“Testagem massiva vai começar em pouco tempo”. Plano ainda não está pronto

José Sena Goulão / Lusa

O secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales

O secretário de Estado da Saúde disse, esta segunda-feira, que a testagem massiva vai “começar dentro de pouco tempo”, havendo alguns processos que ainda estão a ser aperfeiçoados.

Em entrevista à RTP3, o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, declarou que, a partir de hoje, o SNS 24 vai começar a fazer prescrição de testes a contactos de baixo risco.

Porém, o plano de testagem massiva, anunciado na semana passada, ainda não está pronto e há arestas a limar, pelo que vai “começar dentro de pouco tempo”, referiu o governante.

“Há aqui alguns processos que temos de aperfeiçoar”, admitiu Lacerda Sales, explicando que a estratégia para as escolas e para as empresas está “ainda a ser elaborada”, dando como exemplo de quanto em quanto tempo é que devem ser feitos os testes.

Questionado sobre se serão as empresas ou o Estado que irão suportar os custos dos testes, Lacerda Sales disse que “essa é ainda uma situação que estamos a ponderar e que teremos de decidir”.

“O Ministério da Saúde tem estado muito sobrecarregado do ponto de vista orçamental e de custos. Se bem que nunca houve qualquer falta em termos de recursos do ponto de vista orçamental para o Ministério”, destacou.

No mesmo dia em que os líderes políticos estiveram reunidos com os peritos no Infarmed, o secretário de Estado adotou a mesma postura da ministra da Saúde, Marta Temido. Houve boas notícias e Lacerda Sales considera que “este confinamento está a produzir resultados, é um confinamento com esperança“, no entanto, sublinhou que “ainda é prematuro estar a falar de desconfinamento”.

Na mesma entrevista, o secretário de Estado disse ainda que o Governo está a estudar a hipótese de afastar as tomas da vacina contra a covid-19, para poder cobrir uma maior percentagem da população e fazer face à escassez de vacinas.

Os especialistas “estão a fazer a ponderação dessa matéria, porque entre o afastamento que permita vacinar mais gente com a primeira dose, sabendo que pode produzir uma eficácia entre os 60% e os 70%, portanto já confere alguma proteção, nomeadamente às camadas mais vulneráveis, ou ter mais gente com as duas doses vacinadas, é uma relação custo benefício que tem de ser muito ponderada”, explicou.

“Estamos a ponderar bem essa matéria para depois tomar a melhor decisão, consoante as necessidades”, concluiu.

De acordo com o jornal Público, a taxa de positividade da covid-19 em Portugal tem vindo a diminuir e ronda agora os 6%.

“É bom sinal. Estamos a caminho dos 5%, que é aquilo que é recomendado internacionalmente”, destaca ao diário o matemático Carlos Antunes. O também investigador da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa salienta que os especialistas estão “agora a considerar os 7% como o limiar máximo que não podemos ultrapassar”.

A testagem massiva poderá impulsionar ainda mais esta descida. “Se se alterar a estratégia, então vamos conseguir empurrar a positividade bem mais para baixo”, disse ainda, acrescentando: “Tem de haver uma mudança de paradigma e as normas têm de começar a produzir resultados”.

Portugal registou, esta segunda-feira, 549 novos casos e 61 mortes por covid-19. Foi o número mais baixo de novas infeções desde outubro do ano passado.

  Filipa Mesquita, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

O segredo da Coreia do Sul para combater a covid-19? Tecnologia de ponta e toque humano

O sucesso da Coreia do Sul a combater a pandemia de covid-19 não assentou apenas no recurso à tecnologia de ponta — também envolveu o tradicional toque humano. De acordo com um recente relatório da Câmara …

Governo: voto contra do Bloco é "definitivo". Marcelo diz que chumbo provoca dissolução

O Governo afirmou este domingo que entendeu o anúncio de voto contra por parte do BE como “uma posição definitiva”, remetendo eventuais novas negociações com este partido para a fase da especialidade do Orçamento do …

Soldados do exército chinês alinhados.

Chinesas querem "empregos de homem" — mas o sistema educacional corta-lhes as asas

Várias escolas, academia e universidades chinesas impõe cotas que limitam o acesso de estudantes do sexo feminino. Mulheres têm de tirar notas mais altas do que os homens para entrar. Um pouco por todo o mundo …

"A Escola de Atenas", quadro de Rafael Sanzio.

Ideias da filosofia grega podem ter-nos conduzido às alterações climáticas

Algumas das ideias defendidas por antigos filósofos gregos podem ter conduzido a civilização rumo às alterações climáticas. Incêndios florestais causados por ventos crescentes e um calor sem precedentes cercaram Atenas, Grécia, no verão passado, cobrindo os …

Vizela 0-1 Benfica | Milagre de São Rafa no último suspiro

A ressaca pós-goleada frente ao Bayern, na Liga dos Campeões, foi difícil para o Benfica. Os comandados de Jorge Jesus sentiram muitas dificuldades frente a um Vizela que sabia que o seu adversário iria patentear …

Otoniel, o camponês paramilitar (e criminoso mais procurado da Colômbia) foi capturado

O governo da Colômbia anunciou este sábado a captura do narcotraficante mais procurado do país, Dairo Antonio Úsuga (com a alcunha de 'Otoniel'), por quem os Estados Unidos ofereciam uma recompensa de cinco milhões de …

"Tratam as doentes como histéricas". O longo caminho da Medicina até levar a sério a dor feminina está a custar vidas

Muitos dos avanços na medicina tiveram apenas metade da população em conta. Para além da falta de representação das mulheres nos estudos médicos, a dor e os relatos das pacientes são muitas vezes desvalorizados nas …

Bloco faz ultimato: vota contra o OE se até 4ª feira o Governo "insistir em impor recusas"

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, avisou este domingo que o BE votará contra o orçamento se até quarta-feira “o Governo insistir em impor recusas onde a esquerda podia ter avanços”, mantendo, no …

Nova faca de madeira é três vezes mais afiada do que as de aço - e pode ser lavada após ser usada

Através do uso de métodos alternativos, uma equipa de cientistas criou uma nova forma endurecida da madeira que pode ser transformada em facas afiadas. A equipa da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, refere que as …

Áustria planeia confinar quem não estiver vacinado contra covid-19

O governo austríaco anunciou que, se ocupação de camas de Unidades de Cuidados Intensivos com pacientes covid-19 atingir nível crítico, pessoas não imunizadas poderão sair de casa apenas em casos excepcionais, como compras essenciais e …