Uma estratégia controversa que acabou por dar frutos. Suécia pode ter evitado o pior da crise

Jonas Ekstromer / TT News Agency

O primeiro-ministro da Suecia, Stefan Löfven

A Suécia adotou uma estratégia muito controversa para lidar com a pandemia de covid-19, mas pode ter-lhe valido um caminho mais fácil para sair da crise económica.

A Suécia, que foi muito criticada por ter recusado estratégias de confinamento no início da pandemia de covid-19, está a ser elogiada pelos economistas, que afirmam que é hoje um dos países europeus que melhor se terá saído no segundo trimestre – pelo menos, no que diz respeito à evolução da economia.

O país vai publicar, esta terça-feira, dados preliminares sobre a evolução do Produto Interno Bruto (PIB) entre abril e junho. No entanto, economistas consultados pela Bloomberg, e citados pelo Jornal de Negócios, antecipam uma contração de 7%.

Não há dúvidas que, a verificar-se, esta é uma queda histórica para o país nórdico, mas é uma travagem muito inferior à registada por outros países europeus e pelos Estados Unidos. “Acreditamos que a queda do PIB no segundo trimestre provavelmente terá sido cerca de um terço do observado na Zona Euro”, disse David Oxley, economista da Capital Economics.

Ainda assim, há o reverso da medalha: a Suécia tem uma das maiores taxas de mortalidade do mundo (56,4 por 100 mil habitantes) e a economia parece não ter um desempenho muito superior ao das vizinhas Dinamarca e Noruega, que impuseram confinamentos rigorosos no início da crise sanitária.

A confirmar-se, a quebra do PIB deste país nórdico terá sido cerca de metade da descida registada pelos países do euro, que viram a economia contrair 15% no segundo trimestre deste ano, segundo os dados do Eurostat, revelados na passada sexta-feira.

O Negócios realça que a queda histórica foi superior ao previsto (-14,5%) e compara com a contração homóloga de 3,1% registada nos três meses anteriores.

ZAP //

PARTILHAR

12 COMENTÁRIOS

  1. Realmente, quando se coloca a vida das pessoas em risco em nome da economia, mal vai esse país. A Suécia tem um governo que é uma vergonha, que não teve peias em deixar morrer pessoas com Covid, em nome de não parar a economia. Shame on you…

    • Vale a pena relembrar que o COVID19 ainda não passou, a Suécia já algum tempo que controlou o número de mortos, o resto da Europa se está a preparar para a segunda vaga, a Espanha está outra vez a confinar grande parte da população.

      Assim que para já, apesar do elevado número de mortos, a estratégia parece não ter sido má.
      Considerar que outros países da Europa tiveram números superiores apesar do intento das notícias de não falar neles porque seguiram as políticas de confinamento e subsídios, sendo eles a prova de talvez não tenham sido a opção correta.

      Por outro lado, estamos apenas a falar de número de mortos por covid, falta contabilizar as mortes causadas pelo cancelamento de consultas, pelo confinamento e ainda outros factores, mas como o jornalismo de investigação está confinado e a viver ás custas de subsídios, temos apenas o jornalismo de propaganda política que se fica pelos comunicados governamentais e os ataques fáceis á Suécia, Brazil e EUA.

      • Parabéns pela lucidez – infelizmente em Portugal há poucos adultos – só criancinhas assustadas e de pouca reflexão – e só daqui a uns 10 anos. olhando para a desgraça causada à nossa e futuras gerações, conseguirão começar a perceber o que o Senhor diz.

  2. Não há dúvida que os nórdicos são mesmo frios a tomarem decisões. Vejam a sua frieza em relação aos problemas dos povos do sul que decidiram e, muito bem, proteger os seus velhinhos, (Uma enorme fonte de sabedoria)!Eles só fazem cálculos à economia! Será que uma vida humana não vale mais do que um barril de petróleo? Nós não devíamos ter entrado no barco com estes agiotas , calculistas e desumanos!! Consomem as nossas riquezas e poupanças e ainda se autointitulam de frugais!!!!!!!

  3. A Suécia tem a vantagem da baixa densidade populacional. Mesmo assim, é o que se vê. Havendo uma segunda vaga, esta afetará todos nós, Suécia incluída. Se for semelhante à da Gripe Espanhola, os mais jovens serão mais atingidos o que não será para estranhar tendo em conta o reinício das aulas. Mas espero que não aconteça nada disso, nem a nós, nem aos suecos, nem a ninguém. Exceto os talibans e os alqaidas e essa gente transviada.

  4. Não sei se os que defendem a política economicista da Suécia se também defendem a política economicista do PCP que angaria, na Festa do Avante, metade dos seus fundos. Aliás, quase podia apostar que se o PCP estivesse no governo, a estratégia de combate à pandemia não divergiria muito da seguida pelos suecos. Tudo em nome, claro está, da defesa dos postos de trabalho e da manutenção do nível salarial dos trabalhadores.

RESPONDER

Pizza para Itália e salmão para a Noruega. Emissora pede desculpa por imagens usadas nos Jogos Olímpicos

O canal de televisão sul-coreano MBC pediu desculpa publicamente após usar imagens para representar países durante a cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Fotos de pizza para a comitiva italiana, de salmão para a …

"Quanto mais cedo, melhor". A dona da Marlboro apoia a proibição dos cigarros até 2030

O CEO da Philip Morris Internacional, dona da Marlboro, apoia a proibição da venda de cigarros, mas os activistas anti-tabaco já acusaram a empresa de hipocrisia por tentar comprar uma farmacêutica enquanto lucra com o …

Bezos e Branson não são astronautas, clarifica Administração da Aviação norte-americana

Dúvida instalou-se depois dos voos que levaram os dois bilionários ao espaço. Novas diretrizes da Administração Federal de Aviação vêm esclarecer.  Após os voos que os tornaram nos primeiros turistas espaciais, Jeff Bezos e Richard Branson …

Soldados afegãos buscam refúgio no Paquistão após perderem postos na fronteira

Quase meia centena de soldados afegãos buscaram asilo no Paquistão após perderem para os Talibãs o controle das posições militares na fronteira, informou o exército paquistanês esta segunda-feira. Centenas de soldados do exército afegão e oficiais …

Portugal ultrapassa Estados Unidos em população com vacinação completa

EUA vivem atualmente um planalto no seu processo de vacinação, com pouco mais de meio milhão de cidadãos a serem vacinados diariamente. Desaceleração no ritmo de inoculações é atribuída a motivações pessoais da população e …

Mulher que vestia camisola com capa do Charlie Hebdo ferida em Londres

Uma mulher que vestia uma camisola estampada com uma capa da revista satírica francesa Charlie Hebdo foi ferida levemente com arma branca no domingo em Hyde Park, em Londres, informou a polícia, que pediu colaboração …

Novo Banco. Comissão de inquérito aprova que resolução do BES foi "fraude política"

A comissão de inquérito ao Novo Banco aprovou uma proposta do PCP de alteração ao relatório referindo que a resolução do BES e a sua capitalização inicial, de 4.900 milhões de euros, foi "uma fraude …

BCP prevê saída de mais de 800 trabalhadores e admite despedimento coletivo

O presidente do BCP disse esta segunda-feira que deverão sair do banco mais de 800 trabalhadores, abaixo da meta inicial de 1.000, mas que depende dos funcionários que aceitarem rescindir e mantém a possibilidade de …

Jogos Olímpicos. Ouro e prata para atletas de...13 anos

Pódio muito jovem na estreia do skate feminino. A espreitar o pódio ficou uma norte-americana com quase o triplo da idade. O skate está a "viver" os seus primeiros dias na história dos Jogos Olímpicos. Inserido …

SEF e PSP reforçam fiscalização às regras aplicáveis nas viagens de avião

O SEF e a PSP reforçaram a fiscalização nos aeroportos às regras do tráfego aéreo devido às variantes de covid-19 e ao aumento do número de voos previsto para as próximas semanas, segundo um despacho …