“Se o Irão quiser lutar, será o seu fim. Nunca mais ameacem os EUA”

O Presidente norte-americano, Donald Trump, avisou esta segunda-feira o Irão para “nunca mais” ameaçar os EUA, e advertiu Teerão que, se quiser lutar, será o seu “fim oficial”.

“Se o Irão quiser lutar, será o fim oficial do Irão. Nunca mais ameacem os Estados Unidos!”, publicou o chefe de estado na sua conta oficial na rede social Twitter, numa altura de crescente tensão entre Washington e Teerão.

Donald Trump publicou a declaração horas depois de o líder dos Guardiães da Revolução, Hossein Salami, ter dito que o Irão não teme uma guerra, ao contrário dos Estados Unidos, advertindo que o Médio Oriente pode converter-se “num paiol” para Washington.

“Não procuramos a guerra nem a tememos. É a diferença em relação a eles [Estados Unidos], que têm medo da guerra”, afirmou num discurso durante uma cerimónia militar, que foi difundido pela televisão estatal iraniana. Salami avisou que, quando a ameaça é remota, as forças iranianas apenas planeiam uma resposta estratégica, mas que, quando a ameaça se aproxima, também entram em ação “em termos operativos”.

A tensão na região do Golfo tem aumentado e os Estados Unidos decidiram enviar para o Golfo Pérsico um navio de assalto anfíbio, um porta-aviões e caças-bombardeiros e designaram em abril os Guardiães da Revolução, uma força militar de elite, como grupo terrorista.

Na última semana agravou-se após a sabotagem de quatro petroleiros num porto dos Emirados Árabes Unidos e os ataques com drones a um oleoduto saudita, com Riade a acusar o Irão de ter ordenado esta ação contra os rebeldes Huthis do Iémen.

A maioria das autoridades iranianas, como o líder supremo, Ali Khamenei, e o ministro dos Negócios Estrangeiros, Mohammad Javad Zarif Khonsari, descartou uma guerra com os Estados Unidos. “Nem nós nem eles procuramos uma guerra”, assegurou Ali Khamenei, insistindo que o confronto não é de natureza militar, mas “um choque de vontades”.

Por sua vez, o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, tem referido que está disposto a negociar com os líderes iranianos.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Que valente, este imbecil!
    Queres trocar o armamento dos EUA pelo do Irão, palhaço? Assim é que se viam os heróis como tu…
    Mas o problema não é existirem idiotas (sempre os houve e sempre os haverá). O problema é tentarmos perceber como chegam a liderar o país mais poderoso do mundo e como milhões de pessoas ficam à mercê da loucura de psicopatas proto-nazis sem classe para liderar sequer uma junta de freguesia!!!

  2. Este Trampa ameaça tudo e todos e coitado, pensa que o Irão são uns tontos como ele!…
    Nem os talibãs conseguiram “limpar”, quanto mais o Irão!…
    Felizmente, boa parte dos militares americanos tem perfeita noção que o Irão não é para brincadeiras…

Responder a sousa Cancelar resposta

Apple não deixa que vilões de filmes usem iPhones

A Apple não deixa que os vilões dos filmes de Hollywood usem os telemóveis iPhone no grande ecrã. Esta é apenas uma das empresas que não permite este tipo de coisa. Os filmes podem ter uma …

O coronavírus pode ser a "doença X" temida pelos especialistas

O coronavírus, que já matou 2.700 pessoas e infetou mais de 80 mil desde dezembro, está a tornar-se "rapidamente" no primeiro grande desafio pandémico do mundo, enquadrando-se nos moldes da "doença X" temida por especialistas. O …

Media Capital passou de lucros a prejuízos de 54,7 milhões

A Media Capital registou prejuízos de 54,7 milhões de euros no ano passado, contra lucros de 21,6 milhões de euros um ano antes, anunciou hoje a dona da TVI, que está em processo de compra …

Camas na classe económica dos aviões podem vir a tornar-se uma realidade

A companhia aérea neozelandesa Air New Zealand está a pensar incluir camas na classe económica de alguns dos seus voos mais longos. A ideia deverá avançar dentro de um ano. A companhia aérea neozelandesa Air New …

Temperatura do planeta pode estabilizar nos valores de há três milhões de anos

A temperatura no planeta pode estabilizar nos valores de há três milhões a cinco milhões de anos, caso a humanidade consiga estancar as emissões de gases com efeito de estufa até 2030, diz a especialista …

Operação Lex. Juiz Vaz das Neves arguido por corrupção e abuso de poder

O ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa Vaz das Neves é arguido na Operação Lex por suspeitas de corrupção e abuso de poder relacionadas com a distribuição eletrónica de processos, disse à Lusa fonte …

Governo quer licenças de trabalho parcial pagas para pais no primeiro ano dos filhos

O Governo quer implementar licenças de trabalho parcial remuneradas para pais e mães de crianças no seu primeiro ano de vida, no âmbito do programa para a conciliação entre vida profissional e vida familiar e …

Covid-19. Portugal "tem de preparar-se para o pior" e ter plano de contingência

Ricardo Mexia, presidente da Associação Nacional de Médicos de Saúde Pública, defende que Portugal tem de se preparar para o pior e, por esta altura, já devia ser conhecido o plano de contingência em ação. "Convém …

Misteriosa mensagem esculpida numa rocha em França foi finalmente decifrada

A inscrição, gravada há 250 anos numa rocha na região francesa da Bretanha, foi finalmente decifrada graças a um concurso lançado pelo município. O mistério, que há muitos anos intrigava a comunidade científica e curiosos de …

Transferência de Bruno Fernandes rendeu 16 milhões ao BCP e ao Novo Banco

A transferência de Bruno Fernandes do Sporting para o Manchester United foi rentável não apenas para o clube de Alvalade, mas também para os Bancos que são os principais financiadores do emblema. Millennium BCP e …