Boris Johnson e Jeremy Hunt são os escolhidos para disputar sucessão de Theresa May

O ministro dos Negócios Estrangeiros britânico, Jeremy Hunt, é o adversário de Boris Johnson na eleição interna no partido Conservador para suceder a Theresa May, tendo Michael Gove sido eliminado, foi revelado esta quinta-feira.

A sexta volta da eleição indicou que o ministro dos Negócios Estrangeiros conseguiu o apoio de 77 dos 313 deputados do grupo parlamentar conservador, mais dois votos do que os 75 recolhidos pelo ministro da Saúde, Michael Gove.

O antigo ministro dos Negócios Estrangeiros Boris Johnson voltou a vencer destacado, desta vez com 160 votos. Os dois finalistas vão agora ser submetidos a uma votação dos cerca de 160 mil militantes do partido e o vencedor será anunciado no final de julho.

Theresa May mantém-se em funções, devendo apresentar a demissão logo que o sucessor esteja definido, abrindo caminho para a sua nomeação como primeiro-ministro.

O ministro para o Desenvolvimento Internacional, foi eliminado, na quarta-feira, da eleição interna para a sucessão de Theresa May no partido conservador e para assumir o cargo de primeiro-ministro britânico. De acordo com os resultados oficiais da terceira volta, o antigo ministro dos Negócios Estrangeiros, Boris Johnson, foi o mais votado, tendo recebido o apoio de 143 dos 313 deputados conservadores.

O ministro para o Desenvolvimento Internacional, Rory Stewart, que era considerado o candidato com menos hipóteses de passar à próxima volta devido ao apoio reduzido, apesar de ter quase duplicado o número de votos, de 19 na primeira volta para 37 na segunda, ficou-se por 27 votos.

Jeremy Hunt, atual chefe da diplomacia, e o ministro do Ambiente, Michael Gove, mantiveram o segundo e terceiro lugares, com 54 e 51 votos, respetivamente. O ministro do Interior, Sajid Javid, que se qualificou para a terceira volta com o mínimo necessário de 33 votos, adicionou cinco votos, para 38.

O ex-ministro dos Negócios Estrangeiros reforçou a liderança para se tornar no próximo primeiro-ministro britânico. Boris Johnson venceu destacado as duas voltas anteriores e recebeu o apoio de quatro dos cinco candidatos até agora eliminados, nomeadamente Esther McVey, Andrea Leadsom, Matt Hancock e Dominic Raab.

Os candidatos defrontaram-se, esta terça-feira à noite, num debate realizado pela BBC, destacando-se o facto de Boris Johnson ter finalmente aparecido mas também por ter sido uma discussão tão “morna” que, no final, foi praticamente impossível escolher um vencedor.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Príncipe italiano vende massa fresca numa roulote nos Estados Unidos

O príncipe italiano Emanuele Filiberto é dono da "Princípe de Veneza", a única roulote que vende massa fresca em Los Angeles, nos Estados Unidos. Harry e Meghan Markle podem bem pôr os olhos neste exemplo de …

Há 140 anos, "choveu" carne nos Estados Unidos (e ainda não se sabe porquê)

Há 140 anos, em 1876, uma quinta no estado norte-americano de Kentucky testemunhou uma "chuva" de carne cuja origem permanece um mistério. Tudo começou quando, em 3 de março de 1876, a mulher do agricultor Allen …

"Posso sempre confiar" nos americanos. Coleção de cartas manuscritas da princesa Diana vai a leilão

Em 25 de junho de 1997, alguns meses antes da morte da princesa Diana em agosto, dezenas dos seus vestidos foram leiloados na Christie's, em Nova Iorque. Agora, algumas das suas cartas manuscritas sobre esse …

Governos desligaram a Internet centenas de vezes em 2019

Dezenas de Governos de todo o mundo desligaram os seus países da Internet de forma intencional mais de 200 vezes durante o ano passado, afetando milhões de utilizadores, revela um novo relatório do grupo de …

Falha de protocolo do Governo americano pode ter ajudado a espalhar o coronavírus

Uma whistleblower do Departamento de Saúde e Serviços Humanos norte-americano defende que uma falha no protocolo de saúde pública pode ter levado à disseminação do coronavírus dentro do país. Uma denunciante do Departamento de Saúde e …

Coronavírus pode fazer com que Liverpool não seja campeão inglês

O Liverpool pode não se sagrar campeão inglês devido ao surto do novo coronavírus. Caso o Governo britânico suspendesse a competição, os 'reds' poderiam não ser considerados campeões. O coronavírus continua a ameaçar o mundo inteiro …

Sissoco Embaló demite primeiro-ministro e ambos falam em "golpe de Estado"

Umaro Sissoco Embaló, candidato às presidenciais dado como vencedor pela Comissão Nacional de Eleições da Guiné- Bissau, e que quinta-feira tomou posse simbolicamente como Presidente do país, demitiu hoje o primeiro-ministro guineense, Aristides Gomes. Num decreto …

"Neve sangrenta" está a cair do céu na Antártida

Nas últimas semanas, o gelo em redor da Base de Pesquisa Vernadsky da Ucrânia foi revestida com o que os investigadores chamam de "neve de framboesa". Uma publicação no Facebook do Ministério da Educação e Ciência …

Face Oculta: Sobrinho de Manuel Godinho diz que não se orgulha do que fez

O sobrinho do sucateiro Manuel Godinho, principal arguido do processo Face Oculta, disse hoje estar arrependido do que fez quando trabalhava para o tio nos negócios da gestão de resíduos. “Não me orgulho nada daquilo que …

Há uma "Greta" que nega as alterações climáticas: Naomi Seibt

Naomi Seibt é uma jovem alemã de 19 anos que é a voz dos negacionistas das alterações climáticas. As comparações com Greta Thunberg são inevitáveis. Greta Thunberg tem sido provavelmente a voz mais ativa no que …