Uma estratégia controversa que acabou por dar frutos. Suécia pode ter evitado o pior da crise

Jonas Ekstromer / TT News Agency

O primeiro-ministro da Suecia, Stefan Löfven

A Suécia adotou uma estratégia muito controversa para lidar com a pandemia de covid-19, mas pode ter-lhe valido um caminho mais fácil para sair da crise económica.

A Suécia, que foi muito criticada por ter recusado estratégias de confinamento no início da pandemia de covid-19, está a ser elogiada pelos economistas, que afirmam que é hoje um dos países europeus que melhor se terá saído no segundo trimestre – pelo menos, no que diz respeito à evolução da economia.

O país vai publicar, esta terça-feira, dados preliminares sobre a evolução do Produto Interno Bruto (PIB) entre abril e junho. No entanto, economistas consultados pela Bloomberg, e citados pelo Jornal de Negócios, antecipam uma contração de 7%.

Não há dúvidas que, a verificar-se, esta é uma queda histórica para o país nórdico, mas é uma travagem muito inferior à registada por outros países europeus e pelos Estados Unidos. “Acreditamos que a queda do PIB no segundo trimestre provavelmente terá sido cerca de um terço do observado na Zona Euro”, disse David Oxley, economista da Capital Economics.

Ainda assim, há o reverso da medalha: a Suécia tem uma das maiores taxas de mortalidade do mundo (56,4 por 100 mil habitantes) e a economia parece não ter um desempenho muito superior ao das vizinhas Dinamarca e Noruega, que impuseram confinamentos rigorosos no início da crise sanitária.

A confirmar-se, a quebra do PIB deste país nórdico terá sido cerca de metade da descida registada pelos países do euro, que viram a economia contrair 15% no segundo trimestre deste ano, segundo os dados do Eurostat, revelados na passada sexta-feira.

O Negócios realça que a queda histórica foi superior ao previsto (-14,5%) e compara com a contração homóloga de 3,1% registada nos três meses anteriores.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

12 COMENTÁRIOS

  1. Realmente, quando se coloca a vida das pessoas em risco em nome da economia, mal vai esse país. A Suécia tem um governo que é uma vergonha, que não teve peias em deixar morrer pessoas com Covid, em nome de não parar a economia. Shame on you…

    • Vale a pena relembrar que o COVID19 ainda não passou, a Suécia já algum tempo que controlou o número de mortos, o resto da Europa se está a preparar para a segunda vaga, a Espanha está outra vez a confinar grande parte da população.

      Assim que para já, apesar do elevado número de mortos, a estratégia parece não ter sido má.
      Considerar que outros países da Europa tiveram números superiores apesar do intento das notícias de não falar neles porque seguiram as políticas de confinamento e subsídios, sendo eles a prova de talvez não tenham sido a opção correta.

      Por outro lado, estamos apenas a falar de número de mortos por covid, falta contabilizar as mortes causadas pelo cancelamento de consultas, pelo confinamento e ainda outros factores, mas como o jornalismo de investigação está confinado e a viver ás custas de subsídios, temos apenas o jornalismo de propaganda política que se fica pelos comunicados governamentais e os ataques fáceis á Suécia, Brazil e EUA.

      • Parabéns pela lucidez – infelizmente em Portugal há poucos adultos – só criancinhas assustadas e de pouca reflexão – e só daqui a uns 10 anos. olhando para a desgraça causada à nossa e futuras gerações, conseguirão começar a perceber o que o Senhor diz.

  2. Não há dúvida que os nórdicos são mesmo frios a tomarem decisões. Vejam a sua frieza em relação aos problemas dos povos do sul que decidiram e, muito bem, proteger os seus velhinhos, (Uma enorme fonte de sabedoria)!Eles só fazem cálculos à economia! Será que uma vida humana não vale mais do que um barril de petróleo? Nós não devíamos ter entrado no barco com estes agiotas , calculistas e desumanos!! Consomem as nossas riquezas e poupanças e ainda se autointitulam de frugais!!!!!!!

  3. A Suécia tem a vantagem da baixa densidade populacional. Mesmo assim, é o que se vê. Havendo uma segunda vaga, esta afetará todos nós, Suécia incluída. Se for semelhante à da Gripe Espanhola, os mais jovens serão mais atingidos o que não será para estranhar tendo em conta o reinício das aulas. Mas espero que não aconteça nada disso, nem a nós, nem aos suecos, nem a ninguém. Exceto os talibans e os alqaidas e essa gente transviada.

  4. Não sei se os que defendem a política economicista da Suécia se também defendem a política economicista do PCP que angaria, na Festa do Avante, metade dos seus fundos. Aliás, quase podia apostar que se o PCP estivesse no governo, a estratégia de combate à pandemia não divergiria muito da seguida pelos suecos. Tudo em nome, claro está, da defesa dos postos de trabalho e da manutenção do nível salarial dos trabalhadores.

RESPONDER

Asteróide passará a grande velocidade pela Terra em março. É o maior (e o mais veloz) de 2021

Um asteróide com um diâmetro de até 1,7 quilómetros passará pela Terra a grande velocidade no próximo mês de março, de acordo com dados publicados recentemente pelo Laboratório de Propulsão a Jato da NASA. Apesar de …

Bactérias benéficas do leite materno mudam ao longo do tempo

De acordo com um novo estudo, a mistura de bactérias benéficas transmitidas pelo leite materno muda significativamente com o tempo. Este pode atuar como uma injeção de reforço diário para a imunidade e metabolismo infantil. Os …

Quando um tigre vale mais morto do que vivo: A sórdida realidade das quintas de procriação

Em alguns países asiáticos, quintas de procriação de tigres exploram até ao tutano o valor económico do animal, submetendo-o a condições de vida degradantes. Tigres já foram puderam ser encontrados em grande parte da Ásia, do …

Ana Estrada Ugarte. Em decisão histórica, Peru abre as portas à eutanásia

Numa decisão histórica esta quinta-feira, o 11.º Tribunal Constitucional do Superior Tribunal de Justiça de Lima, no Peru, ordenou ao Ministério da Saúde do país que respeitasse a vontade de Ana Estrada Ugarte de acabar …

Árbitros estrangeiros na próxima época? APAF recusa "atestado de incompetência"

A Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF) tem a certeza de que o Conselho de Arbitragem (CA) não irá passar um "atestado de incompetência" aos árbitros portugueses, chamando estrangeiros para encontros de Ligas nacionais. Segundo …

Depois do desconforto que a série causou na Família Real, Harry defende "The Crown"

Durante uma entrevista a James Corden, para o programa americano The Late Late Show, o príncipe Harry defendeu a série The Crown da Netflix, explicando que embora não seja “estritamente precisa”, retrata a pressão da …

Benfica vai apresentar queixa por ameaças de morte a Vieira e vandalismo

O Benfica vai avançar com queixas devido às ameaças de morte ao presidente do clube em tarjas colocadas nas imediações do Estádio da Luz, mas também pela vandalização de várias casas benfiquistas. Segundo o jornal online …

Submarino civil transparente pode levá-lo ao local do naufrágio do Titanic

A Triton, uma empresa com sede na Florida, fabrica submarinos civis de última geração há mais de uma década. Agora, vai fazer nascer o Triton 13000/2 Titanic Explorer, que para além de oferecer aos passageiros …

Catorze detidos nos novos protestos em Barcelona a favor de Pablo Hasél

Pelo menos 14 pessoas foram detidas pela polícia catalã, este sábado, durante os distúrbios que se seguiram a mais uma manifestação em Barcelona a reclamar a libertação do rapper Pablo Hasél. Segundo o jornal Público, pelo …

Procuradores avançam para tribunal contra nomeações de chefias

O Conselho Superior do Ministério Público (CSMP) está envolvido numa nova polémica, depois do concurso que culminou na indigitação de José Guerra para a Procuradoria Europeia. Segundo avança o Jornal de Notícias, este domingo, um concurso para …