Trump testa negativo à covid-19 e já realizou um comício. Sente-se capaz de “beijar homens e mulheres bonitas”

O Presidente dos Estados Unidos regressou, na segunda-feira, aos comícios, horas depois do anúncio de que testou negativo à covid-19, afirmando que se sente poderoso e capaz de beijar a multidão.

Donald Trump subiu ao palco em Sanford, no estado da Florida, e declarou estar de boa saúde, dizendo que se sentia “poderoso” e suficientemente bem para mergulhar na multidão e “beijar os homens e as mulheres bonitas”.

Segundo a agência de notícias Associated Press, o comício realizou-se sem distanciamento social, e o uso de máscaras não era generalizado entre os milhares de pessoas presentes.

A ação de campanha para as presidenciais de 3 de novembro durou cerca de uma hora.

Testes negativos durante “dias consecutivos”

Sean Conley, médico da Casa Branca, garantiu esta segunda-feira que os testes de deteção do vírus da covid-19 que o Presidente norte-americano fez deram negativo “durante dias consecutivos”.

Segundo a nota divulgada pelo médico, e citada por vários meios de comunicação norte-americanos, Trump “fez vários testes antigénio que deram negativo, e mostraram que o vírus que já não está ativo e capaz de se replicar”.

O médico do chefe de Estado norte-americano também não especificou em que dias foram feitos os exames, mas disse que os testes antigénicos não foram os únicos indicadores que determinaram que Trump já não está infetado. A equipa médica que supervisiona o estado de saúde de Trump garantiu que o Presidente já “não é contagioso”.

Já no domingo Trump tinha dito que estava “imune” à covid-19, um dia depois de o seu médico ter afirmado que já não havia o risco de transmitir o vírus. “Parece que estou imune, por, não sei, talvez por muito tempo, talvez por pouco tempo, talvez para toda a vida. Ninguém sabe realmente, mas estou imune”, afirmou em declarações por telefone à Fox News.

Ataques a Biden continuam

Durante o comício que se realizou ontem na Florida, Donald Trump acusou o seu adversário nas eleições presidenciais, Joe Biden, de ser “socialista”. “O meu adversário quer dar tudo a Cuba, e também quer dar tudo à Nicarágua e à Venezuela”, atirou, apelando aos grupos conservadores da Florida, Estado que conta com uma grande diáspora venezuelana e cubana.

Ainda sobre os países da América Latina, Trump abordou a questão da fronteira, insistindo que o México pagará pela construção de um muro, mas destacou a cooperação do governo mexicano para proteger a fronteira. “Há 27 mil soldados mexicanos a proteger a fronteira. O México está muito bem”, referiu.

Trump esteve afastado da campanha eleitoral durante mais de dez dias, depois de ter testado positivo para o vírus a 2 de outubro.

ZAP ZAP // Lusa

 

PARTILHAR

RESPONDER

O futuro dos 28 arguidos da Operação Marquês já está traçado

O futuro dos 28 arguidos da Operação Marquês, incluindo o do antigo primeiro-ministro José Sócrates e o do banqueiro Ricardo Salgado, está decidido. Uma fonte judicial adiantou ao Expresso que só o juiz Ivo Rosa conhece …

Portugal "não está livre de uma quarta vaga" de contágios quando desconfinar

Na quarta-feira, Graça Freitas admitiu que Portugal pode voltar a enfrentar uma nova vaga da pandemia de covid-19 nos próximos meses. O epidemiologista Manuel Carmo Gomes repete o alerta da diretora-geral da Saúde. Portugal pode enfrentar …

PCP propõe estender moratórias por seis meses. BE quer ouvir Centeno

O PCP quer estender as moratórias bancárias, que vão terminar dentro de algumas semanas, por seis meses. O Bloco de Esquerda entregou um requerimento, com carácter de urgência, para ouvir o Governador do Banco de …

Plano de desconfinamento tem várias velocidades, mas não tem datas

O primeiro esboço do plano de desconfinamento já chegou a São Bento e será apresentado na reunião do Infarmed, marcada para a próxima segunda-feira. A equipa de peritos - liderada por Óscar Felgueiras, da ARS/Norte, e …

Átomo extinto revela segredos da infância do Sistema Solar

Usando o átomo extinto nióbio-92, uma equipa de investigadores da ETH Zurich, na Suíça, conseguiu explicar eventos do início do sistema solar com a maior precisão de sempre. Se um átomo de um elemento químico tiver um …

Marcelo cria nova equipa em Belém para controlar "bazuca" europeia

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, criou uma equipa para manter uma vigilância apertada sobre a gestão do dinheiro que chega da "bazuca" europeia. Marcelo Rebelo de Sousa criou uma nova equipa para a …

Espanha vai proibir viagens durante a Páscoa. França, Hungria e Brasil com novas restrições

Espanha prepara-se para aprovar um plano de desconfinamento para as próximas semanas, particularmente para a Páscoa, que prevê a proibição de viajar entre as suas comunidades autónomas e recolher obrigatório entre as 22h00 e as …

FBI detém funcionário de Donald Trump pela invasão ao Capitólio

O Departamento Federal de Investigação (FBI) deteve na quinta-feira um funcionário do ex-Presidente dos Estados Unidos Donald Trump pela invasão ao Capitólio a 6 de janeiro, noticiaram os media norte-americanos. Trata-se de Federico Klein, um homem …

Bebidas, fatos e centro "fantasma". Presidência portuguesa da UE debaixo de fogo após gastos "incomuns"

A presidência portuguesa do Conselho Europeu está no olho do furacão depois de uma reportagem que evidencia as "despesas incomuns" com bebidas, fatos e um centro de imprensa "fantasma", em contratos que custaram "centenas de …

Padres, provedores e autarcas. MP investiga casos de vacinação indevida

A investigação do Ministério Público (MP) e da Polícia Judiciária (PJ) conta já com 33 casos suspeitos de vacinação indevida, estendendo-se a padres, provedores de misericórdias, administradores hospitalares e autarcas. Desde o início da campanha da …