TAP vai suspender acordo de empresa. BE chama Pedro Nuno Santos ao Parlamento

Aero Icarus / Wikimedia

O acordo de empresa assinado entre a TAP e o Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) vai ser suspenso, segundo avança o jornal Público. Bloco de Esquerda chama Pedro Nuno Santos ao Parlamento “com urgência”.

De acordo com o jornal Público, o anúncio da suspensão do acordo de empresa assinado entre a TAP e o Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) foi feito pelo ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos.

O governante está a receber os sindicatos esta semana, aós terem sido confrontados com alguns dados do plano de reestruturação por parte da administração da TAP na sexta-feira passada.

O plano, que tem de ser entregue em Bruxelas até ao próximo dia 10, implica o despedimento de 2.000 trabalhadores efetivos (750 tripulantes, 500 pilotos e 750 trabalhadores de terra), a que se juntam outros cujos contratos não são renovados, bem como um corte de 25% nos salários.

O SNPVAC enviou um curto comunicado aos seus associados depois da reunião com Pedro Nuno Santos, informando que “o ministro informou o sindicato que o AE [acordo de empresa] será suspenso”. O sindicato “repudiou o despedimento de mais 750 tripulantes de cabine (número que continua por explicar), assim como os 25% de redução salarial” e defende que “os argumentos apresentados pelo ministro não clarificaram os números apresentados pela empresa”.

Ao Público, o presidente do SNPVAC, Henrique Louro Martins, disse que não foi dada nenhuma explicação para a suspensão do acordo de empresa por parte do ministro. “A perda de um acordo de empresa é sempre trágica para um grupo profissional”.

Segundo Louro Martins, a suspensão do acordo não provoca alterações salariais, mas vem “mexer com a qualidade de vida dos tripulantes em termos de rácio entre trabalho e descanso”.

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) avançou na segunda-feira com uma providência cautelar a exigir que lhe seja prestada informação sobre o plano de reestruturação da TAP, nomeadamente sobre os despedimentos.

Bloco chama Pedro Nuno Santos ao Parlamento

Segundo o semanário Expresso, os partidos de esquerda estão a pressionar o Governo porcausa dos despedimentos e cortes de salários previstos para a TAP.

No mesmo dia em que o PCP divulgou uma nota em que questiona o Governo sobre o “chamado plano de reestruturação” para a empresa, o Bloco de Esquerda pediu “com urgência” uma audição ao ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, no Parlamento.

Embora o PCP “reserve” uma posição mais definitiva para quando o Governo der a conhecer as medidas que está a planear aplicar à empresa, o partido de Jerónimo de Sousa diz desde já “recusar” a sujeição de qualquer plano a “instâncias internacionais”, porque “só se pode esperar uma intervenção que coloque a TAP à mercê de uma qualquer multinacional do setor da aviação civil”.

Os comunistas garantem que é preciso defender os postos de trabalho e os salários e garantir que a TAP consegue “estar altura” para assegurar a coesão territorial.

Já o Bloco de Esquerda decidiu chamar Pedro Nuno Santos à Assembleia da República para responder ao “enorme vazio” sobre “perguntas fundamentais” a propósito do futuro da empresa.

O partido liderado por Catarina Martins considera “incompreensível” que o plano ainda não seja conhecido e recusando “aceitar que estas decisões sejam tomadas sem o devido escrutínio público”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Milhões de pessoas em risco de tráfico e escravidão devido à crise climática, revela relatório

Milhões de pessoas forçadas a deixar as suas casas por causa da seca severa e ciclones correm o risco da escravidão moderna e de tráfico humano nas próximas décadas, alertou um novo relatório publicado esta …

Mercado teme corrida ao imobiliário com o fim dos vistos gold

A partir de janeiro, segundo as novas regras aplicáveis aos vistos gold, vão deixar de estar abrangidos os investimentos em imobiliário com destino a habitação em Lisboa, no Porto e no litoral. O regime que visa …

Desempregados inscritos no IEFP caem 10% em agosto

O número de desempregados inscritos no Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) voltou a cair, pelo quinto mês consecutivo. Agosto fechou com 368.404 desempregados inscritos nos serviços públicos de emprego De acordo com os dados …

Agora que a catedral de Notre-Dame está estabilizada, pode dar-se início à reconstrução

Dois anos e meio após o incêndio que devastou a catedral de Notre-Dame, o edifício encontra-se seguro para iniciar o processo de reconstrução, que se espera estar concluído em 2024. Os trabalhos de segurança e consolidação …

Agente de viagens burlou Cristiano Ronaldo em 200 mil euros

Cristiano Ronaldo foi burlado, ao longo de mais de três anos, pela funcionária de uma agência de viagens a quem confiou os seus cartões de crédito e códigos. Jorge Mendes, Gestifute, Nani e Manuel Fernandes …

França diz-se "enganada" pela Austrália após suspensão de contrato de submarinos

Na semana passada, Estados Unidos, Austrália e Reino Unido anunciaram um acordo de defesa que inclui o desenvolvimento de submarinos nucleares na Austrália. O embaixador francês na Austrália, Jean-Pierre Thebault, disse esta segunda-feira que a França …

Sete mortos e 306 infetados nas últimas 24 horas

Portugal registou, esta segunda-feira, 306 novos casos e sete mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal …

Rússia Unida anuncia vitória nas legislativas

O partido do Kremlin, Rússia Unida, reivindicou no domingo a vitória nas eleições legislativas russas, mas a sua maioria constitucional na Duma, a câmara baixa do parlamento, está ainda por apurar, após a contagem de …

Cientistas estão a dar vida ao holodeck, um holograma que você pode tocar

Os cientistas estão cada vez mais perto de tornar o holodeck uma realidade. Investigadores estão a criar um holograma que você pode tocar. A série Star Trek: The Next Generation apresentou a milhões de pessoas a …

A partir de novembro, EUA passam a permitir entrada de estrangeiros totalmente vacinados

A partir do início de novembro, os Estados Unidos passam a permitir a entrada de viajantes da União Europeia (UE) e do Reino Unido, desde que estejam totalmente vacinados. Os Estados Unidos vão reduzir as restrições …