Sócrates defende Manuel Pinho e acusa deputados de “deslealdade”

Miguel A. Lopes / Lusa

O ex-primeiro-ministro defendeu o seu ex-ministro da Economia, num artigo de opinião publicado no semanário Expresso, acusando os deputados de “deslealdade”.

Num artigo de opinião intitulado “Esgar de Rejeição”, publicado na edição deste sábado do Expresso, José Sócrates defende o seu ex-ministro da Economia que, esta semana, foi muito criticado por não responder às perguntas no Parlamento sobre as suas ligações ao universo BES/GES.

O ex-primeiro-ministro acusa os deputados de “deslealdade”, uma vez que Manuel Pinho só tinha aceite ir ao Parlamento na condição de não responder a questões que estão sob investigação do Ministério Público.

Sem nunca referir nomes, Sócrates ataca o líder do PSD, Rui Rio, e o líder parlamentar do PS, Carlos César, por terem criticado o silêncio de Pinho.

“Um líder político resolve expor, resplandecente, a sua política de justiça: se um cidadão reclama o direito a defender-se apenas depois de conhecer a acusação, já nem precisamos de o ouvir mais, escusa de cá vir outra vez, o silêncio condena-o imediatamente”, escreve Sócrates, referindo-se ao novo líder dos sociais-democratas.

“Ainda nesse dia, é possível ouvir um líder parlamentar dizer que o convidado, que se limitou a cumprir o que combinou e a aguentar a deslealdade parlamentar, não se sabe comportar”, critica, numa referência a Carlos César.

Durante as três horas em que foi ouvido na Comissão Parlamentar de Economia, Inovação e Obras Públicas, Pinho evitou sempre comentar as suas ligações ao GES ou o seu património, dizendo que não respondia pois não era esse o propósito da audição. “Quando convido alguém para ir ver futebol a minha casa não o ponho a esfregar o chão”, ironizou o antigo ministro.

Pinho não explicou como ou porquê recebeu 778 mil euros da Espírito Santo Enterprise, empresa do Grupo Espírito Santo suspeita de ser um saco azul para o pagamento de luvas e salários não declarados ao Fisco. “Eu vim cá para falar da política de energia quando era ministro”, disse, quando questionado sobre os dinheiros do GES.

Enquanto ocupou o cargo de ministro da Economia – entre março de 2005 e julho de 2009 -, Pinho terá recebido do saco azul do GES 14.963 euros por mês. Porém, nas declarações de rendimentos que o antigo ministro entregou no Tribunal Constitucional, não constam sinais dos alegados pagamentos do GES.

Na declaração apresentada em março de 2006, Pinho declarou um rendimento de quase 491 mil euros em 2005, semelhante ao obtido em 2004 como administrador do BES.

No entanto, nos três anos seguintes declarou rendimentos inferiores: 87.109 euros, em 2006; 88.086 em 2007; e 89.936 euros, em 2008, valores correspondentes ao salário e despesas de representação de ministro.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Lindo!…
    Por acaso o Sócrates é mesmo a pessoa mais isenta de Portugal para vir defender o mafioso do Pinho!…
    Se dúvidas houvesse…

  2. … Portugal perdeu toda a sua pouco credibilidade politica, humana e de bons costumes.
    … o PS não serve de exemplo para ninguém nem de nada nem para nada.
    … PSD/CDS exatamente a mesmíssima porcaria.

RESPONDER

Marte pode ser demasiado pequeno para ser habitável

Marte pode ser demasiado pequeno para ser habitável. Uma equipa de investigadores sugere que a sua dimensão reduzida não lhe permite reter muita água. Um novo estudo sugere que o pequeno tamanho de Marte pode ser …

"Era como se a morte estivesse num copo." No século XVIII, o gin estava a arruinar a Inglaterra

A bebida alcoólica tornou-se tão popular no Reino Unido que os empresários começaram a utilizar todo o tipo de aditivos para enriquecerem. No século XVIII, o gin tornou-se a maior droga que o homem poderia consumir …

Vacinar animais contra a covid-19? Dezenas de zoos nos EUA estão a avançar com a ideia

Cerca de 70 jardins zoológicos e espaços de conservação nos Estados Unidos estão a administrar a vacina da farmcêutica veterinária Zoetis aos seus animais. Não são só os humanos que estão a ser vacinados contra a …

Lewis Hamilton: "Eu não disse que estava a morrer"

Acidente com Max Verstappen originou dores no campeão; Helmut Marko disse que já era "espectáculo" a mais. Troca de palavras entre os dois candidatos ao título. Como se esperava, o acidente que envolveu Lewis Hamilton e …

Autorretrato de Frida Kahlo deverá ser vendido por um valor recorde de 30 milhões de dólares

A Sotheby’s espera ultrapassar os 30 milhões de dólares (mais de 25 milhões de euros) com o autorretrato da pintora mexicana Frida Kahlo, no qual aparece também o seu marido Diego Rivera. O autorretrato Diego y …

David Luiz: "Um dos dias mais especiais da minha vida" - e ainda se fala sobre Jorge Jesus

Flamengo ficou mais próximo de mais uma final da Libertadores, depois de derrotar o Barcelona de Guayaquil. David Luiz estreou-se. O Flamengo venceu o Barcelona de Guayaquil por 2-0, na primeira "mão" das meias-finais da Copa …

Iémen. Escassez de alimentos empurra 16 milhões de pessoas para a fome, revela ONU

Pelo menos 5 milhões de pessoas no Iémen estão à beira da fome e outros 16 milhões estão "a caminhar para a fome", num país dilacerado pela guerra civil. O Programa Mundial de Alimentos (WFP, na …

Presidente da Tunísia governará por decreto, ignorando partes da constituição

O Presidente da Tunísia, Kais Saied, declarou que governará por decreto e ignorará partes da constituição, enquanto se prepara para mudar o sistema político, gerando críticas imediatas da oposição. Desde 25 de julho, dia em que …

Alemanha deixa de pagar quarentena a trabalhadores não vacinados

A Alemanha vai deixar de indemnizar trabalhadores não vacinados que forem forçados a quarentena devido ao coronavírus, por ser "injusto pedir aos contribuintes que subsidiem aqueles que se recusam a ser vacinados", disse na quarta-feira …

Governo acaba com recomendação do teletrabalho

O Conselho de Ministros decidiu acabar com a recomendação da opção pelo teletrabalho e eliminar a testagem em locais de trabalho com mais de 150 trabalhadores. Estas medidas integram a terceira e última fase do plano …