânea, sete pessoas perderam a vida nos primeiros dias, incluindo dois bombeiros, cujo veículo foi cercado por chamas.

A oitava pessoa morreu enquanto fazia trabalho voluntário na província de Mugla, na costa do Mar Egeu, onde ainda existem sete focos ativos, segundo dados oficiais divulgados esta sexta-feira.

O Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, disse esta sexta-feira à imprensa, que nos últimos dez dias, ocorreram 208 focos de incêndio no país, dos quais 196 já foram extintos, tendo prometido plantar 252 milhões de árvores até o final do ano para reflorestar as áreas queimadas.

A onda de calor que dura há vários dias em algumas partes da Europa provocou vários incêndios em países como a Grécia e a Turquia, onde as temperaturas têm superado os 40ºC. Portugal pode ser atingido por esta onda de calor daqui a duas semanas.

  // Lusa

1 Comment

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE