Como a energia, tarifa social da Internet vai ser automática (e inclui redes sociais e videochamadas)

A tarifa social de fornecimento de serviços de acesso à Internet em banda larga fixa ou móvel vai ser de atribuição automática pelas empresas prestadoras dos serviços, tal como acontece com os descontos existentes para a eletricidade e o gás natural.

De acordo com o projeto de diploma, ao qual o jornal Público teve acesso, “a aplicabilidade” da tarifa social da Internet “é da responsabilidade” das empresas de comunicações, que terão de verificar a condição dos seus clientes, para saber se lhes deve ser atribuído o “tarifário específico” que o Governo fixar.

A largura de banda necessária e os parâmetros mínimos de qualidade para esta oferta serão definidos pela Anacom.

Os consumidores em situação vulnerável deverão poder aceder a um conjunto mínimo de serviços, como o acesso aos serviços do Estado, ferramentas educativas, e-mail, serviços bancários, consulta de jornais, acesso às redes sociais, mensagens instantâneas e chamadas e videochamadas.

Os beneficiários desta medida são considerados consumidores com baixos rendimentos ou com necessidades sociais especiais, que beneficiem do complemento solidário para idosos, do rendimento social de inserção, de prestações de desemprego, do primeiro escalão do abono de família, da pensão social de invalidez do regime especial de proteção na invalidez ou do complemento da prestação social para inclusão.

Também são elegíveis agregados familiares com rendimento anual igual ou inferior a 5.808 euros acrescidos de 50% por cada elemento do agregado familiar que não disponha de qualquer rendimento (incluindo o próprio), até um limite de dez pessoas, e os beneficiários da pensão social de velhice.

A atribuição da tarifa social “é automática, não carecendo de pedido ou requerimento dos interessados”. As empresas que oferecem serviços de acesso à Internet de banda larga, através do número de identificação fiscal do titular do contrato e da morada fiscal, “solicitam e obtêm, junto da Anacom”, informações relativas à “elegibilidade dos potenciais beneficiários”.

Comprovada a elegibilidade, os operadores “cativam a tarifa social” num “prazo máximo de dez dias após a receção da informação da Anacom”.

A tarifa social será revista anualmente e corresponderá “a um valor fixo aplicável aos consumidores” elegíveis, que será calculado “tendo em conta os preços praticados ao nível nacional para serviços equivalentes ao serviço de acesso à Internet em banda larga, a evolução do mercado e o rendimento das famílias portuguesas”.

Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Portugal regista 973 novos casos e duas mortes

Nas últimas 24 horas, houve 973 novos casos positivos de covid-19 e morreram duas pessoas, segundo os dados do boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde, …

Escritora Manuela Gonzaga é candidata do PAN à Câmara de Lisboa

A escritora, historiadora e ex-jornalista Manuela Gonzaga é a candidata do PAN à presidência da Câmara Municipal de Lisboa, nas próximas eleições autárquicas, anunciou na segunda-feira o partido, remetendo para quarta-feira a apresentação da candidatura. "Com …

Costa Andrade acusa PGR de querer agir "à revelia" da Constituição e da lei

O ex-presidente do Tribunal Constitucional acusou, esta segunda-feira, a Procuradora-Geral da República (PGR) de pretender intervir no processo criminal, classificando esta atuação como "própria de um processo inquisitório" e "à revelia da Constituição e da …

Secretário-geral do PSD prevê "grande resultado" nacional nas autárquicas

O secretário-geral e coordenador autárquico do PSD disse antecipar que o partido terá "um grande resultado no país" e manifestou-se convicto da vitória em Portalegre, com a candidata Fermelinda Carvalho. No jantar de encerramento do primeiro …

"Um absurdo". Em 2424 vagas, só 2 professores com menos de 30 anos devem entrar nos quadros

O envelhecimento da carreira docente volta a fazer parte das reclamações da Federação Nacional de Professores (Fenprof), com o secretário-geral da entidade, Mário Nogueira, a revelar que, no próximo concurso de acesso aos quadros da …

Pfizer investiga pessoas vacinadas que contraíram a doença e estuda impacto da dose de reforço

A farmacêutica Pfizer vai realizar um estudo sobre um grupo de pessoas que depois de vacinadas contra o covid-19 contraíram a doença para determinar se é necessária uma dose de reforço. O anúncio sobre a investigação …

Vídeo da TAP a contratar em Espanha gera revolta. Companhia já abriu inquérito disciplinar

Numa altura em que o cenário do despedimento colectivo na TAP está na agenda política nacional, há um vídeo que revela o director de Recursos Humanos da companhia numa acção de recrutamento de trabalhadores em …

Defesa alega que Salgado tem “lapsos de memória” e “desgaste físico e emocional”

Os advogados apresentam um apanhado do que chamam do perfil psicológico do arguido, bem como as condições físicas em que atualmente se encontra. A contestação conta com 191 páginas. Tendo em conta o escrutínio público a …

"Errar é humano". Rui Moreira defende Medina das críticas (mas garante que no Porto não aconteceria algo semelhante)

Depois de Fernando Medina se ver envolvido no casos dos dados dos ativistas russos, Rui Moreira vem defender o seu homólogo dizendo que este não deverá abandonar a autarquia lisboeta. Em entrevista à TVI24, o Presidente …

"Cena de Kafka ou de Orwell". Bielorrússia exibe Protasevich em conferência de imprensa

As autoridades bielorrussas exibiram, esta segunda-feira, o jornalista Roman Protasevich, numa conferência de imprensa descrita pela oposição como uma "cena kafkiana" e realizada sob "coação". Esta segunda-feira, Roman Protasevich esteve presente numa conferência de imprensa do …