Trump é “inapto e inseguro”. Mensagens de embaixador britânico publicadas sem autorização

Oliver Contreras / EPA

O Presidente dos EUA, Donald J. Trump

Kim Darroch considera o Presidente dos Estados Unidos “inapto” e “inseguro”. Donald Trump já respondeu às declarações, considerando que o embaixador britânico não serve bem o Reino Unido.

As mensagens publicadas sem autorização, este domingo, pelo jornal Mail on Sunday mostram a opinião do embaixador britânico nos Estados Unidos, Kim Darroch, sobre o Presidente Donald Trump, considerando-o “inapto” e descrevendo-o como muito fragilizado por lutas internas e sem condições de melhorar desempenho.

“Não acreditamos realmente que esta Administração se torne substancialmente mais normal; menos disfuncional; menos imprevisível; menos dividida; menos diplomaticamente inapta”, escreveu o diplomata de 65 anos num dos documentos divulgados.

Os documentos confidenciais cobrem o período de 2017 até ao presente. Num dos documentos mais recentes, de junho deste ano, Darroch critica a política de Trump relativa ao Irão como “incoerente e caótica”, referindo-se à retirada, em 2018, dos EUA do acordo sobre energia nuclear assinado com o Irão e vários países da Europa.

O diplomata questiona até a veracidade das declarações do Presidente sobre ter cancelado a operação por implicar a morte de 150 pessoas no Irão. “É mais provável que nunca tenha estado totalmente convencido e que estivesse preocupado com a forma como a inversão das suas promessas de campanha de 2016 seriam vistas em 2020”, cita o Público.

“Temos dúvidas sobre se a Casa Branca parecerá alguma vez competente“, afirmou Kim Darroch, adiantando que a única forma de comunicar com o Presidente norte-americano é ser muito simples e direto.

O embaixador referiu-se ainda à visita de Trump ao Reino Unido, em junho passado, dizendo que o Presidente norte-americano ficou “deslumbrado” com a pompa britânica das reuniões com a rainha Isabel II, mas avisou que Trump não mudará, por isso, nenhuma das suas prioridades. “Esta ainda é a terra da ‘Primeiro a América'”, refere.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros do Reino Unido não contestou a autenticidade dos documentos, considerando que a sua divulgação constituiu um “comportamento pernicioso”. “Os britânicos podem esperar que os embaixadores forneçam aos ministros uma avaliação honesta e crua das políticas dos países onde se encontram”, mas que “as suas opiniões não são necessariamente as opiniões dos ministros ou governo”, disse uma porta-voz do ministério.

Trump responde a Darroch

Em reação às declarações de Darroch, Trump comentou: “O embaixador não serve bem o Reino Unido. Posso dizer-vos isso. Não somos grandes fãs desse homem. Até podia dizer algumas coisas sobre ele mas não me vou incomodar”, cita a CNN.

Estas mensagens são conhecidas numa altura em que o ministro Jeremy Hunt disputa o lugar de Theresa May à frente do Partido Conservador e da chefia do Governo britânico com Boris Johnson, sendo que o ex-mayor de Londres é visto como alguém que conseguirá um relacionamento muito mais próximo com Trump. Se Johnson ganhar a corrida, é esperado que possa apressar a substituição de Darroch.

Segundo o Expresso, a estação norte-americana considera que a divulgação das mensagens levará a especulações de que terá sido um ato politicamente motivado por alguém em Londres com intenção de libertar espaço em Washington para um embaixador abertamente pró-Brexit.

De acordo com o Público, que cita o jornal The Guardian, este episódio originou um debate sobre o substituto de Darroch. Há relatos de que Mark Sedwill, um diplomata a trabalhar como chefe de gabinete no Governo de May, se está a preparar para o cargo.

No entanto, o grande destaque vai para o grande defensor do Brexit, Nigel Farage, que já pediu a renúncia imediata do atual embaixador e que tem grande apoio de Trump. Recorde-se que, depois da sua eleição em 2016, o Presidente afirmou que Farage seria um excelente embaixador britânico nos EUA.

Segundo o jornal britânico, a jornalista responsável pela publicação dos documentos, Isabel Oakeshott, é próxima de Farage e já foi acusada anteriormente de não publicar informação importante e pertinente por poder prejudicar os seus contactos com políticos do Brexit, uma informação que a jornalista desmente.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

PCP mantém festa do Avante! e pede calma às "almas mais inquietas"

O secretário-geral do PCP admitiu hoje que “não seria um drama”, devido à pandemia de covid-19, cancelar a festa do Avante, e garantiu que não é por dinheiro que os comunistas estão empenhados em realizá-la …

Futebol inglês aponta regresso para dia 17 de junho

A Liga inglesa de futebol, suspensa desde 13 de março devido à pandemia da covid-19, vai regressar em 17 de junho, com a realização de dois encontros em atraso, de acordo com BBC e Sky …

Estado investe 2.000 milhões na ferrovia, mas comboios vão circular à mesma velocidade

O investimento da Infraestruturas de Portugal deverá rondar os 2.000 milhões de euros, mas este montante servirá quase exclusivamente para eletrificação de linhas e substituição de sinalização. De acordo com a edição desta quinta-feira do jornal …

SBSR confirma Foals, Local Natives e Boy Pablo para a edição de 2021

Os Foals, os Local Natives e o músico Boy Pablo são os primeiros nomes reagendados para a 26.ª edição do Festival Super Bock Super Rock, remarcada para julho de 2021, foi hoje anunciado. O SBSR deveria …

Artistas com espetáculos cancelados recebem pelo menos 50%

O primeiro-ministro referendou, esta quarta-feira, a lei que regula a possibilidade de festivais e espetáculos no verão e que assegura apoio financeiro a artistas alvo de cancelamento ou reagendamento dos espetáculos por causa da pandemia. Este …

EUA anunciam fim da isenção de sanções no programa nuclear civil iraniano

Os Estados Unidos (EUA) anunciaram na quarta-feira o fim das derrogações que autorizaram até agora projetos relacionados com o programa nuclear civil iraniano, acordo internacional de 2015 do qual Washington se retirou. "Hoje, anuncio o fim …

Violência doméstica, droga, bairros problemáticos. Agentes da PSP obrigados a usar coletes anti-bala

A Direção Nacional da Polícia de Segurança Pública (PSP) decidiu tornar obrigatório o uso de coletes balísticos em oito tipos de situações. De acordo com o Jornal de Notícias, os agentes da PSP vão passar a …

Benfica e FC Porto estão entre os clubes europeus com maior valor comercial

O Benfica e o FC Porto estão em 24.º e 30.º, respetivamente, na lista dos 32 clubes de futebol europeus com maior valor comercial, que é liderada pelos espanhóis do Real Madrid. O Benfica (24.º) e …

Estados Unidos podem vir a acusar Cilia Flores, mulher de Maduro, por narcotráfico

Os Estados Unidos podem vir a acusar formalmente a mulher do presidente venezuelano, Nicolás Maduro, por crimes de tráfico de droga e corrupção. A notícia foi avançada esta quarta-feira pela Reuters, que cita quatro fontes diferentes. …

PSD quer lay-off até final do ano e Estado menos "dorminhoco"

O PSD apresentou hoje um conjunto de 26 "ideias e sugestões" na área social, incluindo o prolongamento do 'lay-off' simplificado até ao final do ano, a reafetação de recursos na administração pública e um Estado …