“Já não somos mais os totós”. Trump faz visita surpresa a tropas norte-americanas no Iraque

Donald Trump e a primeira-dama Melania Trump fizeram esta quarta-feira uma visita surpresa aos militares norte-americanos no Iraque.

O Presidente norte-americano aterrou na quarta-feira na base aérea de al-Asad, no Iraque, na sua primeira visita a tropas norte-americanas no Médio Oriente. A primeira-dama acompanhou o chefe de Estado na deslocação que não constava da agenda presidencial.

A viagem foi anunciada pela porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, no Twitter: “O presidente Trump e a primeira-dama viajaram para o Iraque ao fim da noite de Natal para visitar as nossas tropas e chefias militares para lhes agradecer o seu serviço, o seu sucesso e o seu sacrifício, e desejar-lhes um Feliz Natal“.

As tropas norte-americanas no Iraque têm como principal missão ajudar as forças iraquianas a estabilizar o país após anos de luta contra o auto-proclamado Estado Islâmico. A 31 de outubro, contabilizaram-se 5.200 militares nesta zona.

A visita acontece uma semana depois de Trump ter declarado que o Daesh está derrotado e de ter anunciado a retirada das forças norte-americanas da vizinha Síria, onde os EUA terão cerca de dois mil militares. No dia 24 de dezembro, os EUA assinaram a ordem para a retirada das tropas na Síria, um processo que o Presidente dos EUA quer “lento e altamente coordenado” com a Turquia.

Durante esta visita às tropas no Iraque, Trump defendeu a polémica decisão de retirar as tropas norte-americanas da vizinha Síria, dizendo que não haverá atrasos. “Não se pode ter mais tempo. Já estivemos na Síria tempo suficiente”, disse.

Trump também pretende retirar quase metade dos 14 mil soldados americanos no Afeganistão, que participam da guerra contra os talibãs.

Do Iraque, pelo contrário, Trump não tenciona retirar tropas. “Não há qualquer plano”, disse aos soldados na base de al-Asad, acrescentando que seria a partir daquele país que os EUA responderiam a um eventual recrudescimento do Estado Islâmico: “Se virmos algo a acontecer com o Daesh de que nós não gostamos, podemos atingi-los tão rápida e violentamente que eles nem vão saber o que diabo lhes aconteceu”.

Trump usou a visita para declarar que “os Estados Unidos não podem continuar a ser a polícia do mundo“. Referiu ainda que os EUA têm lutado em guerras de outros países durante muito tempo. “Já não somos mais os totós”, disse.

“Não é justo quando o peso recai todo sobre nós. Não queremos mais ser explorados por países que nos usam e usam os nossos militares incríveis para protegê-los. Eles não pagam por isso e vão ter que pagar”, defendeu. “Estamos espalhados por todo o mundo. Estamos em países dos quais a maioria das pessoas nem ouviu falar. É ridículo”.

A deslocação ao Iraque segue-se à demissão do secretário da Defesa Jim Mattis, que bateu com a porta logo a seguir ao anúncio da retirada da Síria, em desacordo com a política de alianças da Casa Branca. Acontece em pleno shutdown do Governo norte-americano, motivado pelo braço-de-ferro entre a Administração e a oposição democrata em torno do financiamento do muro na fronteira com o México.

Viagens presidenciais para levantar a moral das tropas são uma tradição nos EUA desde os anos que se seguiram aos ataques terroristas de 11 de setembro de 2001. Trump recebeu críticas consideráveis pela sua recusa, até agora, de visitar uma zona de guerra.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

50 deputados e menos de 100 pessoas na sala. Posse de Marcelo segue modelo do 25 de Abril

Marcelo Rebelo de Sousa vai tomar posse como Presidente da República, no parlamento, no dia 9 de março, numa cerimónia em que apenas estarão presentes 50 dos 230 deputados e menos de 100 pessoas no …

Depois de um conselho nacional tenso, líder do CDS reúne-se com a bancada parlamentar

O líder do CDS vai reunir-se, esta quinta-feira, com os cinco deputados centristas para dialogarem sobre a articulação entre a direção e a bancada parlamentar. Tal como recorda o jornal Público, esta reunião de trabalho acontece depois …

Enquanto Flamengo afasta regresso de Jorge Jesus, o "Galo" vem ao ataque

O treinador benfiquista afasta o cenário de uma saída precoce do Estádio da Luz. O Flamengo rejeita o regresso de Jorge Jesus, enquanto o Atlético Mineiro manifesta o seu interesse. Jorge Jesus foi categórico: "Não vou …

"Ihor gritava como um cão atropelado". Seguranças contam nova versão em tribunal

O segurança Manuel Correia testemunhou esta quarta-feira que “ouviu gritos” de Ihor Homeniuk vindos de uma sala do SEF no aeroporto de Lisboa e que encontrou um dos inspetores com um pé em cima da …

Dos pés de Cancelo para a cabeça de Bernardo Silva. City ganha na Champions com um golo 100% português

Os internacionais portugueses João Cancelo e Bernardo Silva foram fundamentais para a vitória do Manchester City sobre o Borussia Monchengladbach (2-0), na primeira mão dos oitavos da Liga dos Campeões, com ação direta nos dois …

"População não interiorizou a gravidade da situação". Depois de Siza, Cabrita aponta o dedo aos portugueses

Num relatório sobre a aplicação do decreto do estado de emergência na segunda quinzena de janeiro, Eduardo Cabrita justifica o fecho das escolas e o fim das vendas ao postigo, culpando a população pelas decisões …

Esta época há menos 500 clubes. "É o drama absoluto", diz presidente da FPF

Esta época há menos 500 clubes em comparação com a temporada transata. O presidente da FPF, Fernando Gomes, classifica a situação de "drama absoluto". A pandemia de covid-19 e a consequente interrupção das competições foi um …

Psicólogos no recrutamento e mudanças na formação. IGAI quer acabar com discriminação na polícia

A Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) quer envolver psicólogos no processo de recrutamento de novos polícias e rever os currículos de formação para acabar com práticas discriminatórias nas forças de segurança. As alterações no processo de …

Coleção de joias da era Viking é encontrada na Ilha de Man. É "excecionalmente rara"

Uma coleção de joias da era Viking foi encontrada na Ilha de Man, entre Inglaterra e a Irlanda, em novembro de 2020 e foi agora classificada como tesouro. Os especialistas acreditam que os artefactos, descobertos …

“As brasileiras são mercadoria". Professor da UP suspenso por comentários machistas e xenófobos nas aulas

Após uma denúncia que reuniu assinaturas de mais de uma centena de alunas, o professor auxiliar Pedro Cosme da Costa Vieira foi suspenso pelo período máximo de 90 dias, da Faculdade de Economia da Universidade …