Assassino publicou áudio a dizer que “vingou o profeta”. Pai de aluna e dois menores podem ter sido cúmplices

Francois Mori / POOL / EPA

Emanuel Macron em homenagem a Samuel Paty, professor assassinado numa escola em França

O assassino do professor francês que mostrou caricaturas de Maomé numa aula divulgou uma mensagem de áudio nas redes sociais em que dizia ter vingado o profeta, após publicar uma fotografia da sua vítima, avança esta quarta-feira a AFP.

Citando uma fonte próxima do processo, a agência de notícias francesa escreve que Abdullakh Anzorov, um refugiado checheno nascido em Moscovo, diz, num russo hesitante, que “vingou o profeta”, criticando o professor francês de história e geografia por ter mostrado Maomé “de forma insultuosa”.

Na mensagem publicada nas redes sociais, o agressor está sem fôlego, mas faz várias menções a passagens do Alcorão. “Irmãos, orem para que Alá me aceite como um mártir”, afirma, de acordo com uma tradução da AFP.

Esta mensagem foi acompanhada por dois tweets divulgados por Abdoullakh Anzorov, de 18 anos, no qual admitiu ter matado o professor do colégio Bois d’Aulne, em Conflans-Saint- Honorine, a noroeste de Paris. Pouco tempo depois do assassínio, Abdoullakh Anzorov foi morto a tiro pela polícia, a 200 metros do corpo da sua vítima.

Esta quarta-feira, sete pessoas foram presentes ao tribunal de instrução de Paris por ligações ao ato terrorista, entre as quais dois estudantes, de 14 e 15 anos, que indicaram ao agressor quem era o professor em troca de dinheiro, disse o procurador-geral para o combate ao terrorismo, Jean-François Ricard, numa declaração à imprensa.

A divisão antiterrorista da procuradoria-geral de França defendeu em tribunal a existência de uma relação “direta” entre as críticas nas redes sociais enviadas pelo pai de uma das alunas e o assassínio do professor.

A identificação da vítima, Samuel Paty, de 47 anos, “só foi possível devido à intervenção dos alunos, dois dos quais menores”, disse Ricard, que especificou que o agressor ofereceu entre 300 e 350 euros em troca da informação.

No grupo das sete pessoas presentes em tribunal conta-se também Brahim C., o pai da aluna que apelou a uma mobilização contra o professor nas redes sociais, após duas aulas sobre liberdade de expressão, que se realizaram a 5 e 6 de outubro, numa escola a cerca de 20 quilómetros de Paris, revela o DN.

Os investigadores antiterrorismo, que procuram eventuais cúmplices, estão a analisar as mensagens trocadas, através da aplicação WhatsApp, entre o pai da aluna e o assassino do professor. O radical islâmico Abdelhakim Sefrioui, que acompanhou o pai da aluna na mobilização contra o professor, também esteve presente no tribunal.

As outras três pessoas que se apresentaram esta quarta-feira perante o juiz de instrução são três amigos do agressor que se entregaram à polícia na sexta-feira, dia em que Abdullakh Anzorov decapitou o professor Samuel Paty.

Entretanto, uma homenagem ao professor vai decorrer no pátio da universidade parisiense Sorbonne, com a presença do Presidente francês, Emmanuel Macron. O professor vai ser distinguido com a legião de honra a título póstumo e o filho, de cinco anos, será declarado “aluno da nação”, uma distinção atribuída aos filhos de pais mortos numa guerra ou num atentado.

Na sequência do homicídio, as autoridades francesas prometeram “uma guerra contra os inimigos da República” e, na terça-feira à noite, Macron garantiu a intensificação de ações contra o islamismo radical. França recorda ainda os ataques terroristas de janeiro de 2015 contra o jornal satírico Charlie Hebdo, por esta publicação ter divulgado caricaturas do profeta Maomé.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Há que perder o medo de afirmá-lo. Estamos perante uma religião-ideologia assassina.
    E o pior é as elites fazem concessões atrás de concessões a ela perante a passividade quase generalizada dos europeus.

    • Nem mais. O islamismo há muito que deveria ter sido interdito na Europa, pois trata-se de uma religião que visa impor-se com a sua sharia seja a que custo seja. Incompatível com os valores democráticos europeus.

      • Mas isso podem agradecer aos partidos de extrema-esquerda e esquerda que passam a vida a votar em frança, e portugal ta a um passo de isso acontecer ca.

  2. É mais que tempo de por fim a benevolência, a tolerância desmedida e a caridade Cristã em relação a tais integristas radicais e assassinos. O intolerável tem que ser combatido no seu cerne, au risco do conceito Democrático Europeu, futuramente nada significar, perante a uma islamização galopante da Sociedade Ocidental !

RESPONDER

Parque de esculturas subaquático vai ser inaugurado em Miami

Miami vai servir de casa para um novo parque de esculturas subaquático como nunca viu. O ReefLine é projetado para servir como um recife artificial e vai estar disponível a receber visitantes em dezembro de …

Da "política do filho único" a incentivos à natalidade: como a China tem mudado a sua estratégia populacional

A China está a planear incluir novas medidas para estimular a taxa de natalidade do país e lidar com o rápido envelhecimento da população. A estratégia passa pelo “plano de cinco anos” que deverá estar …

Vacinação será “grande prioridade” de presidência portuguesa da UE

O primeiro-ministro português, António Costa, referiu hoje que a vacinação contra a covid-19 deverá ser uma das “grandes prioridades” da presidência portuguesa do Conselho da União Europeia (UE), após um encontro com o presidente do …

No Cambodja, os aldeões usam "espantalhos mágicos" para afastar a covid-19

Os aldeões do Cambodja têm evitado a pandemia de covid-19 sem máscaras nem distanciamento social, mas sim com "espantalhos mágicos" que espantam o vírus mortal. Os dois espantalhos de Ek Chan, um aldeão de 64 anos, …

O Arecibo desabou. É o fim de uma era à procura de vida extraterrestre

O Observatório de Arecibo, em Porto Rico, morreu. Três semanas depois de um dos principais cabos de sustentação da sua cúpula ter desabado, danificado irremediavelmente o radiotelescópio, o icónico caçador de vida extraterrestre antecipou-se à …

O maior elevador panorâmico do mundo tem vista para os cenários de Avatar

Com o recente lançamento de fotografias subaquáticas dos bastidores do Avatar 2 e a notícia de que Avatar 3 está quase a terminar as filmagens, não há melhor momento para revisitar o parque nacional que …

Pandemia tirou comida da mesa, mas deu asas a startup que transforma plástico do mar em máscaras

A startup portuguesa Skizo transformou a pandemia numa oportunidade de crescimento. Quando faltava comida nalgumas mesas, a empresa de produção de sapatilhas e bolsas passou a fazer máscaras a partir de plástico retirado dos oceanos …

Na Irlanda, o Pai Natal é considerado um "trabalhador essencial"

A Irlanda fez esta semana um anúncio especialmente dedicado às crianças, afirmando que o Pai Natal é considerado um trabalhador essencial no país e, por isso, não terá as suas deslocações restringidas no período natalício. …

Mais 2400 novos casos. Portugal ultrapassa os 300 mil desde o início da pandemia

Portugal ultrapassou hoje a barreira dos 300 mil casos de covid-19 desde o início da pandemia no país, em março, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). Portugal registou mais 2.401 novos casos, tendo passado a contabilizar …

Medidas para o Natal conhecidas no sábado. Passagem de ano com todas as restrições

O primeiro-ministro, António Costa, adiantou hoje que no sábado anunciará as medidas para o Natal “com as melhores condições possíveis”, mas avisou desde já que “a passagem do ano vai ter todas as restrições”. “O Governo …