Três polícias mortos e seis feridos em tiroteio em Baton Rouge

Três polícias morreram e outros seis ficaram feridos num tiroteio este domingo em Baton Rouge, no estado norte-americano do Louisiana, onde a recente morte de um homem negro provocou uma vaga de indignação, informou a polícia.

Ainda não são conhecidas as circunstâncias exactas do tiroteio, mas as forças de segurança terão intervindo após os primeiros disparos.

“Parece que os agentes responderam a um tiroteio“, explicou Casey Rayborn Hicks, porta-voz do xerife, ao canal de televisão local WAFB9.

Vários outros agentes, da polícia de Baton Rouge e dependentes do xerife, ficaram feridos e foram transportados para o hospital local, precisou o comunicado.

“A situação parece estar sob controlo”, disse a uma televisão local o porta-voz da polícia de Baton Rouge, Don Coppola, citado pela agência de notícias francesa.

A imprensa local relatou a presença de três atiradores activos no centro comercial Hammond Aire, em Baton Roug.

Segundo várias testemunhas, três homens vestidos de negro abriram fogo sobre os agentes policiais que acorreram ao local.

Um dos atiradores morreu e dois outros “poderão estar em fuga”, acrescentou um comunicado do gabinete do xerife local.

Um vídeo feito por telemóvel por uma testemunha captou o momento exacto em que os atiradores abriram fogo sobre a polícia.

O tiroteio acontece depois de vários dias de tensão na cidade devido à morte de um homem negro às mãos da polícia, o que gerou protestos em todo o país, incluindo Dallas, no Texas, onde cinco polícias foram assassinados.

Alton Sterling, de 37 anos, morreu em Baton Rouge, abatido pela polícia depois de uma denúncia que alertava para um homem negro que empunhava uma arma e fazia ameaças enquanto vendia CD de música na rua.

Um dia depois Philando Castile, também negro, foi morto pela polícia em Falcon Heights, no Estado de Minnesota.

As mortes, ambas filmadas, provocaram protestos populares e a denúncia de violência policial contra afro-americanos e outras minorias.

A ONU pediu, na sequência destes acontecimentos, que os Estados Unidos investigassem as mortes de cidadãos negros às mãos da polícia.

Estas mortes levaram a manifestações de milhares de pessoas em cidades como Nova Iorque, Los Angeles e Chicago, para protestar contra a violência policial sobre negros.

Em Dallas, no Texas, cinco polícias foram mortos em serviço por atiradores, quando protegiam os manifestantes, a 7 de Julho, naquele que foi o incidente mais grave deste tipo desde o início do ano.

O suspeito, um homem negro de 25 anos, Micah Johnson, disse à polícia que queria matar polícias brancos para vingar os abusos das autoridades.

Contando com as mortes de hoje, 31 polícias morreram este ano em tiroteios nos EUA, segundo a página electrónica Officer Down Memorial Page, que compila o número de agentes policiais mortos em serviço.

Antes do tiroteio de hoje, a 11 de Julho três pessoas morreram num tiroteio num tribunal de Saint Joseph (Michigan), dois dos quais eram polícias do tribunal e um terceiro o autor dos disparos.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Nove meses depois de ter chegado ao United, Bruno Fernandes vai ser capitão

O futebolista internacional português Bruno Fernandes foi escolhido pelo treinador do Manchester United para usar a braçadeira de capitão no encontro da primeira jornada da Liga dos Campeões. O antigo jogador do Sporting, que deixou os …

Preocupada com casos na Europa e América do Norte, OMS insiste na quebra de cadeias de transmissão

Os responsáveis máximos da Organização Mundial da Saúde (OMS) insistiram esta segunda-feira na importância de os governos quebrarem as cadeias de transmissão da covid-19 e afirmaram-se preocupados com o aumento de casos na Europa e …

Aquecer resíduos plásticos com microondas pode gerar hidrogénio limpo

Uma equipa de cientistas conseguiu gerar hidrogénio limpo através de um processo simples, aquecendo resíduos plásticos com microondas. O crescente uso de plástico descartável gerou um sério problema ambiental, sendo que, todos os anos, são produzidas …

Erupções vulcânicas podem explicar os misteriosos cristais da Dinamarca

Algumas das maiores espécies de cristais raros de carbonato de cálcio do mundo, também conhecidos como glendonitas, são encontrados na Dinamarca e isso pode ser explicado pelas erupções vulcânicas. Os cristais foram formados há cerca de …

O antigo campo magnético da Lua pode ter servido de "escudo" para atmosfera da Terra

Há 4 mil milhões de anos, a Lua pode ter protegido a atmosfera Terra, através do seu já extinto campo magnético, do Sol, sugere uma nova investigação, levada a cabo por um especialista da agência …

Coloridos e selados. Descobertos no Egito sarcófagos com mais de 2.500 anos

As autoridades egípcias anunciaram esta segunda-feira a descoberta de uma coleção de sarcófagos datados de há mais de 2.500 anos, na zona arqueológica de Sakkara, a sul da cidade do Cairo. Em comunicado, citado pela agência …

Nokia vai criar para a NASA a primeira rede móvel operacional na Lua

O grupo finlandês Nokia vai fabricar para a NASA aquela que será a primeira rede móvel móvel na Lua, como parte de um projeto de base humana permanente da agência espacial norte-americana, foi esta segunda-feira …

Sarkozy acusado de "associação criminosa". Investigação sobre ligações à Líbia continua

Nicolas Sarkozy, o antigo Presidente francês, está a ser acusado de "associação criminosa" como parte de uma investigação sobre o financiamento da sua campanha presidencial de 2007, particularmente acerca dos seus alegados vínculos com o …

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em três milénios

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em quase três milénios, aponta uma nova investigação da Universidade de Massachusetts em Amherst, nos Estados Unidos, e da Universidade de Quebec, no Canadá. As …

NASA apresenta rover "transformer" que vai explorar os penhascos íngremes de Marte

A NASA acaba de apresentar um rover de quatro rodas, denominado DuAxel, que se pode dividir em dois rovers de duas rodas separados. O robô foi projetado para, um dia, explorar alguns dos terrenos mais …