Sugestão sobre injeções de desinfetante foi sarcástica, diz Trump

Chris Kleponis / EPA

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse esta sexta-feira que as suas observações sobre possíveis injeções de desinfetante para combater o novo coronavírus foram “sarcásticas”.

Donald Trump afirmou na quinta-feira que investigadores estavam a analisar o efeito de desinfetantes sobre o novo coronavírus, aproveitando o seu briefing diário na Casa Branca para perguntar aos jornalistas e a uma especialista presente na sala se a inserção desses químicos nos pulmões poderia ser uma possibilidade de cura.

Fiz uma pergunta sarcasticamente aos jornalistas”, declarou esta sexta-feira o Presidente norte-americano, quando questionado sobre os seus comentários acerca da eficácia de desinfetantes para combater a pandemia de covid-19.

Horas antes, a porta-voz da Casa Branca Kayleigh McEnany tinha oferecido uma outra explicação, referindo que as palavras do Presidente tinham sido tiradas do contexto. “O Presidente disse repetidamente que os americanos devem consultar médicos sobre o tratamento para o coronavírus”, disse Kayleigh McEnany, num comunicado.

A mensagem do Presidente causou alarme na empresa que fabrica os desinfetantes Lysol e Dettol, que emitiu um comunicado a contrariar “recentes especulações”, sem, contudo, mencionar a observação de Trump.

“Como líderes globais em produtos de saúde e higiene, queremos deixar claro que, sob nenhuma circunstância, os nossos produtos desinfetantes devem ser administrados no corpo humano (por injeção, ingestão ou qualquer outra via)”, anunciou a empresa Reckitt Benckiser, em comunicado.

Os investigadores procuram testar o efeito de desinfetantes na saliva e nos fluidos respiratórios, em ambiente de laboratório, explicou William Brian, do setor de Ciência e Tecnologia do Departamento de Segurança Interna, numa informação que provocou o comentário do Presidente.

Marinha dos EUA regista novo surto em navio

Também nesta sexta-feira, as Forças Armadas dos Estados Unidos anunciaram que um surto do novo coronavírus afetou mais um navio da marinha norte-americana.

Pelo menos 17 membros da tripulação do navio ‘destroyer’ “USS Kidd” estão infetados com o novo coronavírus e as equipas médicas estimam que o número possa subir, disse a marinha dos Estados Unidos, num comunicado.

O “USS Kidd” está a navegar nas águas do Caribe, numa missão de combate ao tráfico de droga na região, devendo agora regressar à sua base. Um dos tripulantes que apresentava sintomas de covid-19 foi transportado para um centro médico, onde testou positivo, levando o comandante do navio a pedir o rastreamento dos seus contactos.

“Ele [tripulante] já está a recuperar e vai ficar isolado. Estamos a tomar todas as precauções para garantir que identificamos, isolamos e evitamos a propagação a bordo”, afirmou o contra-almirante Don Gabrielson, comandante do Comando Sul das Forças Navais dos Estados Unidos e da Quarta Frota.

A marinha adiantou que o navio regressará à base, onde a tripulação continuará a limpar e desinfetar o navio, observando os protocolos das autoridades sanitárias.

A marinha norte-americana já tinha registado um outro surto do novo coronavírus a bordo do “USS Theodore Roosevelt”, um porta-aviões ancorado em Guam, onde foram registados mais de 800 casos de contaminação.

Os Estados Unidos já registaram mais de 800.000 casos de infeção com o novo coronavírus, com cerca de 50.000 mortes.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Merica!…
    “Sugestão de Donald Trump leva a pico de intoxicações por desinfetante em Nova Iorque”
    cmjornal.pt/mundo/detalhe/sugestao-de-donald-trump-leva-a-pico-de-intoxicacoes-por-desinfetante-em-nova-iorque

Responder a Eu! Cancelar resposta

Não foram meteoros. Uma forte atividade vulcânica arrefeceu a Terra há 13 mil anos

Porque é que a Terra arrefeceu repentinamente há 13 mil anos? Sedimentos antigos encontrados numa caverna no Texas, nos Estados Unidos, parecem ter resolvido este grande mistério. Alguns cientistas acreditam que o fenómeno que arrefeceu repentinamente …

Novo método prevê erupções solares com algumas horas de antecedência

Um novo método capaz de prever explosões solares poderia ajudar a Humanidade a preparar-se contra possíveis desastres causados por este fenómeno explosivo da nossa estrela. As erupções solares são explosões que ocorrem na superfície do Sol …

Mulan a preço premium estreia na Disney+ em setembro

A adaptação live-action de Mulan tem nova data de estreia. O anúncio foi feito pela Disney nesta terça-feira (4). O filme chega à plataforma de streaming Disney+ no dia 4 de setembro, estando disponível em …

Belgas trocam as voltas à pandemia e passam férias nas árvores

Enquanto uns passam o verão em casa, outros atrevem-se a ter uma experiência diferente. Alguns belgas estão a passar as noites de verão pendurados em árvores, em tendas em forma de lágrima. A pandemia de covid-19 …

Máscara inteligente traduz até oito línguas (mas não protege do coronavírus)

Esta máscara inteligente, criada por uma empresa japonesa, consegue traduzir o discurso do seu utilizador em várias línguas (mas, por si só, não o protege do novo coronavírus). Quando a pandemia de covid-19 transformou as máscaras …

Empresa fica com excedente de 40 mil quilos de frutos secos devido à covid-19

A GNS Foods, a empresa que nos últimos 30 anos forneceu os frutos secos à American Airlines, ficou com um excedente de 40 mil quilos por causa de restrições impostas devido à covid-19. Servir frutos secos …

Astronautas da NASA fizeram partidas por telefone para "matar" tempo durante o regresso à Terra

Os astronautas da NASA Bob Behnken e Doug Hurley fizeram algumas partidas por telefone durante o regresso à Terra a bordo cápsula Dragon, da empresa SpaceX de Elon Musk, num voo que foi duplamente histórico. …

Em plena pandemia, há um venezuelano que assegura os funerais no Peru

Ronald Marín é a última esperança para os habitantes de Comas, em Lima. O venezuelano é o único que realiza funerais católicos num cemitério longe do centro da capital, em plena pandemia. Vestido com uma túnica …

Covid-19 pôs mais de um milhão de portugueses em teletrabalho no 2.º trimestre

Um milhão de pessoas esteve em teletrabalho no segundo trimestre, sobretudo devido à covid-19, o equivalente a 23,1% da população empregada, enquanto mais de 600 mil não trabalharam nem no emprego nem em casa. De acordo …

Dia da Defesa Nacional regressa ao formato presencial a 2 de setembro

O Dia da Defesa Nacional, que está suspenso desde o dia 9 de março devido à pandemia de covid-19, irá regressar ao formato presencial a 2 de setembro, anunciou o Governo esta quarta-feira. Em comunicado, o …