Já foram dadas 533 mil vacinas. Marta Temido também já foi vacinada

A ministra da Saúde informou, esta segunda-feira, que já recebeu a primeira dose da vacina contra a covid-19, no mesmo dia em que se soube que o primeiro-ministro também foi vacinado.

Na conferência de imprensa para fazer um balanço sobre o Plano de Vacinação contra a covid-19, na sequência da reunião desta manhã com a task-force, Marta Temido anunciou que, até à última sexta-feira, já tinham sido entregues no nosso país 694.800 doses, das quais 42.900 foram enviadas para as regiões autónomas dos Açores e da Madeira.

A governante acrescentou que, esta segunda-feira, está prevista a entrega de 104.130 doses da vacina da Pfizer/BioNTech e, na sexta-feira, mais 93.600 doses da vacina da Oxford/AstraZeneca.

A ministra previu ainda que, durante o primeiro trimestre, Portugal receba 2,5 milhões de doses, em vez das 4,4 milhões inicialmente previstas. “Não está ainda totalmente confirmado e vai sendo confirmado, praticamente, semana a semana com a disponibilidade de informação das próprias companhias”.

Temido informou que, até às 13h00 desta segunda-feira, já foram administradas 533.070 doses, sendo que 333 mil correspondem a primeiras doses e 200 mil a segundas doses. A titular da pasta da Saúde informou que foi vacinada esta manhã, tal como o primeiro-ministro, António Costa.

“Abrangem residentes e profissionais em estruturas residenciais para idosos, profissionais de saúde, pessoas com mais de 80 anos ou pessoas entre 50 e 79 anos e uma das comorbilidades identificadas e profissionais de serviços essenciais. Foi nesse contexto que já foram vacinados alguns titulares de órgãos de soberania e eu própria fui vacinada ao final da manhã”, afirmou.

A ministra declarou que esta semana serão administradas mais cerca de 143 mil doses, sobretudo nas unidades que têm a vacinação atrasada devido a surtos, mas também num “número significativo” de pessoas com mais de 80 anos ou acima de 50 anos com uma das comorbilidades previstas nesta fase. Esta semana, prevê-se ainda a continuidade da vacinação dos profissionais de saúde e dos serviços essenciais.

A governante anunciou que, neste momento, a cobertura vacinal em Portugal continental é de 2,02%, ou seja, o correspondente a 5,40 doses de vacinas por cada 100 residentes no continente.

Simulador “carece de melhorias”

Os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS) disponibilizam, desde domingo, um simulador para que as pessoas com mais de 80 anos ou com mais de 50 e comorbilidades possam ver se estão incluídas nas listas, mas a ministra referiu que este “ainda carece de afinações e de melhorias”.

Na mesma conferência de imprensa, Luís Goes Pinheiro, presidente dos SPMS, informou que, “neste momento, já 23.162 utilizadores utilizaram este portal” e que o sistema também “permite corrigir ou atualizar os dados de contacto”.

O responsável afirmou que o portal ainda está a ser afinado e que, para já, o maior problema está relacionado com pessoas que não têm cartão de cidadão e que têm bilhete de identidade vitalício.

Goes Pinheiro acrescentou que estes problemas estão a ser resolvidos e garantiu que “as pessoas com mais de 80 anos, inscritas no SNS, podem estar tranquilas porque fazem garantidamente parte das listas”. “Se tiverem dificuldades de utilização do portal, experimentem lá mais para o final da semana”, disse ainda.

Passaporte de vacinação ainda não está nos planos

Relativamente à testagem, cuja estratégia foi alterada pela Direção-Geral da Saúde (DGS) na semana passada, Temido informou os jornalistas que a média diária de testes neste mês de fevereiro está a ser de 39 mil testes, um número inferior ao de janeiro, mas superior aos de novembro e dezembro do ano passado.

Questionada sobre a ajuda internacional a Portugal, Temido relembrou que também França e Luxemburgo estão a colaborar com duas equipas médicas e que há vários outros Estados-membros que se disponibilizaram a apoiar o nosso país.

“Consideramos que estas colaborações são importantes (…), mas como o país caminha para uma situação de estabilidade o mais importante é a necessidade de testar os mecanismos de entreajuda entre os países europeus”.

Relativamente à vacinação de pessoas acamadas, “é um tema que está a ser trabalhado com a task-force (…), no sentido da correta identificação das pessoas nestas circunstâncias”, informou Temido.

Sobre as pessoas com mais de 80 anos que ainda não foram contactadas para a vacinação, a ministra sublinhou que “o contacto é feito com um agendamento realizado nos centros de saúde e esse agendamento ainda não abrangeu todas as pessoas“.

“Na semana passada, havia cerca de 40 unidades que já estavam a trabalhar com este sistema e esta semana a previsão é alargar para 495 unidades de saúde, que passarão a ter esta ferramenta de agendamento e convocatória”, explicou.

Questionada sobre a falta de recursos humanos para fazer testagens regulares como, por exemplo, nas escolas ou em obras, Temido afirmou que “a realização dos testes nesses locais podem ser feitos por profissionais de saúde do SNS ou por entidades subcontratadas”.

Ainda sobre a possibilidade de criar um passaporte de vacinação, Temido referiu que essa hipótese ainda não está a ser equacionada, de qualquer forma, “é um dossiê técnico que envolve colaboração entre vários países e é aí que deve ser apreciado”.

Filipa Mesquita Filipa Mesquita, ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. 533000 vacinas… muito bem. Somos 10,7 milhões. A vacinação começou há exatamente cinquenta dias. O trabalho desenvolvido tem sido excelente. 🙂
    Até ao verão, teremos cerca de 7(0)% da população vacinada. Mas deixem-me ficar em coma até dois mil e vinte e tal… tenho a certeza de que somente daqui a alguns anos – e considerando a lentidão desta escória de ministérios e de governantes da Ladroeira mais Básica que pode haver – iremos alcançar a tal normalidade.
    Entretanto, governo, desconfina o povo todo. Desconfina! Faz isso. E, depois, choldra…! 😉

RESPONDER

Já pode "adotar" um pedaço de Notre-Dame para ajudar na sua reconstrução

Uma organização está a dar a oportunidade de o público ajudar na reconstrução de artefactos específicos da catedral de Notre-Dame, em França, que foi parcialmente destruída por um incêndio em 2019. De acordo com a cadeia …

Proporção divina identificada na gerbera

Descobrir como se formam os padrões distintos e omnipresentes das cabeças das flores tem intrigado os cientistas há séculos. Quando se pede a alguém que desenhe um girassol, quase todas as pessoas desenham um grande círculo …

Audi apresenta o novo Q4 e-tron que traz uma autonomia até 520 km

Ainda antes do verão, a Audi vai colocar no mercado o seu primeiro SUV elétrico concebido de raiz e não adaptado a partir de uma plataforma concebida para motores a combustão. O Q4 e-tron destaca-se pela …

Vanuatu em alerta depois de um corpo com covid-19 ter dado à costa

Vanuatu proibiu viagens de e para a sua principal ilha três dias depois de ter dado à costa um corpo de um pescador filipino, que testou positivo à covid-19. De acordo com a Radio New Zealand, …

Cientistas russos querem criar a primeira vacina comestível contra a covid-19

O Instituto de Medicina Experimental de São Petersburgo, na Rússia, anunciou o seu plano de concluir dentro de um ano os testes pré-clínicos da primeira vacina comestível do mundo contra o novo coronavírus. Em entrevista à …

Em plena crise política, o país mais pobre das Américas ainda não recebeu nenhuma vacina

Numa altura em que a maior parte dos países já têm o processo de vacinação a decorrer, o governo do Haiti ainda não garantiu uma única dose da vacina contra o coronavírus. O país mais pobre …

Afinal, Leonardo da Vinci não esculpiu o busto de Flora

Está terminada a controvérsia que durou mais de cem anos após a aquisição do Busto de Flora em 1909, por Wilhelm von Bode. A datação por radiocarbono revelou, recentemente, que a obra não foi …

Crise climática "implacável" intensificou-se em 2020, diz relatório da ONU

Houve uma intensificação "implacável" da crise climática em 2020, com a queda temporária nas emissões de carbono devido ao confinamento a ter um impacto pouco significativo nas concentrações de gases de efeito de estufa, revelou …

Já se sabe o que causou a misteriosa "tempestade de asma", que vitimou dez pessoas em 2016

Em 2016, na cidade de Melbourne, aconteceu o evento de "tempestade de asma" mais grave do mundo. Os cientistas descobriram agora o culpado. No dia 21 de novembro de 2016, as urgências de um hospital em …

Carlos César reivindica papel do PS na construção da democracia e no combate à corrupção

O presidente do PS defendeu, esta segunda-feira, que se deveu ao seu partido o aprofundamento da democracia e os avanços no combate à corrupção, embora admitindo desvios", "erros" e "omissões num ou outro momento da …