Trump visita Reino Unido (e insulta mayor de Londres ainda antes de aterrar)

Will Oliver / EPA

O Presidente dos EUA, Donald Trump, acompanhado da mulher, Melania

O Presidente dos EUA chegou, esta segunda-feira, a Londres para uma visita de Estado de três dias, que inclui um banquete no palácio de Buckingham e uma visita a Downing Street, quase um ano depois de uma visita furtiva.

Donald Trump aterrou, esta segunda-feira, no Reino Unido para uma visita de Estado de três dias, e já começou a causar polémica com um tweet dirigido ao ‘mayor’ de Londres. “Sadiq Khan, que tem feito um péssimo trabalho enquanto ‘mayor’ de Londres, foi estupidamente desagradável perante a visita do Presidente dos Estados Unidos, que é de longe o mais importante aliado do Reino Unido. É um falhado que devia preocupar-se com o crime em Londres, não comigo”, escreveu.

Este tweet surge como resposta às recentes críticas do autarca da capital britânica sobre a receção ao Presidente norte-americano com todas as honras de uma visita de Estado, que também considerou, num artigo publicado no Observer, que a linguagem de Trump é semelhante à dos “fascistas do século XX” e inclui-o no mesmo grupo de “extremistas” nos quais se incluem Viktor Orban, Matteo Salvini e Marine Le Pen.

O programa começa com uma cerimónia de boas vindas no Palácio de Buckingham pela Rainha e pelo Príncipe de Gales, Príncipe Carlos, e a Duquesa da Cornualha, Camilla, e a chegada será assinalada com salvas de canhão em Green Park e na Torre de Londres.

Após um almoço privado no Palácio para Trump e a mulher, Melania, a Rainha vai conduzir o chefe de Estado norte-americano numa visita a uma exposição com peças da coleção real de importância histórica para os EUA.

Seguem-se uma visita à Abadia de Westminster, onde o Presidente depositará uma coroa de flores no Túmulo do Soldado Desconhecido, chá em Clarence House com o príncipe Carlos e Camilla, e um Banquete de Estado à noite no Palácio de Buckingham, oferecido pela rainha.

Na terça-feira, a ainda primeira-ministra britânica, Theresa May, organiza um pequeno-almoço de negócios com empresários dos dois países, após o qual recebe Trump na residência oficial, em Downing Street, para almoço, seguido por uma conferência de imprensa.

“A visita de Estado é uma oportunidade para fortalecer a nossa relação já próxima em áreas como comércio, investimento, segurança e defesa, e para discutir como podemos construir esses laços nos próximos anos”, afirmou May, que abandonará as suas funções no próximo dia 7.

É neste dia que se espera uma grande manifestação no centro de Londres, onde os organizadores esperam que volte a figurar o chamado “baby blimp”, um balão de seis metros que representa Trump de fralda e um telemóvel na mão.

À noite, Trump oferece um jantar de agradecimento na residência do Embaixador dos EUA, no qual o príncipe Carlos vai participar em nome da rainha. Na quarta-feira, o Presidente dos EUA, a Rainha, o príncipe Carlos e outros chefes de Estado ou de Governo participam num evento comemorativo em Portsmouth, no sul de Inglaterra do 75.º aniversário do desembarque do Dia D das forças aliadas que contribuiu para a derrota da invasão nazi na II Guerra Mundial.

Trump aconselha Reino Unido a sair da UE sem acordo e nega ter-se referido a Meghan Markle como “desagradável”

Este domingo, na véspera da visita de Estado, o Presidente norte-americano voltou a envolver-se no debate do Brexit, recomendando ao Reino Unido que abandone a UE sem acordo.

“Se não obtém o acordo que querem, eu abandonaria”, disse Trump numa entrevista ao Sunday Times. “Se fosse eles, não pagaria os 50 mil milhões de dólares”, adiantou, numa referência ao pagamento dos compromissos do Reino Unido no quadro do orçamento europeu plurianual em curso (2014-2020), cujo montante é calculado por Londres entre 40 e 45 mil milhões de euros.

O chefe de Estado norte-americano, que já manifestou o seu apoio a Boris Johnson, ex-ministro dos Negócios Estrangeiros britânico e candidato a suceder a May, considerou ainda que Londres tinha cometido um “erro” ao não envolver o agora líder do Partido do Brexit, Nigel Farage, nas negociações com Bruxelas.

No mesmo dia, Trump negou ainda ter dito que Meghan Markle, mulher do príncipe Harry e duquesa de Sussex, era “desagradável”. “Nunca chamei Meghan Markle de ‘desagradável’. Foi tudo inventado pelos media ‘fake news’ e já foram apanhados. Será que a CNN, o New York Times e outros vão pedir desculpa por isso? Duvido!”, pode ler-se na sua conta do Twitter.

Em causa está uma entrevista do Presidente dos EUA ao The Sun, na qual é possível ouvir Trump a usar a palavra em questão para se referir a Markle, depois de ser confrontado pelo jornalista do tabloide britânico com antigas críticas da duquesa, que o chamou de “misógino” e que, durante a campanha presidencial, considerou mudar-se para o Canadá se o republicano vencesse.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

36 COMENTÁRIOS

    • Eu! voce sequer leu a noticia? O Mayor de Londres do nada chamou o Trump de “fascista” o Trump respondeu. Não terá sido o Mayor de Londres a insultar? Voce come qualquer propaganda de extrema esquerda que lhe metam à frente

      • “a linguagem de Trump é semelhante à dos “fascistas do século XX”
        Tu gostas de distorcer as coisas, mas, como se comprova acima, não foi bem isso que o mayor londrino disse…
        Já o Trump disparou com a linguagem do costume – mesmo à fascista com o rei na barriga!!

  1. Pois é os americanos sempre se sentiram muito complexados por não terem idade média looool. Tadinhos são tão verdinhos e teimam em denegrir o velho continente.

  2. Só vejo gente contra o Trump e os E. U.A. porque será?Deixem o homem em paz pá!Complexo de inferioridade europeia enfim…A Europa está a morrer aos poucos . a desmoronar-se de dia para dia só quem é cego não vê isso!!Sadiq Khan não é nenhum santinho… quem não quer ser lobo não lhe veste a pele…insultados fomos nós com a troika que nos roubou para encher os cofres dos bancos alemães, isso sim um verdadeiro insulto!!!Abram os olhos caros compatriotas!

    • O teu problema é que confundes a realidade com aquilo que te vai na cabeça. E olha que a diferença é grande… aparentemente…

        • Disse a 100 por cento, pois a única coisa que aquele abutre veio fazer a Europa, foi mais uma vez iludir aqueles rosinhas ingleses que eles não precisam da união europeia e que eles é os EU irão fazer muitos negócios juntos.
          Infelizmente só os tapadinhos é que não entendem que a idea do bosta(Trump) só cá está para desabilitação da união europeia, pois cai a Europa sobem os Estados Unidos…

          • Com todo o respeito Adsm, acredito convictamente que Trump está-se nas tintas para a União Europeia, quer defender apenas os interesses dos E.U.A. ao chegar-se perto do Reino Unido,a questão da Europa não representa nada para Trump

            • Como tem comprovado quase diariamente, o Trump está-se nas tintas para todos, incluindo os EUA – ele só quer satisfazer o seu ego!!

  3. Defendo a continuidade da união europeia, mas tem de mudar não pode servir só os interesses de frança e alemanha!Portugal também deve ter voz!

  4. Eu penso que podemos expressar a nossa opinião sem insultar ou denegrir ninguém, afinal vivemos numa democracia, penso eu de que…

    • Sim, mas pede-se um mínimo nos comentários. Essa ideia que algumas criaturas querem passar que nos endividámos porque os mais ricos quiseram que assim fosse!?! Nós endividámo-nos porque andámos a viver bem acima do que podíamos. E refiro-me em concreto ao Estado para suportar os salários e as reformas que pagava e ainda paga, de resto. Nunca se esqueça que quando o Teixeira e o 44 foram embora o défice orçamental era de 11%.

      • Concordo consigo, tem uma certa razão nos argumentos que apresenta,de facto estávamos a viver acima das possibilidades, mas no entanto,julgo que houve aproveitamento da direita (em particular)para explorar a situação,é a minha opinião vale o que vale, não tenho partido político é apenas a minha opinião!Com todo o respeito!

      • Os “mais ricos”, não – mas os “mercados”, os especuladores e máfia financeira em geral (a quem saiu a sorte grande com a crise), sim!
        A Islândia que o diga…
        Salários e reformas?!
        Só se fôr dos políticos!…
        O problema da dívida publica são os parasitas “privados” (PPP’s, Fundações, IPSS’s, Igrejas, Clubes Futebol, etc, etc) que se penduram no Estado e depois a conta fica para o povo pagar…

  5. Somos apenas o terceiro país do euro mais endividado. Pior do que nós apenas Grécia e Itália. A nossa dívida ascende a 121,5% do PIB!!!! Tirando estes 3 países e Chipre e Bélgica que têm 102% do PIB todos os outros têm menos de 100%. E muitos estão mesmo abaixo dos 30%

  6. O descaramento do Maior de Londres!! um Muculmano terroristae descendente de tarroristas a chamar terroristas aos outros. E por isso que NUNCA SE DEVE CONFIAR NUM MUCULMANO NEM NA EUROPA NEM NO MUNDO.

        • Eu insulto todos os palermas por igual, sejam vermelhos, amarelos, verdes, azuis, ou o que fôr!…
          Principalmente os terroristas que chamam terroristas aos outros!…

RESPONDER

Carlos Moedas "tem uma costela liberal". IL pondera apoio ao candidato à câmara de Lisboa

O líder da Iniciativa Liberal (IL), João Cotrim de Figueiredo, disse que Carlos Moedas, candidato à câmara de Lisboa apoiado pelo PSD, tem um "perfil liberal", mas que o partido precisa de perceber projeto do …

Primeiro-ministro da Arménia acusa militares de tentativa de golpe de Estado

O primeiro-ministro da Arménia referiu-se hoje a "tentativa de golpe de Estado" depois de o Estado Maior ter pedido o afastamento do governo num contexto de protestos por causa da derrota no último conflito com …

EUA condenam Coreia do Norte a indemnizar militares torturados em 1968

A Justiça dos Estados Unidos (EUA) condenou Pyongyang a indemnizar em 2,3 mil milhões de dólares (cerca de dois mil milhões de euros) os tripulantes de um navio da Marinha norte-americana, que foram capturados e …

Ex-gestores do Novo Banco seguem para Banco do Fomento e para CGD

Os gestores Vítor Fernandes e Jorge Freire Cardoso, que saíram do Novo Banco em divergência com a estratégia da Lone Star, vão desempenhar as funções de presidente do Banco de Fomento e de administrador na Caixa …

EUA acusado de prometer contrapartidas a Cabo Verde pela extradição de testa-de-ferro de Maduro

O antigo juiz espanhol Baltasar Garzón, que coordena a defesa de Alex Saab, detido em Cabo Verde e considerado testa-de-ferro do Presidente venezuelano Nicolás Maduro, acusou na quinta-feira os Estados Unidos (EUA) de prometerem contrapartidas …

Bispo italiano sugeriu a padre que pagasse 20 mil euros a vítima de pedofilia

O bispo católico de Como, em Itália, afirmou ter sugerido a um jovem padre suspeito de pedofilia que pagasse 20 mil euros à suposta vítima para encerrar uma investigação interna ao caso ocorrido numa residência …

Governo reforça financiamento de projetos LGBTI com 50 mil euros

O Governo vai reforçar em 50 mil euros o financiamento de projetos de organizações que atuem na defesa dos direitos das pessoas lésbicas, gays, bissexuais, trans e intersexo (LGBTI), anunciou o gabinete da secretária de …

CDS pede ao Governo "um plano de desconfinamento controlado, à inglesa"

Francisco Rodrigues dos Santos quer que o Executivo apresente um plano de desconfinamento que permita a retoma da atividade de alguns setores. Esta sexta-feira, o presidente do CDS-PP insistiu na necessidade de o Governo apresentar um …

Para os idosos que estão em lares, visitar a família sem isolamento poderá acontecer em maio

A CNIS estima que, com todos os idosos residentes em lares vacinados, maio possa ser o mês da libertação depois de mais de um ano de pandemia, confinamentos e restrições apertadas. DGS diz que orientações …

UE retalia e declara chefe da missão venezuelana "persona non grata"

A União Europeia (UE) decidiu, esta quinta-feira, declarar a chefe da missão venezuelana em Bruxelas persona non grata, respondendo ao anúncio feito por Caracas de dar 72 horas à embaixadora comunitária para abandonar o país. "Por …