Novo impeachment. Trump enfrenta pedido de destituição por “incitamento à insurreição”

The White House / Flickr

Donald Trump no Walter Reed National Military Medical Center

Os congressistas democratas apresentaram, esta segunda-feira, uma resolução para avançar com o pedido de destituição formal do Presidente cessante dos Estados Unidos, acusando-o de “incitar à insurreição” na invasão ao Capitólio, ocorrida na semana passada.

De acordo com a emissora britânica BBC, a resolução entregue na Câmara dos Representantes acusa Donald Trump de “incitamento à insurreição” e alega que o Presidente cessante encorajou ativamente a violência no Capitólio.

No documento, os democratas referem ainda que, nos meses que precederam a sessão para certificar o resultado das eleições, que foi interrompida pela invasão ao edifício, o republicano fez várias afirmações falsas, entre as quais que a eleição lhe foi “roubada” e que é o legítimo vencedor do escrutínio.

A resolução destaca, por exemplo, o discurso de Trump em Washington, na semana passada, que antecedeu a invasão ao Capitólio. “Se vocês não lutarem como o inferno, não voltarão a ter um país”, cita-se no documento.

Os democratas alegam ainda que o atual chefe de Estado tentou subverter e obstruir a verificação dos resultados da eleição, referindo-se particularmente à chamada telefónica com o responsável pela certificação dos resultados eleitorais na Georgia, Brad Raffensperger.

O Presidente cessante pressionou o republicano para que encontrasse os votos necessários à sua vitória neste estado, caso contrário este poderia sofrer consequências criminais.

“O Presidente Trump ameaçou a segurança dos Estados Unidos e as instituições do Governo. Ameaçou a integridade do sistema democrático, interferiu na transição pacífica de poder e pôs em perigo um ramo do Governo. Por isso, traiu a sua confiança enquanto Presidente, com prejuízo manifesto para o povo norte-americano”, pode ler-se.

“Com esta conduta, Donald Trump demonstrou que irá continuar a ser uma ameaça à segurança nacional, à democracia e à Constituição, se lhe for permitido manter-se no cargo”, lê-se ainda no documento.

A votação desta resolução na Câmara dos Representantes não deverá acontecer antes de quarta-feira, uma vez que o Partido Democrata está a tentar que o vice-Presidente cessante, Mike Pence, invoque a 25.ª Emenda, que retira a autoridade presidencial a Trump.

Se Pence se recusar a fazê-lo, tal como é esperado que aconteça, a Câmara dos Representantes começa a debater nesse dia esta resolução. Segundo a BBC, os defensores do processo de destituição dizem que já têm votos suficientes para garantir a sua aprovação.

Se o republicano enfrentar aquele que será o seu segundo impeachment, o Senado ficará responsável por realizar um julgamento para decidir se o condena, ou não, por estas acusações.

Esta votação, na qual é necessária uma maioria de dois terços, poderá ser adiada por alguns meses para que o Congresso se foque na aprovação de outros temas, como o combate à pandemia de covid-19.

Caso o processo de destituição seja aprovado, Trump poderá ficar impedido de voltar a concorrer à Presidência. Recorde-se que cinco pessoas morreram na sequência dos incidentes violentos no Capitólio.

Filipa Mesquita Filipa Mesquita, ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. «Caso o processo de destituição seja aprovado, Trump poderá ficar impedido de voltar a concorrer à Presidência. »

    Se não for por mais nada, que seja por isto.

    Este senhor deve ser mantido longe de lugares de poder a todo o custo.

    • Não consigo entender como é que um empresário como ele é se porta desta maneira num cargo importante como Presidente dos EUA.

  2. Mas mesmo assim, apesar de tudo isto, ainda há quem o defenda! Não quero fazer comparações, mas faz-me lembrar outros casos graves como o de Hitler, por exemplo, que, apesar do que fazia, tinha grandes defensores.

    • Calma que entre o fazer mal e o não fazer nada poderá não haver grande diferença, nada de embandeirar em arco imaginando que vem agora aí tudo de bom e certinho para os USA. O Tramp poderá ter feito algumas poucas coisas boas, no entanto, é arrogante, vaidoso e tem tiques de ditador, é melhor que parta quanto antes e que quem o substitua não abandalhe o sistema como acontece por cá, porque depois ainda poderá, por lá aparecer algum Ventura apontando o dedo às asneiras feitas.

  3. ““‘Lutem pela América’, pediu a ex-candidata democrata à presidência” (17 de Novembro de 2016)”

    após perder as eleições!

    mas claro o Trump é que é o diabo.

    já para não falar o que n democratas falaram durante os ataques, incêndios, assassinatos que ocorreram antes das eleições e que na realidade ainda não terminaram.

    mas continuem lá com a narrativa 1984

  4. É muito triste que a censura elimina os comentários quais não concordam com o conteúdo do artigo e com os comentários. Bloquearam o “Facebook” conservador (Parler.com), apagam todo no Facebook, Twitter etc que seja positivo sobre o Trump. Não podemos ter opiniões diferentes do media mainstream. Não podemos pensar. Só entrar na fila como as outras ovelhas, e dizer: beee, beee, como os caros outros amigos que comentaram o artigo acima.

RESPONDER

Henrique Araújo eleito presidente do Supremo Tribunal de Justiça

O magistrado Henrique Araújo, de 67 anos, foi eleito esta terça-feira presidente do Supremo Tribunal de Justiça (STJ). Mas terá de abandonar o cargo quando completar os 70 anos. Os candidatos à presidência do Supremo Tribunal …

Pandemia fez duplicar ataques informáticos em Portugal

Os ataques informáticos contra entidades públicas e empresas quase duplicaram em 2020: registaram-se 1.418 incidentes graves, um aumento de 90%. O "Relatório Cibersegurança - Riscos e Conflitos 2021" do Observatório do Centro Nacional de Cibersegurança (CNCS), …

Áustria deixará de administrar a vacina da AstraZeneca

A Áustria deixará de usar a vacina da AstraZeneca devido a problemas de entrega e à relutância da população à vacina, após decisões semelhantes tomadas pela Noruega e Dinamarca. "Provavelmente, continuaremos a administrar as primeiras doses …

Portugal com duas mortes e 386 novos casos de covid-19

Portugal registou esta terça-feira 386 novos casos de infeção por covid-19 e mais duas mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde.  De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), nas …

Audição a Nuno Vasconcellos por confirmar. Advogado avisou que a rede não é boa

A audição de Nuno Vasconcellos na comissão de inquérito ao Novo Banco, agendada para a próxima quinta-feira, ainda está por confirmar. No site do Parlamento, o agendamento previsto para a audição de Nuno Vasconcellos, antigo presidente …

Portugal com maior queda do PIB na União Europeia no primeiro trimestre

A economia da zona euro recuou 1,8% e a da União Europeia 1,7% no primeiro trimestre do ano, face ao período homólogo, com Portugal a apresentar a maior quebra, de 5,4%. De acordo com uma estimativa …

Corrida dos portugueses ao novo estatuto de imigrante entope consulados do Reino Unido

Mais de 380 mil portugueses já se candidataram ao novo estatuto de imigrante no Reino Unido, mas os postos consulares não estão a conseguir dar resposta a esta corrida. Segundo o jornal Público, os atrasos dos …

Autoridade Tributária demora, em média, 20,7 dias a pagar reembolso de IRS

Até ao momento, foram reembolsados 1.180.738 contribuintes, num valor total de 1.125 milhões de euros, de acordo com dados do Ministério das Finanças. O ECO avança que a Autoridade Tributária e Aduaneira já devolveu 1.125 milhões …

Médicos de família admitem que recuperados podem passar a grupo de risco

A área das sequelas da infeção pelo vírus SARS-CoV-2 "é uma zona muito cinzenta", sobre a qual Portugal “não tem ainda orientações totalmente definidas”. Nuno Jacinto, presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF), …

Muito mais do que só um divórcio milionário. "Perseguições a mulheres" e má fama ameaçam legado de Bill Gates

O mediático e multimilionário divórcio de Bill Gates é muito mais do que apenas a separação de um casal ao cabo de 27 anos de vida em comum. A ruptura com Melinda está a colocar …