Sócrates acusa MP de investigação fora da lei e terrorismo de Estado

José Goulão / Flickr

Ex-primeiro ministro e ex-líder do PS, José Sócrates

José Sócrates fala em “terrorismo de Estado” para criticar o facto de o Ministério Público ter alargado o prazo para deduzir acusação contra si. Ao mesmo tempo, ressurgem notícias de que as autoridades brasileiras e portuguesas estão a investigar o negócio entre a Oi e a PT, com os nomes de Sócrates e Lula pelo meio.

“Não apresentam provas porque não as têm; nunca as tiveram. E não as têm pela singela razão de não poder haver provas do que nunca aconteceu”, eis como José Sócrates reafirma a sua inocência, num artigo de opinião no Jornal de Notícias onde se queixa do facto de o Ministério Público (MP) ainda não ter deduzido qualquer acusação contra si.

Em resposta ao facto de o MP ter alargado, por mais seis meses, o prazo para a dedução de uma acusação, Sócrates fala em “decência” (querendo sublinhar a sua falta) e em  “terrorismo de Estado” e diz que, neste momento, já era tempo de discutir “as provas” e não os prazos.

“Um ano e meio depois de deterem, de prenderem; um ano e meio depois de tudo fazerem para tentar aterrorizar, depois de montarem, por acção ou negligência, uma formidável campanha de difamação, não mandaria a lei e a responsabilidade que apresentassem as provas do que insinuaram sem concretizar?”, pergunta o ex-governante no seu artigo.

“Primeiro detiveram dizendo que tinham provas definitivas e concludentes. Três meses depois, a prova estava ‘consolidada’. Aos seis meses, estava ‘consistente’ e ‘robusta’. Nove meses depois, estava… sei lá, de betão armado. Dezasseis meses depois, nem factos, nem provas, nem acusação. Agora querem mais seis meses, e depois se verá. Até onde levará o Ministério Público tal abuso?”, questiona ainda Sócrates no JN.

O ex-primeiro-ministro critica a “facilidade e ligeireza” com que diz que o MP “colocou esta investigação fora da lei“, relevando que “estão, pura e simplesmente, a transformar um processo que devia ser igual aos outros, num processo excepcional”.

Negócio PT/Oi investigado por suspeitas de luvas

Esta reacção pública de Sócrates surge numa altura em que voltam notícias de que os investigadores da Operação Marquês terão solicitado ajuda às autoridades brasileiras, no âmbito de suspeitas de corrupção à volta do negócio entre a PT e a Oi.

Na edição deste domingo, o Correio da Manhã deu conta do envio de uma carta rogatória das autoridades portuguesas para as brasileiras solicitando a colaboração por causa de suspeitas do pagamento de luvas da ordem dos 300 milhões de euros.

Este dinheiro terá sido distribuído por titulares de cargos públicos, quer no Brasil, quer em Portugal, atesta o CM.

José Sócrates e Lula da Silva estarão entre os principais alvos das investigações cruzadas entre a portuguesa Operação Marquês e a brasileira Lava-Jato.

ZAP

PARTILHAR

26 COMENTÁRIOS

  1. O Senhor Sócrates devia ter vergonha e manter-se em silêncio, face às evidências que contra ele pesam. Como é possível que uma pessoa tenha empréstimos e ajudas de milhares ou milhões de Euros de amigos sem que algumas contrapartidas tivesse havido ? Como se compreende que o visado tivesse feito a vida de luxo que manteve, à custa de empréstimos que um amigo, sem qualquer interesse, lhe proporcionava ? Será que ele entende que só ele é esperto e todos os demais portugueses são burros para acreditar nas suas desculpas e nas dos seus advogados ? Claro está que o Sr. se está a esconder, processualmente, atrás das leis que defendem os vigaristas políticos, que as criaram.

    • Claramente não leu a notícia… Continua a não haver provas! “face ás evidências”? Quais? Tudo aquilo que pode ser provado como verdade (os empréstimos e afins) não é imediatamente provado como crime. Pode parecer estranho, mas cabe ao Ministério provar a sua ilegalidade, coisa que não fez (independentemente se é verdade ou não…).
      “Claro está que o Sr. se está a esconder, processualmente, atrás das leis que defendem os vigaristas políticos, que as criaram” – Essas mesmas “leis” que fala, que também permitirem prendê-lo sem acusação, formada (ainda não está, sequer…) essas mesmas leis que permitiram fazer o folclore de prender o homem á saída do avião com aparato todo, as mesmas leis que permitem adiar indefinidamente (na esperança de uma prova cair do céu, ou, talvez do Brasil…) o processo? Essas leis? As mesmas leis que ainda não apanharam muita gente de influência nacional e internacioanal (de vários partidos nacionais também)? Não me faça rir.
      O ódio pelo Sócrates cega muita gente que não é capaz de ver que é a justiça que está em causa. É a forma como este processo decorreu. É ver como a vingança (dos juízes e imprensa) se sobrepõe aos valores da liberdade e da Constituição Portuguesa. Quando fôr um de vós tratado assim (preso sem provas…) quero ver como reagem… Isto independentemente se são culpados ou não…

      • Aparentemente quando a Justiça começa a funcionar, tem o efeito de criar azia nalgumas pessoas.
        Deixem os Juízes e o Ministério Público trabalhar.
        É sempre difícil acusar o lobo de ser pilha galinhas, quando se lhe deu a chave da capoeira!
        Lembrem-se, são os políticos corruptos que fazem as leis (à medida para passarem nas malhas).

        • Concordo… A justiça começa a funcionar… Mas em Portugal é sempre a velha máxima: Começa, mas começa mal…

        • Parece-me que o que cria azia nas pessoas é existir a possibilidade de qualquer cidadão poder estar 11 meses preso sem que de nada seja acusado, e passado todo este tempo o Ministério Público tenha a audácia de pedir um prazo que o legislador verdadeiramente não contemplou, até pelo ridículo que se torna. O que verdadeiramente cria azia é a completa inexistência de justiça neste país que até há uns anos eu acreditava ser de direito mas que afinal só podemos concluir que o direito nada tem a ver com estas estruturas.
          tomem as suas considerações Já reparou que se isto acontece a alguém que foi primeiro ministro do país e que sempre viveu com capacidade financeira muito acima da média, o que poderá acontecer a cada dia que passa a pessoas como eu e o cavalheiro? Não o deixa inquieto? Aconselho efectivamente a que todos os portugueses reflictam no tema sem factores prévios…

      • Não!? Refere-se sempre a “indícios” fortes indícios”, “suspeições”… E isso são provas? Onde? Só se for no mundo de fantasia (faz-de conta) do Passos!
        Desde quando se pode condenar alguém (num estado de direito) dizendo: “Eu acho que comenteu”, ou… “Tudo indica que cometeu…”. Onde existe democracia é ( e deve ser!): “Cometeu este e aquele crime e aqui estão as provas… Agora já se pode defender…”

  2. BOA TARDE, ESTE CASO JÁ METE (NOJO), OS DINHEIROS QUE ESTÃO SER GASTOS A CUSTA MONETÁRIO PUBLICO, MINISTÉRIO PUBLICO SERIA BEM MELHOR ESTAR QUIETO. FICAVA MELHOR NA FOLHA DE COMPETÊNCIAS. ULTRAPASSAM TODOS OS LIMITES DA LEI PARA VER SE CONSEGUEM OBTER ALGO, SERIA ASSIM DE IGUAL PARA OS OUTROS, EU NÃO ESTOU DEFENDER NINGUÉM APENAS ESTOU CANSADO O QUE ESTE PAIS FAZ A REVELIA.

  3. Mas então o sr. Sócrates não foi 1.º ministro? O sistema judicial não existia já nos mesmos moldes? Se agora acha que o sistema judicial está assim tão mau (e de facto tem muitas coisas más, mas eu não apontaria propriamente as mesmas que o sr. Sócrates aponta) podia ter feito alguma coisa para melhorá-lo quando foi ministro. Ou as coisas só doem quando nos tocam a nós?…

    • Ei pá! É memo burro (não quero aqui ofender a raça asinina)! Então é o Ministro que altera as leis? Não é o Parlamento? Wake up and smell the roses!
      “Ou as coisas só doem quando nos tocam a nós?”. É curioso que tenha dito isto… É justo para o Sócrates ser preso sem ser acusado? Mas se calhar pra outro (talvez você ou outro qualquer cidadão…) já não é? “Ou as coisas só doem quando nos tocam a nós?”…

  4. Está tudo POOODRE!!!!!!!!
    A noticia de hoje das offshore,… Espelha bem quem são
    e o que fazem estes porcos da política e não só!

    • Mas já está podre há muito! Incluindo aqueles que noticiam estas notícias bombásticas que fazem vender muito jornal… E, estes nomes, nem sequer arranham a superfície…

  5. Caro ROYRODGERS. Como seguramente será do seu conhecimento o Sócrates não é a primeira pessoa que esteve presa à espera de acusação. Já houve vários no passado (pulseira eletrónica, domiciliária, prisão efetiva,…). Se o homem estiver inocente que seja inocentado. Se for culpado então que seja condenado. Aguardemos serenamente pela justiça. Pelo que se vai vendo até ao momento relativamente ao processo nomeadamente as decisões proferidas por variadíssimos juízes (à exceção de um) todas vão contra a defesa. Pode ser um indício, assim como as escutas divulgadas pelo cm que ilustram diálogos, digamos que pouco normais e justificações pouco ou mesmo nada convincentes. Ou ficou convencido? Aguarde-se pelo veredicto final.

    • Concordo plenamente.
      Quando são os pequeninos a ser acusados ninguém liga ao assunto (pudera, ninguém lhes deve favores), quando são os tubarões ai jesus (há muito “amigo” e tacho a deverem favores)!!!

      • Verdade. Ninguém liga ao assunto. São atirados para um canto, aguardando eternamente por um veredicto/acusação que tarda em aparecer (por incompetência dos investigadores ou… preguicite!).
        Quanto aos “tubarões”, “amigos” e “tachos”… Acha que se o Sócrates tivesses esses “amigos” já não estaria cá fora?…

    • Não. Não é a primeira pessoa, não senhor (nem será o últmo pelo andar da carruagem)… Mas é dos poucos que é preso preventivamente… indefinidamente. Independentemente de ser culpado ou não, ninguém pode ser preso (sem acusação formada – digo mais uma vez…) porque não conseguem arranjar provas (que, existindo, não as querem revelar, ou são incompetentes demais para as descobrir e comprovar). O que critico é a instrumentalização da justiça com o intuito de vingança (o Sócrates pisou muitos calos a juízes – que tinham muitas mordomias…). Isso não posso aceitar. Também não posso aceitar que alguém (que me parece ser o seu caso) ache que é assim que se deve fazer num país que se diz democrático.
      Se fosse acusado de algo (verdade ou não) não gostaria de saber o que é acusado antes de ser “atirado” para os calabouços?… Indefenidamente?

    • Infelizmente este caso veio demonstrar, sem sombra de qualquer dúvida… não a subserviência! Não… É a própria! Confunde-se! Não existe pressão sobre a justiça (se existisse esta porr… já estaria resolvida há muito!). Mas talvez devesse existir. Talvez os juízes começassem a tirar o cú da cadeira e mostrarem serviço!
      O que quero dizer com isto é que os prazos para formar uma acusação não se podem perlongar indefinidamente. Quando se prende alguém (preventivamente ou não) deve-se formar a acusação o mais rápidamente possível! No meu entender, esta já deveria estar formada!

  6. O ponto de partida de muitos comentadores é o folclore que os tablóides construíram à volta do tema.
    É óbvio que quando se tem como patamar de observação, não a neutralidade mas antes a antipatia, todas as notícias colhem e frutificam. O mesmo mas de sinal contrário vale para quem tem à partida uma simpatia sem limites. Nesse ambiente todas as notícias negativas são de facto menorizadas.
    Mas….sejamos ao menos um pouco distantes e coloquemos algumas interrogações, a considerar:

    1º A vida de luxo de Sócrates.
    Ora Socrates, sendo Ex primeiro ministro, não iria morar para uma barraca em Paris enquanto estava tirar o curso, mas viver num apartamento arrendado ou emprestado, é uma vida de luxo????
    O restaurante que frequentava era um vulgar restaurante nas proximidades, com os preços normais para o padrão e custo de vida da capital Francesa.
    O Correio da Manhã esteve uma semana a vigia-lo e o que é que concluiu?
    – Ele sai de manhã, vai correr, regressa, vai almoçar, de tarde vai à universidade e depois vai para casa.- Ora eis a vida de luxo!
    É claro que isto não foi publicado, não era notícia.

    2º Por uma questão de lógica, uma pessoa tão perseguida e investigada durante os anos em que foi primeiro ministro, muito dificilmente tem espaço de manobra para determinadas operações, no entanto ele esteve preso para investigações e está indiciado de corrupção, branqueamento e fraude fiscal. As provas estavam consolidadas, mas, no entanto, nunca foram apresentadas, e o ministério anda saltando de tese em tese.
    Alguém, no seu perfeito estado de saúde mental, sabendo a ânsia com que os tablóides publicam qualquer peido que venha de Sócrates. pode sequer duvidar de que se provas houvessem já estariam amplamente divulgadas?
    3º A recente bomba Panamá vai se calhar destapar muito panelão, e vai mostrar como este saco de papel amarrotado, a única coisa que fez foi estragar a vida a uma pessoa, e a várias outras ligadas ao processo, e expor ao mais desprestigiante ridículo um órgão de soberania, que não se soube dar ao respeito, a começar logo por pôr na ordem determinados pasquins sedentos de sangue. E assim, como corolário, se não os pôs no sítio onde deviam é porque havia permeabilidade entre os dois campos e isso tem um nome muito forte…e feio

  7. Meu amigo Charlie. Quando faz obras em sua casa quem é que manda? É o seu amigo? E quando precisa de dinheiro? Telefona a algum amigo a dizer que precisa de fotocópias? Para si tudo isto pode parecer normal. Mas queira admitir que para a generalidade dos portugueses isto não parece nada normal. Deixe o que é da justiça à justiça e não queira estupidificar toda uma população. Aguardemos. Quanto ao pseudo atraso na acusação, não há atraso nenhum. Também no passado muitos outros casos levaram inclusivamente mais tempo até ser deduzida uma acusação por parte do Ministério Público. A ser verdade tudo o que se vê, ouve e lê, então acredito que o novelo ainda agora começou a ser desembrulhado e ainda haverá muito para investigar.

    • Pelo que aqui comenta, vejo que opta, de forma voluntária, pertencer ao “português estupidificado”… Começando com as primeiras perguntas totalmente descabidas…
      Mas quanto aquilo que lhe parece normal… Se algum dia estiver numa situação destas (espero, para seu bem, que nunca esteja) não quererá que a situação se defina e clarifique rápidamente? Não? Podem demorar o tempo que quiserem? “Estejam á vontade… Demorem o tempo que quiserem…” Bem… Se acha que sim, confirmou a afirmação que fiz anteriormente (ácerca da sua pessoa).
      O ódio pelo Sócrates é tanto que cega a racionalidade das pessoas. E, ávidamente, consomem tudo aquilo que os “tablóides” publicam… Querem, voluntáriamente, estupidificar-se… É uma opção… Estamos num país democrático e podemos ser e fazer o que quisermos, desde… que não interfiram na liberdade dos outros!
      Mas eu compreendo o seu ponto de vista… Como já o “condenou”, não interessa o tempo que demore. Desde que “arranjem” qualquer coisinha para o acusar, vale a pena…
      É como digo anteriormente: Espero que algo semelhante não lhe aconteça (ou alguém que lhe seja muito próximo)…

  8. TERRORISMO POLITICO FOI ROUBAR DO POVO ENQUANTO GOVERNANTES !!!
    QUEM OS DEFENDE OU GOSTA DE “PAGAR OU PORQUE GANHA COM ISSO”” MAS TAMBÉM UMA TERCEIRA IPOTESSE, É IGNORANTE
    COMO SE ATÉ HOJE JÁ TIVESSEMOS TIDO UM GOVERNANTE JUSTO, INCORRUPTIVEL E HONESTO!

  9. 23 MILHOS NA SUIçA E UM APARTAMENTO DE 3 MILHOES UMA PROPRIEDADE NO ALENTEJO…. POIS… FOI UM AMIGO QUE EMPRESTOUUUUUUU
    QUE AMIGO TAOOOOO GENEROSOOOOOOOO

  10. Se a imprensa lhe dissesse que o homem tinha poderes psíquicos e que, se atirar abaixo da ponte, fica com uma saúde de ferro, acredita? Gente muito crédula… O ódio cega…

  11. Sr. Royrodgers

    Cego não é aquele que não vê mas, aquele que não quer ver. Quanto esta a receber por estas suas “defendopostagens”? O sr socrates não esteve preso mas, sim detido. Havia na altura e agora mais do que nunca fortes indicios relativo aos crimes que lhe ESTÃO a ser imputados

RESPONDER

Não há qualquer hipótese de resgatar os corpos dos 44 tripulantes do ARA San Juan

O ministro de Defesa da Argentina, Oscar Aguad, afirmou este domingo que não há tecnologia capaz de resgatar do mundo do mar o submarino ARA San Juan, localizado este sábado a 900 metros de profundidade …

Talvez os neandertais não fossem tão brutos como se pensava

Apesar de vários esqueletos de neandertais terem sido encontrados com ferimentos graves na cabeça e no pescoço, um novo estudo sugerem que não fossem tão violentos como se pensava. Na verdade, os níveis de lesões cranianas …

A galáxia mais brilhante do Universo é "canibal"

A galáxia mais brilhante já descoberta no Sistema Solar, a W2246-0526, localizada na constelação Aquarius, devorou não duas mas três das suas galáxias-satélites, o que pode explicar a sua forte luminosidade. De acordo com um novo …

Picasso roubado há 6 anos na Holanda terá sido encontrado sob uma árvore na Roménia

Procuradores romenos estão a investigar se um quadro que apareceu este sábado na Roménia é o mesmo que há seis anos foi roubado de um museu da Holanda, noticiou a agência de notícias Associated Press. A …

O colossal drone solar da Boeing vai voar em 2019

A Aurora Flight Sciences, subsidiária da Boeing, vai lançar em 2019 o seu drone solar Odysseus, que terá a capacidade voar durante meses de forma autónoma e o objectivo de dar acesso Internet a todo …

Justiça brasileira proíbe TV de divulgar inquérito sobre morte de Marielle Franco

A decisão judicial de proibir a emissão de reportagens sobre a investigação do assassinato da vereadora carioca responde a um pedido da polícia do Rio de Janeiro e do Ministério Público. A emissora afirma que …

Relatório revela 71 locais com elevado risco de inundações em Portugal

Portugal tem 71 zonas com elevado risco de inundação, de acordo com um relatório da Agência Portuguesa do Ambiente (APA) que analisou fenómenos extremos ocorridos, fazendo previsões para o futuro. O relatório "Avaliação Preliminar do Risco …

Cinco pessoas mortas por intoxicação de CO em Vila Real

Cinco pessoas da mesma família morreram este domingo, devido a uma intoxicação, no concelho de Sabrosa, distrito de Vila Real, adiantou à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Vila Real. A …

O discurso de ódio já está em Portugal

O diretor da Amnistia Internacional Portugal, Pedro Neto, alertou, em entrevista à agência Lusa, para a presença do discurso de ódio em Portugal, apontando o combate à discriminação como o maior desafio atual dos direitos …

Menino francês suicida-se após castigo por usar telemóvel na escola

Um menino de 11 anos suicidou-se na cidade de Beausoleil, perto do Mónaco, no sul da França, depois de ter recebido um castigo no colégio por ter usado o telemóvel na sala de aula. A criança, …