Sócrates sai do PS. “Chegou o momento de pôr fim a este embaraço mútuo”

José Coelho / Lusa

Esta quinta-feira, o Partido Socialista recebeu uma carta de José Sócrates, na qual este entrega o seu cartão de militante, uma vez que, considera, “chegou o momento de pôr fim ao embaraço mútuo”.

A decisão de José Sócrates de abandonar o partido terá sido tomada na sequência das recentes críticas de Carlos César, líder parlamentar, de João Galamba, porta-voz do PS, que disseram que o PS estaria “enraivecido” e com “vergonha” relativamente a José Sócrates e com as mais recentes acusações contra Manuel Pinho.

António Costa afirmou também que em Portugal ninguém está acima da lei e que, “a confirmarem-se” as suspeitas de corrupção por membros do Governo de José Sócrates, será “uma desonra para a democracia”.

Na carta, publicada pelo Jornal de Notícias, José Sócrates começa por defender o “amigo” Manuel Pinho, uma pessoa que o ex-primeiro ministro “considera e estima”, das acusações “sobre a sua relação com o Banco Espírito Santo durante o período em que foi ministro”, exigindo que o “Ministério Público prove o que diz“.

“O primeiro dever de um Estado decente é provar as gravíssimas alegações que faz seja contra quem for, ainda que estas tenham sido, como habitualmente, feitas através da Comunicação Social”, refere o ex-socialista.

A carta de José Sócrates apresenta depois um post scriptum, no qual o ex-primeiro ministro refere que “durante quatro anos suportei todo o tipo de abusos“, sem nunca “ouvir por parte da Direção do PS uma palavra de condenação destes abusos, mas sou agora forçado a ouvir o que não posso deixar de interpretar como uma espécie de condenação sem julgamento“.

O ex-primeiro ministro recorda que “desde sempre, como seu líder, e agora nos momentos mais difíceis, encontrei nos militantes do PS um apoio e um companheirismo que não esquecerei. Mas a injustiça que agora a Direção do PS comete comigo, juntando-se à Direita política na tentativa de criminalizar uma governação, ultrapassa os limites do que é aceitável no convívio pessoal e político”.

Assim, o principal arguido da Operação Marquês, por suspeitas de corrupção, branqueamento de capitais e fraude fiscal, considera que chegou “o momento de pôr fim a este embaraço mútuo”, tendo pedido, por carta endereçada ao Partido Socialista, a desfiliação do Partido. “Pronto, a decisão está tomada.

“Sócrates deixou uma marca muito positiva como primeiro-ministro”

As reações sucedem-se ma sequência da desfiliação de José Sócrates do Partido Socialista.

O presidente do PS, Carlos César, manifestou hoje o orgulho do partido no contributo de José Sócrates para o progresso do país e frisou que os socialistas mantêm o princípio de separar as questões judiciais das questões políticas.

“O PS orgulha-se do seu contributo ao longo de toda a história democrática para o progresso do nosso país e em especial nas circunstâncias em que o PS assumiu responsabilidades governativas. O engenheiro José Sócrates deixou uma marca muito positiva como primeiro-ministro“, afirmou Carlos César, em declarações aos jornalistas na Assembleia da República sobre a desfiliação de José Sócrates.

Numa declaração sem direito a perguntas, o também líder parlamentar do PS disse ter tomado conhecimento da decisão em primeiro lugar pela comunicação social e depois por uma carta que chegou ao partido.

“Trata-se naturalmente de uma decisão assumida de forma responsável, de forma livre e no uso de um direito que ao engenheiro José Sócrates cabe”, afirmou.

A eurodeputada socialista Ana Gomes considerou que o pedido de desfiliação por José Sócrates do PS serve “a estratégia de vitimização” que o antigo primeiro-ministro tem escolhido para fazer face a “acusações graves” de vários crimes económico-financeiros.

A eurodeputada reagia assim em declarações à agência Lusa a propósito do anúncio feito por José Sócrates num artigo de opiniãoa dar conta de que enviou uma carta ao partido a pedir a desfiliação do PS para acabar com um “embaraço mútuo”, após críticas da direção.

Para Ana Gomes, o PS tem agora de refletir e identificar o que falhou nos seus controlos internos e externos “para se credibilizar junto do povo português”.

“Só espero é que esta atitude de Sócrates facilite e estimule o PS a fazer o exercício de introspeção que é imperativo e que não pode mais ser adiado face ao que se sabe já e ao que ainda não se sabe sobre a teia de corrupção que tinha em Sócrates um ponto central”, destacou.

No entender de Ana Gomes, o PS tem “de fazer de tudo para não permitir mais este tipo de comportamentos e acionar os mecanismos externos e internos para combater a corrupção”.

A eurodeputada socialista disse ainda que o Congresso do partido a realizar entre 25 e 27 de maio na Batalha, distrito de Leiria, “é uma boa oportunidade” para o PS para analisar o tema.

Deputado do PS “muito triste” com saída de Sócrates

“Ao contrario de outros, nunca reneguei as minhas amizades, nunca as renegarei em qualquer circunstância, a amizade é um valor que me ensinaram a preservar, José Sócrates é meu amigo e meu camarada”, escreveu Renato Sampaio na sua página no Facebook, numa publicação acompanhada por uma fotografia do ex-primeiro ministro.

Apesar dessa declaração inicial, o deputado socialista diz que não vai falar mais sobre o caso para não perturbar o Congresso do PS que vai decorrer entre 25 e 27 de maio na Batalha.

“Como militante socialista sempre me impus a mim próprio uma rigorosa contensão verbal, é o que o PS precisa no momento que atravessamos quando estamos em vésperas de um importante congresso, por isso é indispensável manter a serenidade, é o que farei e até lá nem mais uma palavra a não ser dizer que hoje é um dia muito triste“, declara Sampaio.

ZAP //

PARTILHAR

15 COMENTÁRIOS

  1. Dia triste? Amigo? Este tipo não é amigo de NINGUÉM, é tipo de gente que não olha a meios e passa por cima de tudo e todos p/ atingir os SEUS FINS. O partido já devida ter tomado esta atitude á muitissssimos anos, foi preciso vir a publico trafulhices, ladroagens umas atrás das outras p/ terem este tipo de atitude.
    Esta gentalha devia ser expolida de tudo, ficar sem NADA. Este tipo de gente são uns DITASORES do PIOR.

  2. Se está triste pode ir embora também, não deve fazer lá falta!
    Isto já devia ter sido feito há muito tempo, pelo menos o PS deveria ter suspendido a sua militância até ao fim das averiguações e decisões dos tribunais.
    Assim ainda é ele que consegue fazer-se passar por vítima e alvo de persiguições!

  3. Já deveria ter saído há muito.
    No PSD, por muito menos, Isaltino foi corrido !
    Parece afastada de vez a ameaça de se candidatar a Presidente. Com este eleitorado nunca se sabe o que poderia acontecer…

    • Caro José Cabeças à Cabeçada!
      No futebol não nos entendemos porque tu és um BURRO! Mas nestas questões acho que nos entendemos, o Sócrates deve entrar já na prisão e ser condenado a devolver até ao último cêntimo tudo o que roubo ao país.
      Força José Cabeças à Cabeçada…

      • O caro amigo também me parece um pouco burro…
        Então o senhor confessa-se aqui perante todos “…tudo o que roubo ao país.”
        Provavelmente pretenderia dizer “… tudo o que roubou ao país.” Assim apenas se enfiou no saco do partido do saque. É muita sacada!

        • Caro José Cabeças à Cabeçada!
          Vejo que ainda consegues adivinhar o que eu queria dizer, surpreendeste-me com essa dedução!
          Realmente o que eu queria dizer era “…tudo o que roubou ao país..”
          Não sou do partido do saque, a minha ideologia é outra.
          Força José Cabeças à Cabeça…

  4. FORÇA SÓCRATES! Até os teus companheiros te deixaram “cair”, “comeram” junto contigo e agora na hora da desgraça ficaste sozinho.
    Este “engenheiro”, com letra minúscula, desgraçou o país, foi tudo um “salve-se quem puder”.

  5. É preciso ter lata!!! Há cada cara de pau!!! Querem ver que o Ministério Público anda a inventar em tudo que é corrupção com políticos!!! É preciso pachorra para aturar esta gentalha!!!

  6. Então, mas já foi feito o julgamento ou lida a sentença em tribunal para que haja, desde já, toda esta condenação antecipada? Não sou jurista,mas sempre ouvi dizer que todos têm direito à presunção de inocência até o julgamento oficial ser feito.

    • Quem é que lhe disse que há condenação antecipada? Já foi preso? Quando for condenado em tribunal vai imediatamente para a pildra e vai lá estar por muitos e maus anos. Você não é jurista nas é “socialista”, como ele. Em relação à quadrilha política não há presunção de inocência. Todos são culpados até provas em contrário. Como era o lema da PIDE. Diziam…!

      • Que intrepertação do que escrevi!!
        Aconselho-o a não jogar no euromilhões.Nunca vai acertar porque errou quando disse que eu era socialista. Não sou. Mais,consigo não ser de ninguém. Dei apenas a minha opinião.

  7. Era inevitável, talvez seja para o PS um passo no caminho para a cura, mas atenção que há muita gente que vota PS por causa de Sócrates.
    Qualquer separação causa alguns estragos nas 2 partes, será curioso ver as próximas sondagens quanto aos números do PS e de António Costa

  8. É lamentável os apedeutas que nunca foram nada neste País,nem serão,tenham a ousadia de condenarem na praça pública um dirigente que deixou obras de grande volumetria e desenvolvimento para o país,não vou agora inumerálas mas estão feitas e a funcionar,o Sr. Sócrates era e é um Senhor na Comunidade Europeia,foi um 1º ministro activo,que meteu medo e inveja a muita gente.Não houvi ainda,e é uma realidade,que a crise que nos assolou vei-o da falencia monstrosa de bancos Americanos que afundaram países em todo o mundo.Ainda nunhum ex-dirigente se serviu dessa realidade lavar a sua face.Muito tenho para dizer mas de momento fico por aqui.Saudações amigas

RESPONDER

Pedro Nuno Santos e Medina vão esperar sentados pelo lugar de Costa (mas o ministro já mexe os cordelinhos)

Há dois nomes que começam a ganhar força como possíveis sucessores de António Costa na liderança do PS - Pedro Nuno Santos e Fernando Medina. Mas ainda vão ter que esperar "bastante" por isso, prevê …

PJ fez novas buscas por Maddie em três poços no Algarve

A Polícia Judiciária (PJ) procurou o corpo de Madeleine McCann em três poços de água localizados em zonas rurais do concelho de Vila do Bispo, no Algarve. A informação é avançada este sábado pelo Correia da …

Berardo abre museu em Estremoz com fundos da União Europeia

O semanário Expresso avança na sua edição deste sábado que Joe Berardo instalou um museu em Estremoz, no distrito de Évora, financiado, na sua grande maioria, com fundos da União Europeia (UE). De acordo com o …

Há três dias que os casos aumentam em Itália. Espanha endurece medidas

Os casos de novas infeções com o novo coronavírus aumentaram pelo terceiro dia consecutivo, em Itália, onde nas últimas 24 horas se registaram mais 276 contaminações, comparando com 229, 193 e 138, nos dias anteriores. O …

MP investiga juiz acusado de pagar por sexo enquanto ouvia menores abusados (ele alega que o querem tramar)

O Ministério Público (MP) instaurou um inquérito à denúncia feita, no Parlamento, pela dona de uma casa de prostituição que revelou que um juiz pedia para lhe fazerem sexo oral enquanto via vídeos dos menores …

Câmara de Sintra admite 700 casos confirmados que ainda não foram contactados

O presidente da Câmara Municipal de Sintra, Basílio Horta, admitiu que existem cerca de 700 casos positivos de covid-19 no concelho que, apesar de identificados, não foi ainda possível contactar. Em entrevista ao jornal Público …

Jesus quer regressar ao Benfica. Acordo deve ficar fechado nas próximas horas

O futuro de Jorge Jesus continua a fazer correr muita tinta. Em Portugal, diz-se que o treinador tem um acordo quase fechado para regressar ao Benfica, enquanto que no Brasil há garantias de que ficará …

Erdogan anuncia que Santa Sofia volta a ser uma mesquita. UNESCO lamenta profundamente

O Presidente turco anunciou que as primeiras orações coletivas muçulmanas serão realizadas em 24 de julho em Santa Sofia, convertida em mesquita, acrescentando que o edifício permanecerá aberto a visitantes de todos os credos. "Vamos fazer …

PSD tem um substituto para o modelo Infarmed: reuniões no Parlamento transmitidas na televisão

O PSD considera que o "modelo Infarmed" já deu o que tinha a dar e, por isso, propõe substituí-lo por encontros públicos. O Expresso teve acesso a um projeto de resolução do PSD, entregue esta sexta-feira, …

José Mourinho diz que já não celebra golos (e explica porquê)

O treinador português José Mourinho diz que já não celebra os golos marcados pelo Tottenham, atribuindo as culpas deste seu comportamento ao VAR. "Eu já não celebro os golos, porque eu nunca sei se vai ser …