Três mil jihadistas renderam-se após bombardeamentos ao último reduto do Daesh

Cerca de três mil jihadistas renderam-se nas últimas 24 horas às Forças Democráticas da Síria (FDS), apoiadas por Washington, no leste do país, onde estão a decorrer bombardeamentos contra o último reduto do Daesh.

Do ‘califado’ autoproclamado em 2014 em grandes extensões de território que abrangem a Síria e o Iraque, resta hoje aos jihadistas do Daesh apenas um sector muito pequeno da aldeia de Baghouz, perto da fronteira iraquiana.

As FDS, uma aliança de combatentes curdos e árabes, está desde dezembro numa ofensiva contra o Daesh, com o apoio de uma coligação internacional antijihadista liderada pelos Estados Unidos da América.

Nas últimas semanas, a presença no local de muitos civis, principalmente famílias de jihadistas, desacelerou a ofensiva. “O número de membros do ISIS que se renderam desde a noite de segunda-feira subiu para cerca de 3000, três mulheres yazidis e quatro crianças foram resgatadas”, escreveu Musefa Bali, porta-voz do FDS, na rede social Twitter.

Um comandante de unidade da FDS, Ali Cheir, relatou a suspensão dos combates durante alguns períodos para preparar o caminho para a retirada de pessoas e rendições. “À noite, os aviões da coligação atacam todos os movimentos. De manhã interrompemos totalmente os disparos para que eles se possam render”, afirmou.

O porta-voz da coligação internacional, Sean Ryan, afirmou que ainda existem “centenas de terroristas estrangeiros” no interior da bolsa territorial que continua controlada pelo autoproclamado Estado Islâmico.

Dezenas de milhares de pessoas já foram retiradas do reduto jihadista desde o final de dezembro, de acordo com o Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH). A maioria foi transferida para o campo de deslocados de Al-Hol (no nordeste), onde mais de 66 mil pessoas estão agora, de acordo com o gabinete de coordenação humanitária das Nações Unidas.

Desde dezembro, cerca de 113 pessoas – dois terços delas são crianças menores de cinco anos – morreram a caminho do acampamento ou pouco depois da chegada, segundo a organização da ONU. Iniciada em 2011, a guerra na Síria já causou mais de 360 mil mortos e vários milhões de deslocados e refugiados.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Militares portugueses já salvaram mais de 14 mil migrantes no Mediterrâneo

Marinha, Polícia Marítima e Unidade de Controlo de Costa da GNR, ao serviço da agência Frontex, no sul de Espanha e de Itália, já resgataram 14.151 migrantes no Mediterrâneo desde 2014. As equipas militares portuguesas, a …

Estudantes de Medicina dizem adeus ao "terrível" Harrison

Mais de 2.700 recém-licenciados de Medicina realizaram, esta segunda-feira, a Prova Nacional de Acesso (PNA), que substitui o "terrível" Harrison. Esta segunda-feira, mais de 2.700 candidatos responderam pela primeira vez a 150 questões da Prova Nacional …

Vítimas de legionella de Vila Franca de Xira reclamam 2,6 milhões ao Estado

A Associação de Apoio às Vítimas do Surto de Legionella de Vila Franca de Xira reclama uma indemnização de 2,6 milhões de euros por falhas e omissões de entidades públicas em relação às vítimas que ficaram …

Pelo menos três mortos em tiroteio em supermercado no Oklahoma

Pelo menos três pessoas morreram, esta segunda-feira, num tiroteio num supermercado da cadeia Walmart em Duncan, cidade do Estado norte-americano Oklahoma. O responsável da polícia de Duncan, Danny Ford, citado pela televisão local TNN-ABC, indicou que …

Benfica tem 125 jogadores com contrato profissional. Sporting tem 123 e o FC Porto só 80

O Benfica tem assinado contratos profissionais com cada vez mais jogadores, ao longo dos últimos anos. Actualmente, o clube da Luz tem contrato com 125 atletas. O Sporting está lá perto, com vínculos profissionais com …

Rússia está a negociar a troca de espiões ao estilo do que acontecia na Guerra Fria

A Rússia, a Noruega e a Lituânia realizaram recentemente uma troca de espiões, garantindo o retorno de vários agentes capturados aos seus países de origem. De acordo com chefe da contrainteligência lituana, citado pelo Moscow Times, …

"Totalmente depauperado". Bruno de Carvalho pede dispensa das sessões de julgamento

O ex-presidente do Sporting, que disse ser comentador desportivo, pediu dispensa das sessões, alegando não ter meio de transporte e estar completamente "depauperado". Arrancou, esta segunda-feira, no Tribunal de Monsanto, em Lisboa, o julgamento de 44 …

Nike deixa de vender produtos através da Amazon

A marca desportiva Nike vai deixar de vender as suas peças de roupa e calçado diretamente através da Amazon, acabando com um contrato firmado em 2017, no qual concordava em vender uma variedade limitada de produtos …

Marco António Costa apoia Pinto Luz. Cavaco também era “improvável e desconhecido”

O antigo vice-presidente do PSD declarou, esta segunda-feira, o seu apoio ao candidato Miguel Pinto Luz, afirmando que, em 1985, Cavaco Silva também foi um vencedor "improvável e desconhecido". "Em maio de 1985, o Governo de …

Veneza com "centenas de milhões" de euros de prejuízo por causa das cheias

A cidade de Veneza, com inundações nos últimos dias, voltou este domingo a registar uma maré alta, mas de menor magnitude, tendo as chuvas intensas que afetam Itália levado a alertas para as cidades de …