Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla usou donativos para pagar salários

Metade do valor das poupanças da delegação do Algarve, cerca de 35 mil euros, foram levantados pela nova direção da Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla (SPEM) para fazer face às dívidas da instituição.

Para fazer face às dividas da instituição, a nova direção da Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla (SPEM) levantou, no final do ano passado, cerca de metade do valor das poupanças da delegação do Algarve. A notícia é avançada esta segunda-feira pelo jornal Público.

A coordenadora regional Maria de Jesus Bispo, que foi exonerada entretanto, dirigiu uma carta aberta aos amigos e colaboradores da instituição, acusando a atual direção de “delapidação” dos fundos arrecadados ao longo de 15 anos.

Citada pelo Público, Maria de Jesus Bispo justifica a denúncia pública com a necessidade de prestar contas. “Tenho o dever de informar as pessoas que acreditaram em mim, e me ajudaram a arranjar o dinheiro, promovendo várias iniciativas, com o objetivo de ajudar os doentes, dando-lhes melhores condições de vida e de tratamento”, afirmou.

O matutino dá conta de que a conta bancária somava 66.800 euros. Sobre o restante dinheiro, 31.800 euros, foi dada uma ordem de transferência para uma outra conta da direção da instituição, mas o Banco Santander “pediu um parecer jurídico, para saber da legalidade/legitimidade daquela operação”, não tendo sido feito o movimento solicitado num primeiro momento.

Ainda assim, a transferência acabou por ser feita, uma vez que os novos dirigentes demonstraram que tinham legitimidade para movimentar a conta.

Alexandre Guedes da Silva, presidente da Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla, justificou o uso dos 35 mil euros ao jornal. “Foi necessário, no final do ano, usar as reservas que a SPEM tinha para pagar salários. Portanto, trata-se de uma operação normalíssima, não há aqui nada de estranho, está tudo previsto nos estatutos.”

Segundo o responsável, o ano de 2018 “foi muito difícil para todas as IPSS”, por causa da divulgação das suspeitas de irregularidades na gestão da Raríssimas. “Infelizmente, as IPSS dependem muito de donativos e da vontade das pessoas de ajudarem.”

Em relação à acusação de delapidação, Alexandre Guedes da Silva afirma que quem fez a operação bancária “foram as pessoas que legitimamente poderiam fazer a operação – não há delapidação de coisíssima nenhuma”.

Para o responsável, a única “ilegalidade” era “haver pessoas não autorizadas a mexer na conta, entre elas, essa senhora [Maria de Jesus Bispo]. Essa foi uma situação que a anterior direção não conseguiu reverter”.

Numa nota de imprensa, a direção da SPEM adianta que “os montantes movimentados das suas reserva financeiras [angariados no Algarve] serão repostos na íntegra durante este mandato de acordo com a maior taxa de esforço possível (mais rapidez)”, acrescido do pagamentos de juros, com um taxa mínima não inferior à inflação.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. è precisamente por isto que há muito deixei de doar seja a quem fôr, pois apenas serve para alguém ou alguns andarem a viver à grande!Prefiro ajudar os animais que merecem bem mais!!!

RESPONDER

Boris compara Reino Unido a super-herói. "Quanto mais enfurecem o Hulk, mais forte ele fica"

O primeiro-ministro britânico comparou o Reino Unido ao super-herói da Marvel, que nunca se deixa prender, deixando subentendido o aviso de que pode ignorar a decisão do Parlamento que quer impedir uma saída sem …

Dente de rinoceronte deu aos cientistas a mais antiga informação genética já registada

Cientistas conseguiram extrair de um dente com 1,7 milhões de anos (de um rinoceronte já extinto) aquela que é a informação genética mais antiga alguma vez registada. Entre o período de há 2,5 milhões e 700 mil …

SNS "é âncora para os portugueses e sabe resistir às pressões"

A ministra da Saúde elogiou o Sistema Nacional de Saúde no dia em este cumpre 40 anos. A data só não está a ser assinalada com mais vigor devido à proximidade das eleições, explicou …

Um terço dos diplomados no curso de Aeroespacial vai trabalhar para o estrangeiro

A nota mínima de entrada no curso de Engenharia Aeroespacial do Técnico bateu um novo recorde. As oportunidades e os salários levam os diplomados para o estrangeiro. O único curso de Engenharia Aeroespacial no ensino superior …

Morreu o cantor Roberto Leal

Morreu o cantor Roberto Leal, confirmou o antigo secretário de Estado das Comunidades e da Administração Local. Tinha 67 anos e lutava contra um cancro. A notícia foi avançada pelo antigo secretário de Estado das Comunidades …

Estudo mostra que o canguru gigante tinha uma parecença com os pandas

O já extinto canguru gigante tinha uma característica muito semelhante com o panda-gigante dos dias modernos: grandes mandíbulas que lhe permitiam comer alimentos que outros animais não conseguiam. Há mais de 40 mil anos, o sudoeste …

Assunção Cristas contra o "ditador" verde e André Silva contra a "despesista" demagoga

O debate deste sábado, transmitido pela RTP3, sentou frente-a-frente os líderes do CDS e do PAN. Assunção Cristas contou quantas vezes o programa do adversário usa a palavra "proibir" e André Silva acusou os centristas …

Poluição no rio Lis arrasta-se há mais de 20 anos

A poluição na bacia hidrográfica do rio Lis arrasta-se há mais de duas décadas, com o contributo das descargas ilegais das suiniculturas, mas a construção da estação de tratamento de efluentes suinícolas tem sido adiada …

No Quénia, há meninas a faltar às aulas por não terem acesso a tampões

No Quénia, há adolescentes que não têm dinheiro para comprar pensos higiénicos ou tampões. Por isso, faltam às aulas. O Expresso conta a história de uma menina queniana, de 14 anos, que não aguentou ser humilhada …

As sestas podem ser boas amigas do coração

Fazer uma sesta uma ou duas vezes por semana pode reduzir o risco de ataque cardíaco ou AVC. No entanto, se fizer mais sestas do que o recomendado, os benefícios desaparecem. Uma equipa de cientistas decidiu …