Speedo corta patrocínio a Ryan Lochte

The USO / Flickr

Ryan Lochte

A marca de material desportivo Speedo anunciou esta segunda-feira o fim do patrocínio ao multicampeão olímpico Ryan Lochte depois das falsas alegações de ter sido roubado com arma apontada no Rio de Janeiro, história que depois admitiu ser “exagerada”.

“Embora tenhamos desfrutado de uma relação vencedora com o Ryan durante mais de uma década e ele ter sido um membro importante da nossa equipa, não podemos tolerar um comportamento que é contrário aos valores que esta marca defende há muitos nos”, justificou a companhia australiana.

Do previsto apoio ao atleta, que soma 12 medalhas olímpicas na carreira, seis de ouro, a empresa vai doar cerca de 50 mil dólares (cerca de 45 mil euros) à associação Save the Children, para apoiar projetos com crianças no Brasil.

“Apreciámos muito as suas conquistas e esperamos que ele avance e tenha aprendido com esta experiência”, acrescenta o agora ex-patrocinador.

Além do patrocínio da Speedo, Ryan Lochte perdeu, esta semana, o apoio da Ralph Lauren, Airweave e Syneron Candela, com um prejuízo total de cerca de um milhão de dólares, de acordo com as estimativas da imprensa norte-americana.

Lochte, de 32 anos, e três colegas da equipa de natação, todos com medalhas de ouro no Rio 2016, contaram, depois de uma noitada com álcool, que foram assaltados por ladrões fingindo ser polícias.

O caso ganhou proporções à escala mundial e logo gerou controvérsia quando a polícia negou os factos, revelando que, na verdade, ele e os colegas tinham vandalizado um posto de venda de gasolina, supostamente com Lochte, embriagado, a liderar o desacato.

Mais tarde, o campeão olímpico admitiu ter “exagerado algumas partes da história”, disse que esqueceu “alguns detalhes” e assumiu que ainda estava embriagado quando revelou o incidente, admitindo que tinha “desapontado” a sua equipa.

Depois do incidente, Lochte voltou aos Estados Unidos, enquanto Gunnar Bentz, Jack Conger e Jimmy Feigen permaneceram no Brasil.

Na quinta-feira, a polícia revelou imagens do circuito de televisão em que se vê os atletas, embriagados, a parar num táxi e a usar o WC às primeiras horas da manhã. O quarteto vandalizou a área junto aos sanitários e, de acordo com o responsável, urinaram nas paredes.

Confrontados por um segurança, tentaram ir embora, mas o comportamento dos atletas levou o guarda a pegar na arma e obrigá-los a sentar no chão. Depois de pagarem cerca de 45 euros de compensação pelos estragos, puderam voltar à Aldeia Olímpica.

Um responsável da polícia civil do Rio de Janeiro, Fernando Veloso, disse que “não houve qualquer roubo reportado pelos atletas”.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

SpaceX envia recorde de 143 satélites e cinzas humanas num único foguete

A SpaceX enviou no domingo um recorde de 143 satélites num único foguete, como parte do novo programa de carga partilhada entre empresas a um custo mais baixo, entre elas a funerária Celestis, que mandou …

Viagens de residentes caíram 84,8% para fora e 18,5% em Portugal no 3.º trimestre de 2020

As viagens turísticas de residentes em Portugal diminuíram 84,8% com destino ao estrangeiro e 18,5% em território nacional, no terceiro trimestre de 2020, em termos homólogos, divulgou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE). Segundo as …

Santander encerrou 60 balcões em 2020 e prevê fechar mais 30 até março

O Santander encerrou 60 balcões em 2020 e estima fechar mais cerca de 30 este trimestre, numa adaptação ao modelo de negócio que diz obrigatória para sobreviver. A Comissão Executiva do Santander, que assina a carta enviada …

Instituto Pasteur interrompe desenvolvimento de vacina

O Instituto Pasteur anunciou esta segunda-feira ter parado o desenvolvimento do seu principal projeto de vacina contra a covid-19, porque os primeiros ensaios demonstraram ser menos eficaz do que se esperava. Um outro agente francês, o …

Maduro anuncia "gotas milagrosas" 100% eficazes contra a covid-19

Este domingo, o Presidente venezuelano Nicolás Maduro apresentou um suposto medicamento desenvolvido no país que descreveu como "gotas milagrosas", 100% eficazes contra a covid-19. O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, apresentou este domingo umas gotas que …

Associação de Juízes pede urgência na aprovação de lei sobre suspensão de prazos processuais

A Associação Sindical dos Juízes Portugueses (ASJP) pediu esta segunda-feira ao Governo e ao parlamento a "maior urgência" na aprovação da proposta de lei que determina a suspensão dos prazos nos processos judiciais não urgentes. Segundo …

Marisa Matias e João Ferreira ficam sem subvenção pública

As candidaturas de João Ferreira e Marisa Matias não vão receber a subvenção pública para financiar as suas campanhas eleitorais, uma vez que ficaram abaixo dos 5%, a fasquia imposta pela lei para ter acesso …

Misericórdias de Viseu apelam ao bom senso na vacinação

O presidente do secretariado regional de Viseu da União das Misericórdias disse esta segunda-feira à agência Lusa que na vacinação contra a covid-19 “tem de haver bom senso” e explicou que, quando sobram vacinas, “têm …

Quatro futebolistas e presidente do Palmas morrem em queda de avioneta no Brasil

Quatro futebolistas e o presidente do Palmas morreram ontem num acidente de aviação a caminho de Goiânia, onde a equipa da quarta divisão brasileira ia defrontar o Vila Nova na Taça Verde. "Lamentamos informar que não …

Marcelo bate recorde de Mário Soares. É o primeiro a ganhar em todos os concelhos

Marcelo Rebelo de Sousa foi o primeiro candidato a ganhar todos os concelhos numas eleições presidenciais em democracia. O candidato a Presidente da República e reeleito para o cargo, Marcelo Rebelo de Sousa, ganhou a votação …