Talho vende carne com foto de mulher na praia. MDM já apresentou queixa

Talho Carnes Sá da Bandeira em Vila Nova de Gaia

Um talho de Vila Nova de Gaia utilizou vários cartazes publicitários com a imagem de uma mulher na praia para promover a venda de carne de porco, de vitela e de frango. Os cartazes já foram retirados e o Movimento Democrático de Mulheres queixou-se à Comissão para a Igualdade de Género.

A publicidade em causa é do Grupo Carnes Sá da Bandeira, de Vila Nova de Gaia. Nos cartazes anuncia-se a venda de carne de vitela branca ou de lombo para assar e de coxas de frango, associando-a à imagem de uma mulher em biquíni na praia.

O grupo já veio, entretanto, pedir desculpa pelo “mal-entendido”, depois de ter despoletado a polémica, e retirou os cartazes da montra.

O Movimento Democrático de Mulheres (MDM) já apresentou queixa à Comissão para a Igualdade de Género por causa da publicidade, alegando que está farto de ver o corpo da mulher a servir, “subliminar ou explicitamente, para vender todo o tipo de produtos, num mercado que tem interesse em vender e que sabe que assim assegura melhor esse objectivo”.

“Dirão alguns que `o mal está nos olhos de quem o vê`. Outros, talvez, que as imagens não estarão associadas ao produto, mas sim à estação do ano”, escreve o MDM no texto da queixa, sublinhando que “é tempo de dizer que as mulheres não são mercadoria, não são produtos vendáveis, nem podem os seus corpos ser usados como tal”.

O MDM diz que a prática é “vexatória” e que “ajuda a manter estereótipos de género, a disseminar e a naturalizar o desrespeito pelas mulheres enquanto seres humanos, desrespeito esse que incita à submissão, ao escárnio e à própria violência contra as mulheres”.

“Este tipo de publicidade viola claramente o Código da Publicidade, que no seu Artigo 7.º (Princípio da licitude) proíbe a publicidade que, pela sua forma, objecto ou fim, ofenda os valores, princípios e instituições fundamentais constitucionalmente consagrados, bem como proíbe publicidade que atente contra a dignidade da pessoa humana e contenha qualquer discriminação em relação à raça, língua, território de origem, religião ou sexo”, acrescenta o Movimento.

O MDM pede a intervenção da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género junto das entidades competentes para a fiscalização e instrução de processos de contra-ordenação para que se apurem todas as responsabilidades e consequências.

A Carnes Sá da Bandeira fala do caso como um “mal-entendido”, alegando na sua página do Facebook que, “à semelhança do ano anterior, foram elaborados cartazes alusivos ao Verão cuja associação de imagens levou a interpretações” que não ocorreram à empresa.

A empresa também frisa que já retirou os cartazes, pedindo “desculpa pelo sucedido” e constatando que “em momento algum” teve a “intenção de ofender quem quer que fosse”.

A Carnes Sá da Bandeira sublinha ainda estar no mercado há 30 anos “com respeito, consideração, deferência e muito apreço por todos os seus clientes, fornecedores e pessoas em geral”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Se estiver um rapazinho no cartaz, já pode ser?? Se em vez das queixas se dedicassem a coisas importantes!… A função da publicidade é captar atenções para uma mensagem comercial… logo a imagem da praia cumpre perfeitamente o objectivo! Parecem nazis… qualquer dia em vez de cotas de 50-50 (para evitarem a regra do mérito) vão conseguir impôr quotas de 90-10!… Estou farto de feminazismos!!

  2. Que futilidade e que implicância gratuita! Ocupem-se com coisas úteis.
    Sou mulher e não me senti ofendida com o cartaz!
    Abaixo este fundamentalismo!!

  3. Eu vi o cartaz e vamos lá todos com calma refletir um pouco. Pôr uma mulher, quase toda descascada, na praia e por baixo dizer o preço a que está o quilo da vaca… parece-me excessivo.
    No mínimo estão a chamar vaca à mulher e admite-se a possibilidade que a criatura até estará à venda.

  4. Congratulo-me por constatar a presença de mulheres a desvalorizarem esta situação.
    Isto está a tomar proporções, que são afinal as previsíveis.
    As radicais estão a aproveitar a ‘boleia’ do clima instalado e nem se apercebem que é por causa destes fundamentalismos que ‘surgem’ os TRUMPS e todos os que ouvem o que ele diz.
    porque:…..ESTÃO FARTOS DESTE FASCISMO POLITICO-CORRECTO!!!!!Vamos lá chamar os BOIS (ou as VACAS) pelo nome.
    E quem se ofender,…enerve-se e esconda-se. (tenrinhos da mer**)

  5. Se na imagem constasse um casal na praia ou apenas uma foto de praia ou de um aquashow talvez não houvesse mal entendidos. Convenhamos que para vender vitela branca, tiras de entrecosto, costeletas, lombo e coxas de frango a imagem não é lá muito apropriada.

John Cleese esgota três coliseus em 48 horas

John Cleese vai estar no Coliseu de Lisboa com “Last Time To See Me Before I Die” durante três dias. O humorista britânico esgotou as três datas em apenas 48 horas. Durante esta madrugada (10), a …

Descoberta no Egito múmia de grande animal semelhante a um leão

O Ministério das Antiguidades egípcio anunciou esta segunda-feira que uma equipa de arqueólogos desenterrou uma múmia de um grande animal incomum, semelhante a um leão ou uma leoa. “É um animal muito estranho, como um gato …

Ex-agentes da DEA revelam detalhes da vida de Escobar na prisão que o próprio construiu

Dois dos agentes do DEA, que durante mais de um ano participaram na operação de captura de Pablo Escobar, revelaram alguns detalhes sobre a vida do narcotraficante e ex-líder do cartel de Medellín na prisão La …

Num jardim zoológico da Austrália, há concertos ao vivo (para entreter os elefantes)

https://vimeo.com/372400002 O jardim zoológico de Melbourne está a desenvolver um programa mundial de músicos para tocar para a sua multigeracional manada de elefantes asiáticos em perigo de extinção para que melhore a ligação entre os seis …

Montijo: ANA pede mais tempo para analisar medidas de mitigação ambiental

A ANA – Aeroportos de Portugal pediu à Agência Portuguesa do Ambiente (APA) uma prorrogação do prazo para analisar as medidas de mitigação propostas pela entidade na Declaração de Impacte Ambiental (DIA) do futuro aeroporto …

Sérgio Conceição ultrapassa número de jogos de José Mourinho

No jogo deste domingo, que o FC Porto acabou por vencer o Boavista com um golo solitário de Alex Telles, Sérgio Conceição cumpriu o seu 128.º jogo como treinador dos dragões - mais uma partida …

Governo australiano acusado de censurar livro sobre história de Timor-Leste

O Ministério dos Negócios Estrangeiros australiano está alegadamente a tentar censurar partes do primeiro de dois volumes da história de operações militares em Timor-Leste, o dedicado à Força Internacional para Timor-Leste (Interfet), segundo revelou a imprensa …

Norte-americanos acordaram com mensagens de texto estranhas nos seus telemóveis

Na passada quinta-feira, uma grande parte da população norte-americana recebeu mensagens estranhas e inexplicáveis, muitas das quais desconfortáveis e até preocupantes. Stephanie Bovee, uma norte-americana de 28 anos de Portland, no oeste dos Estados Unidos, acordou …

Pai que fugiu por 15 países com os dois filhos no ano passado encontrado pela PSP

O pai mudou 15 vezes de país com as crianças desde o verão passado sempre sem o consentimento da mãe e sem que a mãe tivesse qualquer notícia do paradeiro dos filhos, revela a PSP. A …

Daesh está a tentar criar um novo Estado islâmico nas Filipinas

Há dois anos que a bandeira negra do Daesh deixou de esvoaçar no topo de um edifício da cidade de Marawi, em Mindanau, no sul das Filipinas, e o Presidente, Rodrigo Duterte, declarou tê-lo derrotado. …