Tensão na Catalunha afeta realização do Barcelona-Real Madrid

A violência dos protestos na Catalunha está a fazer com que a Liga e a Federação de futebol espanholas repensem a ideia de o clássico entre Barcelona e Real Madrid se realizar em Camp Nou.

O clássico entre o FC Barcelona e o Real Madrid está marcado para o próximo dia 26, em Camp Nou, mas com o caos instalado na cidade catalã — devido aos protestos contra a sentença dos políticos catalães responsáveis pela tentativa de independência de 2017 — surge a possibilidade de a partida ser alterada ou até mesmo adiada.

Segundo a imprensa espanhola, a Liga já pediu à Federação (RFEF) para que o jogo se realize primeiro na capital espanhola, no Estádio Santiago Bernabéu. Desta forma, na segunda volta a partida seria em Barcelona, numa data entre 29 de fevereiro e 1 de março.

O El Mundo, citado pelo Jornal Económico, escreve que o Real Madrid não está especialmente aberto a esta mudança e, se a segurança não estiver garantida, prefere que o jogo seja suspenso e reagendado para outra data.

Por sua vez, o FC Barcelona rejeita disputar o confronto já agendado na casa do principal rival e, caso não estejam reunidas as condições, também quer que a partida seja suspensa.

De acordo com o Mundo Deportivo, citado pela Renascença, o Conselho Superior de Desporto (CSD) considera que “não é razoável manter essa partida tal como está previsto”.

A imprensa avança ainda que o jogo poderá ser adiado para dezembro. A decisão final deverá ser tomada e conhecida na próxima semana.

Na segunda-feira o Supremo Tribunal espanhol condenou nove independentistas catalães a penas de prisão entre os nove e os 13 anos. Em reação, o FC Barcelona criticou esta decisão, lembrando que “a prisão não é solução”.

O Barça manifestou ainda “apoio e solidariedade às famílias” e pediu a todos os responsáveis políticos que iniciem “um processo de diálogo e negociação” para resolver o conflito, que conduza à libertação destes políticos.

Os independentistas foram na sua maioria condenados por crime de sedição e desvio de fundos públicos, uma decisão esperada, que afasta o crime de rebelião defendido pelo Ministério Público, que tinha penas de prisão maiores.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Montijo: ANA pede mais tempo para analisar medidas de mitigação ambiental

A ANA – Aeroportos de Portugal pediu à Agência Portuguesa do Ambiente (APA) uma prorrogação do prazo para analisar as medidas de mitigação propostas pela entidade na Declaração de Impacte Ambiental (DIA) do futuro aeroporto …

Sérgio Conceição ultrapassa número de jogos de José Mourinho

No jogo deste domingo, que o FC Porto acabou por vencer o Boavista com um golo solitário de Alex Telles, Sérgio Conceição cumpriu o seu 128.º jogo como treinador dos dragões - mais uma partida …

Governo australiano acusado de censurar livro sobre história de Timor-Leste

O Ministério dos Negócios Estrangeiros australiano está alegadamente a tentar censurar partes do primeiro de dois volumes da história de operações militares em Timor-Leste, o dedicado à Força Internacional para Timor-Leste (Interfet), segundo revelou a imprensa …

Norte-americanos acordaram com mensagens de texto estranhas nos seus telemóveis

Na passada quinta-feira, uma grande parte da população norte-americana recebeu mensagens estranhas e inexplicáveis, muitas das quais desconfortáveis e até preocupantes. Stephanie Bovee, uma norte-americana de 28 anos de Portland, no oeste dos Estados Unidos, acordou …

Pai que fugiu por 15 países com os dois filhos no ano passado encontrado pela PSP

O pai mudou 15 vezes de país com as crianças desde o verão passado sempre sem o consentimento da mãe e sem que a mãe tivesse qualquer notícia do paradeiro dos filhos, revela a PSP. A …

Daesh está a tentar criar um novo Estado islâmico nas Filipinas

Há dois anos que a bandeira negra do Daesh deixou de esvoaçar no topo de um edifício da cidade de Marawi, em Mindanau, no sul das Filipinas, e o Presidente, Rodrigo Duterte, declarou tê-lo derrotado. …

Operação Marquês. Ex-secretário de Estado de Passos Coelho chamado como testemunha

O juiz de instrução da Operação Marquês, Ivo Rosa, decidiu chamar o ex-secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações Silva Monteiro como testemunha, avança a SIC Notícias. Segundo apurou a estação televisiva, o ex-governante …

Apple e Goldman Sachs acusados de terem criado cartão de crédito sexista

A Apple e o Goldman Sachs estão a ser acusados de terem lançado um cartão de crédito que discrimina os utilizadores em função do género. Um dos últimos a juntar ao rol de críticas ao Apple …

Grimaldo joga consecutivamente há 68 jornadas (só é ultrapassado por um guarda-redes)

Alejandro Grimaldo está há 68 jornadas a jogar consecutivamente a titular na lateral esquerda do Benfica - são dois anos sem descanso. Os números são avançados pelo desportivo A Bola, que dá conta que o lateral-esquerdo …

"Prática comercial enganosa". NOS obrigada a retirar campanha publicitária sobre 5G

A Associação da Auto Regulação Publicitária (ARP) deu razão a uma queixa da Meo e mandou a NOS retirar uma campanha de publicidade sobre um tarifário móvel 5G por considerar que constitui "uma prática comercial …