Trump é “inapto e inseguro”. Mensagens de embaixador britânico publicadas sem autorização

Oliver Contreras / EPA

O Presidente dos EUA, Donald J. Trump

Kim Darroch considera o Presidente dos Estados Unidos “inapto” e “inseguro”. Donald Trump já respondeu às declarações, considerando que o embaixador britânico não serve bem o Reino Unido.

As mensagens publicadas sem autorização, este domingo, pelo jornal Mail on Sunday mostram a opinião do embaixador britânico nos Estados Unidos, Kim Darroch, sobre o Presidente Donald Trump, considerando-o “inapto” e descrevendo-o como muito fragilizado por lutas internas e sem condições de melhorar desempenho.

“Não acreditamos realmente que esta Administração se torne substancialmente mais normal; menos disfuncional; menos imprevisível; menos dividida; menos diplomaticamente inapta”, escreveu o diplomata de 65 anos num dos documentos divulgados.

Os documentos confidenciais cobrem o período de 2017 até ao presente. Num dos documentos mais recentes, de junho deste ano, Darroch critica a política de Trump relativa ao Irão como “incoerente e caótica”, referindo-se à retirada, em 2018, dos EUA do acordo sobre energia nuclear assinado com o Irão e vários países da Europa.

O diplomata questiona até a veracidade das declarações do Presidente sobre ter cancelado a operação por implicar a morte de 150 pessoas no Irão. “É mais provável que nunca tenha estado totalmente convencido e que estivesse preocupado com a forma como a inversão das suas promessas de campanha de 2016 seriam vistas em 2020”, cita o Público.

“Temos dúvidas sobre se a Casa Branca parecerá alguma vez competente“, afirmou Kim Darroch, adiantando que a única forma de comunicar com o Presidente norte-americano é ser muito simples e direto.

O embaixador referiu-se ainda à visita de Trump ao Reino Unido, em junho passado, dizendo que o Presidente norte-americano ficou “deslumbrado” com a pompa britânica das reuniões com a rainha Isabel II, mas avisou que Trump não mudará, por isso, nenhuma das suas prioridades. “Esta ainda é a terra da ‘Primeiro a América'”, refere.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros do Reino Unido não contestou a autenticidade dos documentos, considerando que a sua divulgação constituiu um “comportamento pernicioso”. “Os britânicos podem esperar que os embaixadores forneçam aos ministros uma avaliação honesta e crua das políticas dos países onde se encontram”, mas que “as suas opiniões não são necessariamente as opiniões dos ministros ou governo”, disse uma porta-voz do ministério.

Trump responde a Darroch

Em reação às declarações de Darroch, Trump comentou: “O embaixador não serve bem o Reino Unido. Posso dizer-vos isso. Não somos grandes fãs desse homem. Até podia dizer algumas coisas sobre ele mas não me vou incomodar”, cita a CNN.

Estas mensagens são conhecidas numa altura em que o ministro Jeremy Hunt disputa o lugar de Theresa May à frente do Partido Conservador e da chefia do Governo britânico com Boris Johnson, sendo que o ex-mayor de Londres é visto como alguém que conseguirá um relacionamento muito mais próximo com Trump. Se Johnson ganhar a corrida, é esperado que possa apressar a substituição de Darroch.

Segundo o Expresso, a estação norte-americana considera que a divulgação das mensagens levará a especulações de que terá sido um ato politicamente motivado por alguém em Londres com intenção de libertar espaço em Washington para um embaixador abertamente pró-Brexit.

De acordo com o Público, que cita o jornal The Guardian, este episódio originou um debate sobre o substituto de Darroch. Há relatos de que Mark Sedwill, um diplomata a trabalhar como chefe de gabinete no Governo de May, se está a preparar para o cargo.

No entanto, o grande destaque vai para o grande defensor do Brexit, Nigel Farage, que já pediu a renúncia imediata do atual embaixador e que tem grande apoio de Trump. Recorde-se que, depois da sua eleição em 2016, o Presidente afirmou que Farage seria um excelente embaixador britânico nos EUA.

Segundo o jornal britânico, a jornalista responsável pela publicação dos documentos, Isabel Oakeshott, é próxima de Farage e já foi acusada anteriormente de não publicar informação importante e pertinente por poder prejudicar os seus contactos com políticos do Brexit, uma informação que a jornalista desmente.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Criada para prevenir a guerra, a ONU enfrenta um mundo profundamente polarizado

Criada após a Segunda Guerra Mundial para evitar novos conflitos, a Organização das Nações Unidas (ONU) comemora esta segunda-feira o 75.º aniversário, num mundo polarizado que enfrenta uma pandemia, conflitos regionais, uma economia em declínio …

Mulher cai de carro em movimento enquanto grava vídeo para o Snapchat

Uma mulher, que ocupava o lugar do passageiro de um carro em movimento, caiu numa auto-estrada enquanto filmava um vídeo para a rede social Snapchat, no Reino Unido. Segundo a CNN, a mulher estava pendurada na …

Nos Estados Unidos, a venda de discos em vinil ultrapassou a de CD pela primeira vez desde 1986

Pela primeira vez desde 1986, as vendas de discos de vinil ultrapassaram as vendas de CD nos Estados Unidos em 2020. Os números foram apresentados na semana passada pela Associação Americana da Indústria de Gravação, …

Mourinho espera ganhar sem jogar

Tottenham iria defrontar o Leyton Orient mas também no Reino Unido há jogos de futebol em causa por causa do coronavírus. O encontro entre Leyton Orient e Tottenham, relativo à terceira eliminatória da Taça da Liga …

A máfia italiana tem uma nova arma de recrutamento: o TikTok

Os jovens membros da Camorra, organização criminosa aliada à máfia siciliana, estão a recorrer ao TikTok para divulgar o seu estilo de vida e recrutar novos membros. Em maio, um vídeo foi publicado no TikTok que …

Os três segredos para ter um bom sistema imunológico são gratuitos, avisa Fauci

Manter o sistema imunológico saudável é um dos fatores-chave para lidar com a covid-19, o que não implica necessariamente a toma de suplementos vitamínicos. Há uns tempos, quando confrontado com o facto de a atriz Jennifer …

Pinguim encontrado morto no Brasil com uma máscara inteira no estômago

Um espécime de pinguim-de-Magalhães (Spheniscus magellanicus) foi encontrado morto numa popular praia brasileira e a autópsia ao corpo revelou que o animal tinha no seu estômago uma máscara de proteção facial N95. O animal foi …

Trump quer restabelecer sanções ao Irão. ONU rejeita apoiar posição norte-americana

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, disse que somente apoiará a restituição de sanções ao Irão, exigidas pelos Estados Unidos (EUA), se receber luz verde do Conselho de Segurança. Numa carta dirigida …

Designer holandês desenvolve "caixão vivo" feito com fibras de fungos

Um corpo humano pode demorar cerca de uma década a decompor-se dentro de um caixão. Com o Living Cocoon, o tempo é reduzido para dois ou três anos. Bob Hendrikx, biodesigner fundador da Loop, desenvolveu e …

Relógio em Nova Iorque mostra o tempo restante para reverter efeitos do aquecimento global

O Metronome, icónico relógio digital de Nova Iorque, deixou de mostrar o tempo do dia-a-dia e mostra agora o tempo restante que o nosso planeta tem para reverter os efeitos do aquecimento global. O relógio digital …