Tudo pronto para Marcelo anunciar recandidatura. Mas recolha de assinaturas está a ser dificultada

Paulo Novais / Lusa

Marcelo Rebelo de Sousa já tem o discurso escrito e o local escolhido, mas é improvável que o anúncio da recandidatura avance esta semana.

De acordo com o Público, Marcelo Rebelo de Sousa está preparado para apresentar a sua recandidatura e está tudo a postos para que seja já no domingo em Cascais, se assim o decidir. No entanto, o calendário não aponta para esta semana, altura marcada pela renovação do estado de emergência e pela apresentação do plano de vacinação.

Já há um núcleo a trabalhar no processo de recolher as 7.500 assinaturas que tem de entregar no Tribunal Constitucional até dia 24 de dezembro, mas o processo está a ser dificultado pelas restrições pandémicas e pelo facto de estar tudo a ser feito “por baixo da mesa”, uma vez que a decisão ainda não foi oficializada.

O Público escreve que, nesta fase de preparação da recandidatura, fazem parte José Matos Rosa, secretário-geral do PSD na liderança de Passos Coelho, Miguel Pinto Luz, vice-presidente da Câmara de Cascais, João Silveira Botelho, atual vice-presidente da Fundação Champalimaud e antigo membro do conselho de jurisdição do PSD, e os consultores Rodrigo Moita de Deus e Carlos Lopes.

O aparelho do PSD só vai começar a colaborar na candidatura quando esta for oficial. Em 2015, a recolha de 15 mil assinaturas demorou cerca de dois meses, mas, agora, sem os tradicionais jantares das distritais e concelhias e com as reuniões dos partidos a decorrer sobretudo via online, o processo torna-se mais difícil.

O local do anúncio deverá ser Cascais, segundo o diário, ainda que Celorico de Basto, onde tem raízes familiares, não tenha sido completamente descartado.

Na sexta-feira passada, Marcelo admitiu ao Público que não se trata de decidir, mas de escolher o momento certo para anunciar a recandidatura. “Neste momento, continuo a considerar que é mais importante ser Presidente da República só do que ser Presidente e candidato presidencial. Há decisões que têm de ser tomadas pelo Presidente da República, como o estado de emergência, que não devem ser confundidas com as dos candidatos presidenciais.”

A campanha eleitoral começa a 10 de janeiro e decorre até sexta-feira, dia 22. As eleições estão marcadas para 24 de janeiro de 2021.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Pela primeira vez, um restaurante vegan ganha uma estrela Michelin em França

Um restaurante de comida totalmente vegan em França foi o primeiro do país a receber a desejada estrela Michelin. Localiza-se perto de Bordéus. A concessão da estrela ao ONA (Origine Non-Animale) é mais uma evidência de …

Onze mineiros resgatados com vida de uma mina de ouro na China

Onze mineiros presos há duas semanas dentro de uma mina de ouro na China, devido a uma explosão, foram hoje trazidos em segurança para a superfície, informou a televisão estatal chinesa. No dia 10 de janeiro, …

Multimilionário oferece 1 milhão em prémios por evidências de vida após a morte

Um empresário de Las Vegas, nos Estados Unidos, está a oferecer um milhão de dólares em prémios em troca de evidências de que existe vida após a morte. O investidor imobiliário e empresário espacial Robert Bigelow, …

Marcelo reeleito com 55% a 62% dos votos. Ana Gomes em segundo lugar

Marcelo Rebelo de Sousa foi reeleito para um segundo mandato como Presidente da República, após vencer as eleições deste domingo com 55% a 62% dos votos.  Segundo as primeiras projeções, Ana Gomes deverá ficar em …

Itália vai processar Pfizer e AstraZeneca devido a atrasos nas vacinas. UE pede "transparência"

A Itália vai processar a Pfizer Inc e a AstraZeneca devido aos atrasos na entrega das vacinas contra a covid-19 e para garantir os fornecimentos – não para obter compensações, disse neste domingo o ministro …

Declínio cognitivo relacionado com a idade pode ser reversível

Cientistas conseguiram reverter em ratos o declínio cognitivo causado pelo envelhecimento. O objetivo dos investigadores é que as farmacêuticas baseiem-se neste estudo para criar um composto que possa ser administrado em humanos. As células específicas do …

Afluência às urnas é menor (mas há mais votantes). Abstenção deverá ficar entre os 56 e 60%

A afluência às urnas às 16:00 nas presidenciais de hoje em Portugal, 35,4%, é a segunda mais baixa desde as eleições de 2006, ano em que este número passou a ser divulgado pela administração eleitoral. Esta …

Reino Unido já vacinou quase 6 milhões. Alemanha aumenta controlo nas fronteiras

O Reino Unido já administrou a primeira das duas doses da vacina contra o novo coronavírus em cerca de seis milhões de pessoas, quando o número de mortes no país devido à pandemia está perto …

Polícia desmantela rede de tráfico internacional de armas (e descobre santuário dedicado a Hitler)

Em dezembro, as autoridades espanholas conseguiram desmantelar uma rede ilegal de armas que operava em toda a Europa, e acabou por capturar os traficantes. O que a polícia não esperava era encontrar um armazém cheio …

Diminuição da esperança média de vida é "consequência inevitável" da pandemia

A esperança média de vida em Portugal vai necessariamente diminuir em consequência da pandemia de covid-19, defendeu um especialista, explicando que isso decorre do efeito combinado da morte de idosos, mas também de jovens em …